23 de março de 2012

CSI - Vila Mariana


Eu sempre fui apaixonado por histórias policiais. E, por “histórias policiais”, estou me referindo a livros e filmes nos quais um detetive realmente investiga um crime, sem precisar sair por aí disparando tiros para todos os lados - nada contra Dirty Harry e Martin Riggs, diga-se de passagem.

Provavelmente, isto seja herança da minha mãe, apaixonada pelo gênero. Foi com ela que aprendi a gostar de Agatha Christie, quando moleque; mas foi com meu pai e meu irmão que aprendi a gostar de Sherlock Holmes, o maior de todos. De lá para cá, já fiz amizade com muitos outros detetives, seja em livros como em filmes.

Daí minha paixão por CSI. A série usa o máximo da tecnologia a favor da investigação; em alguns episódios, nem mesmo um tiro é disparado. E, sejamos sinceros, a maior parte dos fãs da série adoraria acompanhar a análise da cena de um crime no mundo real, fuçando em tudo, coletando pistas e tendo a chance de deduzir o que aconteceu.

Bem, eu consegui realizar este sonho.

Aconteceu há alguns dias, quando foi cometido um homicídio aqui em frente.

Quer dizer, não estava claro se um crime havia sido cometido ou não. O fato é que havia um corpo estirado na calçada de casa. Ali, a poucos metros de onde eu estava assistindo televisão, numa prova de que a crueldade das grandes cidades não conhece mais limites.

Quem me alertou sobre o caso foi a Namorada, que entrou na sala e fez a revelação bombástica.

- Tem uma pomba morta lá fora.

- Morta? Onde?

- Lá na calçada. Ao lado do bueiro.

Calcei os tênis e me dirigi até a calçada. Logo ali, a poucos metros do portão, jazia o cadáver, abandonado de forma anônima na sarjeta. Imediatamente, me ajoelhei ao lado do animal e comecei a colocar em prática tudo o que eu havia aprendido lendo romances policiais.

- Está morta mesmo, deduzi de forma brilhante.

- Temos que recolher este bicho!

- Nem pensar! Não podemos remover o corpo!

- Esta merda desta pomba vai apodrecer aí!

- Isso é uma cena de crime! Este lugar está repleto de pistas!

- Que pistas? É uma pomba!

Mas eu não estava ouvindo mais nada. Meus olhos percorriam rapidamente os arredores, procurando por indícios do que poderia ter acontecido.

- Não há sinal de atropelamento. Vê como não têm marcas de pneus na rua?

- É evidente que ela não foi atropelada! Ela está inteira!

- Bom, tem isso também. Mas o lance dos pneus é importante, eles sempre procuram por isso no CSI.

- Eu vou pegar um saco pra recolher este bicho.

- Ainda não. Preciso terminar minha análise. O corpo não traz sinais de violência...

- Qual parte de “é uma pomba” que você não entendeu?

- Qual terá sido a causa da morte? Se ao menos pudéssemos fazer uma autópsia, para identificarmos o que matou esta ave... Pode ser envenenamento, afogamento. Será que ela está com água nos pulmões?

- Água?

- Sim, sempre que alguém está com água nos pulmões, é porque foi afogado. No CSI Miami vira e mexe tem isso.

- Se você encostar um dedo nesta pomba eu mato você!

Mas eu não iria mexer no corpo. Isso era o trabalho do legista, não o meu. Minha tarefa era investigar a cena do crime.

- E ela morreu faz pouco tempo. Olhe só como ainda não têm formigas rondando por aqui.

Sério, esse foi um toque de gênio. Morra de inveja, Gil Grissom.

Continuei minha análise e estava criando coragem para mexer na pomba com um graveto para olhar sua barriga – ela estava deitada de costas, quando percebi que estava sozinho ali. A Namorada havia entrado, apenas para voltar alguns segundos depois com um frasco na mão.

- Isso é luminol?

- Não, é desinfetante.

- Você é louca? O que precisamos espirrar é luminol, para ver as marcas de sangue e sêmen.

- Sêmen? Por que teria sêmen aí?

- Eu não descartei a hipótese de crime sexual.

- É uma pomba!

- Bem, as pessoas são estranhas, você sabe.

- Não. E não quero saber. Segura este desinfetante, eu vou pegar um saco.

- Nós já vamos remover o corpo?

- É evidente!

- Mas a causa da mort...

- Essa pomba estava doente e morreu! Só isso!

- Nem sempre as coisas são o que parecem à primeira vista. Por exemplo, por que ela está olhando para a esquina? Será que o criminoso não fugiu por ali?

- Pega está pá e joga a pomba aqui dentro do saco.

- Oi?

- É. Recolhe isso aí.

- Ok, eu sei que você não está empolgada com a investigação, mas não temos um saco mais apropriado? Um saco preto, igual ao do CSI?

- Não. Usa este mesmo.

- Mas este é do Pão de Açúcar! Não tem como ser mais tosco!

- Rob?

- Eu.

- Recolhe a pomba e deixa aqui junto com o lixo.

- Ok.

- Vai logo. Puta coisa nojenta.

- Você viu a cara da pomba?

- O que tem?

- Ela não está com cara de assustada. O assassino provavelmente é alguém que ela conhecia.

- Chega!

- Qual terá sido o motivo? Será que esta pomba tinha um testamento?

- Recolhe isso!

- Ok, ok.

Bem a contragosto, deixei a pomba lá, dentro do saco. Claro que no dia seguinte eu queria isolar a calçada e ficar analisando o local em busca de pistas, mas desisti da ideia por dois motivos. Primeiro, eu não tenho aquelas fitas amarelas que a polícia usa para isolar as cenas do crime. Segundo, isso iria me tornar relativamente famoso no meio da vizinhança – o que não é algo aconselhável, já que eu acabei de me mudar para cá.

Assim, abandonei as investigações. Mas, em segredo, estou desconfiado de que os pedreiros que trabalham na reforma da casa ao lado estão envolvidos de alguma forma com o crime. Ou, ao menos, sabem mais do que aparentam.

Mas não tenho provas, é apenas meu instinto de investigador falando.

Infelizmente – e para a sorte deles – o caso foi arquivado por falta de evidências.

32 comentários:

fernando graziani disse...

Muito bom o texto Rob...como fã de CSI e afins gostei ainda mais. Apenas peço que fique atento caso outros casos semelhantes ocorram. Pode ser um serial pomba killer. Abração @fgraziani

Rob Gordon disse...

Fernando Graziani:

Vou ficar esperto com isso. Se eu ficar sabendo de novas ocorrências envolvendo pombas aqui ao lado, saberei que certamente os casos estarão ligados!

Abraços!

Rob

Guilherme Fabro disse...

Rob, excelente como sempre, ri muito com a história. Acho que ela bomba servia de aviãozinho para alguma gangue local, foi queima de arquivo.

Rob, já assistiu a serie Sherlock da BBC? Tu vai gostar.

Abraço

Rafael disse...

Você devia interrogar esta pessoa que chamou de "Namorada" achei interessante a reação dela quando você disse que a pomba conhecia sua assassina.

Varotto disse...

Whooo are you? uh uh, uh uh..

Camila disse...

"- Isso é luminol?
- Não, é desinfetante.
- Você é louca? O que precisamos espirrar é luminol, para ver as marcas de sangue e sêmen.
- Sêmen? Por que teria sêmen aí?
- Eu não descartei a hipótese de crime sexual.
- É uma pomba!"

Gargalhei aqui! hahahahaha

Falando em séries policiais, já assistiu Criminal Minds? Também sou fã de séries policiais e essa é meu novo vício, mas o foco dela é a mente criminosa. Já traço altas teorias sobre criminosos que vejo nos jornais, hahaha.

Elise disse...

"- Qual parte de 'é uma pomba' que você não entendeu?"

Eu ri muito dessa parte!

Séries policiais são deliciosas de assistir, eu vejo algumas delas, e o cúmulo do "vício" é esperar até as 5 da manhã pra ver uma chamada Medical Detectives no Universal Channel... =P

Lígia disse...

Você já assistiu Columbo?

É muuuuuuuuuuuito bom!

Michele disse...

series policiais são o máximo e fazem com que fiquemos mais paranóicos...

mas, Rob... ERA UMA POMBA! Pombas são ratos com asas...

gilgomex disse...

Pombas são ratos com asas? Putz... Etnão tem que tomar cuidado pra não pegar aquela doencça de rato... er... "aftosa", quando ela fizer coco em cima de nós... huehuehheue

(Pra quem não sabe, afotsa é uma doença que dá afta... estudem...)

Cara. Crime sexual?

Ana Claudia Savini disse...

Ainda bem que não tinham formigas e nem VERMES na pomba.
Pomba from Hell morta na porta da casa. #afemaria

Felipe Lima disse...

Rob,não fique frustrado. Ainda tem uma chance do crime ser solucionado. Daqui a 10 ou 20 anos, o namorado ou a irmã distante da pomba podem convencer os agentes do "Cold Case" a reabrirem o caso. Sempre há esperança!

Michele disse...

gilgomex, disse isso no sentido de que ambos são sujos e podem trazer doenças pra gente. ao menos é o que minha amiga bióloga sempre diz.

Dani Cavalheiro disse...

Rob, não descarte crime de ódio relacionado à orientação religiosa. Já ouviu falar em Pomba-Gira? Então.

Kel Sodré disse...

Não tinha uma tal duma pomba que rondava a janela do apartamento antigo? Suspeito, hein. Tamos de olho!

Rob Gordon disse...

Guilherme Fabro:

Será que a pomba era um aviãozinho? Isso daria toda uma nova definição de pombo-correio!

E já assisti ao Sherlock, sim. Assisti ano passado, foi uma das grandes descobertas de seriado que fiz aqui. Adorei, muito mais que os longas com o Downey Jr.

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Rafael:

Temos outros dados curiosos também. Primeiro, sua recusa em me deixar analisar o corpo. Segundo, ela mesma ter encontrado o cadáver, sem testemunha alguma. Será? #DormindoComOInimigo

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Varotto:

Como sempre, um dos grandes responsáveis pela trilha sonora do blog.

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Camila:

Criminal Minds é uma das poucas séries policiais que nunca assisti. Vale a pena, então?

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Elise:

Medical Detectives? Essa eu não conheço - vou atrás aqui, para me informar!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Lígia:

Passei horas e horas da minha infância assistindo a Columbo! Era demais!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Michele:

Rato com asas? Isso não seria um morcego? :)

Beijos

Rob

Rob Gordon disse...

Gomex:

"Crime sexual". Como eu disse, as pessoas são estranhas...

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Ana:

Com vermes e formigas, teríamos determinado a hora da morte com exatidão!

Beijos

Rob

Rob Gordon disse...

Felipe Lima:

Verdade! O pessoal do Cold Case pode muito bem achar espaço para a pomba na agenda deles!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Dani Cavalheiro:

Sua teoria sobre o crime foi uma das melhores até agora!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Kel:

Tinha sim! E era um pombo que ficava perto da janela do banheiro! Agora, o Rafael levantou a @anasavini como suspeita... Isso joga a favor da teoria dele, com o motivo do crime sendo ciúme! Será?

Beijos

Rob

Guilherme Fabro disse...

Rob, estamos prestes de desvendar um dos planos mais complexos pra dominação do mundo...

E se a primeira guerra mundial foi causada pelos pombos correios? pra humanidade se matar e eles dominares o mundo....

Um dia, quem sabe, pode ter um serie de TV sobre a gente ..ok, agora fui longe.

Tb prefiro a serie da BBC que os filmes com o Downey Jr.

abraço.

Rob Gordon disse...

Guilherme Fabro:

Você foi longe, sim. Mas a ideia boa! Quem sabe não vira uma crônica por aqui?

Abraços!

Rob

Andrea disse...

HAHAHAHAHAHA! Faltei rolar de rir nesse post. Na parte do crime sexual, eu já tava chorando. XD


Vontade de curtir vários dos comentários.

Rob Gordon disse...

Andrea:

Que bom que gostou! E, olhe: assim que eu mexer no blog, colocarei um sistema de comentários que permite o "curtir"!

Beijos!

Rob

Mariana disse...

Eu era totalmente fanática da CSI As Vegas! Todas as semanas esperava um novo capítulo da série e também costumo pedir delivery em vila mariana para não ter que cozinhar.