3 de agosto de 2010

Adivinhe quem Vem para Jantar

Entreguei meus exames ao médico.

Como todo médico, ele fez aquela cara que não deixa transparecer nada. Fiquei observando o rosto dele, na esperança de ver algum indício do que iria acontecer em seguida, mas nada. Pelo olhar dele, eu poderia ter a saúde do Super-Homem depois de um banho de Sol, ou estar no estágio terminal de uma doença raríssima. Aposto que na faculdade de medicina deve existir uma matéria “Expressão Neutra”, com possibilidade de especialização em “Expressão Neutra ao Analisar Exames”.

E ele foi passando pelos exames, com aquela expressão de jogador profissional de pôquer. E eu, ansioso, resolvi pagar para ver logo de uma vez.

Minha ansiedade era justificada: este era meu primeiro check-up completo. Minha vida estava toda em cima da mesa. E, dada a minha rotina (eu só não tomo café da manhã em churrascarias porque elas não estão abertas; 70% do corpo das outras pessoas são formados por água, mas o meu é formado de Coca; fumo; durmo no máximo seis horas por noite), minha vida não devia valer muito.

– Está tudo bem?, perguntei, me segurando para não perguntar logo “eu não vou morrer, né?”.

– Até agora seus exames estão normais...

Antes que eu pudesse pegar um dos raios X da mão dele e dar a volta olímpica ao redor da mesa, ele continuou:

– ... Mas agora vamos ver o de sangue.

Gelei. Eu sabia que o meu exame de sangue, naquela situação, corresponderia à matemática ou química no meu colegial. Eu iria bombar, com certeza. Ao menos, diferente do colegial, desta vez minha mãe não estava na sala.

Ele foi descendo os olhos pelo papel. Num determinado momento, ergueu os olhos e me encarou por alguns segundos. Provavelmente, ele havia olhado o valor do meu triglicéris e achou melhor checar visualmente se eu estava vivo.

Abaixou os olhos e observou o exame novamente. Numa fração de segundos, olhou assustado para mim, por alguns instantes. Provavelmente, agora ele havia lido o valor do meu colesterol e achou melhor checar visualmente se eu era realmente humano.

– O colesterol e o triglicéris estão um pouco altos.

“Um pouco altos” foi gentileza dele. Eu havia visto os valores antes de ir ao médico. Se eu pudesse dar o meu colesterol como entrada num imóvel, eu compraria um apartamento de quatro quartos nos Jardins.

– Vamos ter que entrar com medicação.

Assim, ele me receitou um remédio caríssimo, que ao menos serve tanto para o colesterol quanto para o triglicéris. Peguei a receita, agradeci e tentei sair apressado da sala. Ele segurou meu braço e olhou atentamente para mim:

– E com dieta.

Ai.

Pensei em convidá-lo para discutirmos o assunto da dieta numa churrascaria que existe ali perto, comendo costela, mas algo me disse que ele não iria aceitar. Assim, me sentei novamente.

Ele abriu uma gaveta e pegou dois ou três papéis, com indicações do que eu posso comer. Lá, os alimentos ficam em categorias: “Recomendado”, “Com Moderação” e “Evite”. Passei os olhos pelo “Recomendado” e me senti como um escoteiro caminhando por uma floresta. Era só mato.

Deixei o “Com Moderação” de lado e fui direto para o “Evite”. Fraldinha. Picanha. Costela. Cupim. Refrigerante. Aquilo não era uma lista de alimentos, era minha biografia. Mas estava faltando algo. Um fio de esperança se acendeu. Passei os olhos novamente e não encontrei. Eu havia encontrado uma brecha na lei! Sem conseguir disfarçar o sorriso e o ar de triunfo, disse:

– Bem, eu vou seguir a dieta à risca. Mesmo porque o bacon não está no “Evite”.

– Olhe na margem direita do papel.

Ao lado do “Evite”, havia uma quarta categoria, escrita à caneta mesmo. O nome da categoria era “Comeu, Morreu” e tinha apenas um item: a merda do bacon.

Dei de ombros, admitindo a derrota. Assim, saí de lá e me preparei para uma nova vida. Manja aqueles filmes sobre a máfia nos quais, a pessoa, antes de ser presa, faz uma festa de despedida? Foi a mesma coisa. Na mesma noite, me encontrei com a @gabibianco e o @ericfranco no Galinheiro e enfiei o pé na jaca (e ai do médico se ele reclamasse, porque jaca é fruta e, de acordo com meu papelzinho, fruta pode). Passei o final de semana com a Sra. Gordon, comendo todos os tipos possíveis e imagináveis de porcarias.

Mas chegou o dia de me apresentar à lei.

Assim, ontem passei no mercado. A mulher do caixa, ao ver minhas compras, deve ter se assustado. Talvez ela até tenha pensado que eu estava sendo sequestrado, e escolhi aquelas mercadorias para dar algum tipo de sinal.

Ainda bem que ela não perguntou "o senhor não vai levar linguiça ou espetinhos hoje?", porque eu iria agredi-la com um soco. Mas não, eu não iria levar linguiça ou espetinhos. Isso porque segue o Top 5 Minha Lista de Compras:

1. Alface - a única coisa boa da dieta é que vinagre está no “Recomendado”. Se você é novo aqui, saiba que eu sou viciado em vinagre.

2. Leite desnatado – Tem uma sigla no leite (UHT? UTH? Raios UV? Não lembro ao certo, sei que tinha "U") que eu não faço a menor idéia do que quer dizer.

3. Filé de peito de frango – Vou fazer na churrasqueira elétrica. No começo, ela se recusou a assar o negócio, e até mesmo perguntou se eu havia virado veado, mas aí eu mostrei a receita médica e ele acalmou um pouco. Mas ainda está me olhando torto.

4. Suco de morango – Ok, ao menos, é de morango. Morango pode. E morango é bom. Com chantilly, então, fica... Não, pára. Sem chantilly. Só morango. Rob, repete comigo: Morango pode e morango é bom. Morango pode e morango é bom. Morango pode e morango é bom.

5. Chá – Como eu não posso mais beber Coca-Cola, ao menos durante a semana, vamos de chá mate mesmo. E comprei numa promoção que vem duas caixas e ainda ganhei um Bule da Associação Profissional dos Bebedores de Chá, que provavelmente eu não vou saber usar.

Olha, doutor, eu juro que estou levando isso a sério. Juro. Mesmo que isso custe minha vida social. Afinal, sejamos sinceros: com um cardápio envolvendo alface, filé de frango e suco, a resposta ao título deste post é apenas “ninguém”, porque nenhuma pessoa sairia de casa para comer essas mer... Bem, para comer isso.

Mas eu vou levar a sério, prometo.

Ah, nicotina: pára de rir aí no canto que você é a próxima.

Update: vieram me perguntar no Msn se o correto não é triglicérides. Fui checar e aparentemente, ninguém, a não ser os médicos, sabe como se escreve isso (triglicéris, triglicérides). Mas o nome não importa. O que importa é que o meu está no cheque especial, com o limite estourado.

31 comentários:

Kemeniel disse...

Caraca Rob,
Que mudança radical...
Mas é aquela boa e velha 'ou muda ou morre'...
Sim, morango é seu amigo, ele é legal. Alface também. O filé de frango então, vc vai descobrir várias maneiras de prepará-lo (picadinho por exemplo, é legal).
Coragem, meu amigo, você já deu o primeiro passo.
[]s solidários!

Tyler Bazz disse...

=OOOOOOOOO

VOCÊ SOU EU EM DEZ ANOS!!!
E o foda é que, do top5, eu só consumo o 2 e o 3 (com ressalvas ao frango). Não é questão de não comer pq prefiro outras coisas, é que não gosto mesmo!

Vamos ter que mudar o evento. O "Degas cai na rede" vai virar o "Feira cai na rede".

Anyways. Fique saudável. ¬¬

(UHT é Ultra High Temperature. É um processo em que eles aquecem o leite a uma temperatura muito alta e resfriam bem rápido depois. Serve pra purificar, algo assim.)
(eu sei disso sem Google. Aos 9 anos eu não tinha muito o que ler, e o leite tava ali na mesa.....)

Camila disse...

Leite desnatado para mim é leite com água, me recuso a tomar. Se um dia eu for obrigada a trocar o integral por esse aguado, bem, aí a coisa vai ficar feia.

Mas boa sorte com a dieta, Rob. Você consegue!

Rafiki disse...

As outras coisas aí até que são comestíveis, mas alface, para que serve isso?

Isso é coisa de cágado.

Cara, você tá comendo folha!!

Pedro Lucas Rocha Cabral de Vasconcellos disse...

É Rob, com o perdão da palavra, se fudeo, bonito.

Que droga cara, esse negócio de dieta acaba com um homem, bom, olha pelo lado bom, se você seguir direitinho, talvez antes dos 50 possa ir ao Degas uma vez por década, só pra matar a saudade...

Boa sorte cara, e o mais importante, não morra ¬¬

Renata Santos disse...

Rob, vá fundo na dieta pq vc é mto novo pra ter essas paradas erradas.
Eu não gosto de frango com gosto de galinha, por isso indico o Korin (que não é alimentado com atibióticos para ficar mais forte - gordo); é gostoso (pra frango); e vende no Pão de Açúcar (embalagem verde da geladeira).
Boa Sorte.

arlete soffiatti disse...

Experimente limonada com agua de gas para substituir a Coca cola. E dizem que limao ajuda a quebrar a gordura.

Dragus disse...

Sou gordo e não tenho isso... Tive, mas abaixou tão rápido que tive que parar de diminuir. E sem medicação.

Morra de inveja. =p

Natalia Máximo disse...

Damn, se isso não é azar, não sei o que é, cara =~~
Mas, como você previu, eu me diverti, de uma maneira dolorosa. Agora você vai descobrir os prazeres da salada! É ou não é incrível? =]
E isso me lembrou que preciso fazer meus exames logo. Faz uns quatro anos que não faço exames de rotina. Espero que algo tenha melhorado, principalmente agora que mudei minha dieta =/

Trotta disse...

Cara, pode crer que influencia a vida social! No caso do meu regime, ir no bar com amigos e pedir uma coca-zero com gelimão não é nada fácil.

Bel Lucyk disse...

Rob, vai com calma pq senao o seu mau humor vai ser absurdo!
Eu juro: parar de comer o que a gente gosta de uma vez dá uma crise de abstinência pior do que TPM!
Boa sorte! O alface, o suco, o frango grelhado são gente boa, vc vai ver! =)
O leite e o chá são um tanto quanto sem graça, mas acredite, também tem algo a contar! eheheheh

Minha fábrica de sonhos... disse...

Gostei do seu post de hoje.
Então, guri... dieta e academia, caminhadas e corridas.

Passe lá no meu blog, siga-o e observe nossa dieta de sete dias.

olha, para vivermos bem e felizes,deveremos, sim,cuidar o que comemos... conhece aquela frase: -Você é o que vc come. ? Pois é.

Preste atenção no que omédico te falou. Não precisa fazer a nossa dieta louca, não,mas capriche.

Nara.

Marina disse...

DEUS ME LIVRE entrar nessa dieta. Se cortarem meu cheeseburguer quase diário, sou capaz de morrer na vontade.

Varotto disse...

Camarada, tudo é questão de costume. Seja o leite desnatado, ou a restrição alimentar.

Eu tenho tendência a engordar, mas estando em dia com exercícios físicos, tudo bem. Porém, há uns anos eu acabei dando uma relaxada e cheguei nos pouco mais de 100kg que você conhece.

Mas...

No início do ano fui encaminhado para um acompanhamento nutricional aqui na empresa, devido aos resultados de meus exame anual de 2009.

Era só do que eu precisava como estímulo. É óbvio que tive de restringir um monte de coisas mas, como eu também voltei a me exercitar diariamente, em cerca de três meses perdi uns 17 kg. E melhor, dei uma reavaliada na minha alimentação e ela, embora não seja exatamente um primor, agora está muito melhor.

E como eu já perdi esse peso e voltei à carga em termos de exercício, hoje voltei a comer sem grandes restrições, embora ainda esteja cuidando do que como (com certeza não vou pedir chá com bolachas no Degas).

Fora que fazer exercícios, além de aliviar a consciência, dá uma baita sensação de bem-estar que dura o dia todo. Hoje mesmo fui dar uma nadadinha na hora do almoço e fui me empolgando (só mais um pouquinho...), que foi difícil parar. Parei nos 2500 m só por conta da hora.

E o fato é que se você for forte o bastante para chegar até um certo ponto, quando você começa a ver resultados, aí fica mais fácil ainda de seguir em frente.

Quanto à questão de se acostumar com certas restrições, é como o que aconteceu entre você e a Coca. Há um tempo, você nem cogitava a possibilidade de tomar coca zero ou light (traição máxima!), mas hoje, acredito, que já esteja acostumado.

Isso aconteceu comigo também: hoje eu posso estar comendo um rodízio de pizza e leitão à pururuca, que vou tomar refri diet, porque simplesmente não faz diferença para mim em termos de sabor, mas elimina as calorias vazias daquela latinha maldita.

E o leite? Eu tomo muito leite. Já cheguei a tomar dois litros por dia, então não preciso dizer como é importante para mim.

Há uns anos comecei a tomar leite desnatado. Como todo mundo, também achava que tinha gosto de água. Mas hoje, se eu tomar leite semi-desnatado, eu já me incomodo um pouco com o gosto da gordura (mas é lógico que não vou deixar de beber por conta disso).

Então se você se dedicar um pouquinho e (muito importante!) conseguir reservar um pouco de seu dia para se exercitar, vai ser muito bom para você.

O próximo passo é parar com esta porra do cigarro! Mas, baby steps...

Não desista!

(Don't stop believing mode: ON)

Varotto disse...

Ah! Esqueci de dizer: restringi minha alimentação, mas não passei fome. Até me alimentei muito bem...

Varotto disse...

E mais uma:

Pode fazer dieta, mas no Degas de setembro você abra uma exceção!

Anônimo disse...

Ah rapaz, frango é bom *-*

Otavio Oliveira disse...

Sua vida acabou. Sério. Sem eufemismos. E a minha, por consequencia. vou ter que ficar sem Degas na minha ida pra SP. serio, culpa sua. porra, rob!

Layla Barlavento disse...

Aff! E eu que pensei em comemorar meu aniversário no Degas só pra te conhecer...
Acho que vou tentar uma saladeria pra ver se te encontro por lá.

Michelle disse...

Adoro tudo o q vc citou no Top 5, embora prefira iogurte ao leite, o q só piora minha situação... Sou sem graça mesmo, qual a novidade?! Boa sorte na sua dieta, mas é só seguí-la direitinho q logo logo vc pode se permitir um pouco mais!

Larissa Bohnenberger disse...

Eu chamos de triglicerídeos, mesmo... whatever!

Vou te dizer uma coisa... me apavoro só de pensar. O último exame de sangue que eu fiz (tudo bem que foi há dois anos atrás, mas eu determinei que ainda tá no prazo de validade), segundo o meu médico foi um protótimo do exame de laboratório perfeito. Tudíssimo nos conformes. Mas eu tenho tanto medo de que um dia o meu sedentarismo e os meus excelentes hábitos alimentares comecem a se manifestar... porque assim, ó, filé de frango e suco, beleza! Carne vermelha só de vez enquando, dói, mas eu agüento. Agora, comer pasto e cortar o açucar são coisas que eu não sei se seria capaz de fazer!

Enfim, boa sorte na nova vida saudável!

Bjs!

Larissa Bohnenberger disse...

Errata:

Parágrafo 1, linha 1:
chamo, sem S;

Parágrafo 2, linha4:
protótipo, não protótimo

Parágrafo 2, linha 7:
"excelente", assim, entre aspas.

Varotto disse...

Aí cara, acho que o pessoal não tá entendendo...

O Degas em setembro é imexível! (Magri mode: ON)

Abra-se uma exceção.

Ninguém sai, ninguém sai...

7Seven7 disse...

É "triglicérides" ou "triglicerídeos".

Dama do Lago disse...

Eu vou sozinha com a Sra. Gordon na churrascaria.
Azar o seu que não marcou logo da gente se ver ¬¬
E boa sorte com a dieta mas, principalmente que Deus lhe dê muuuuuita paciência, você vai precisar :P
Se cuida, você ainda tem muito o que escrever na vida.
Beijo
Sil

Kel Sodré disse...

Porra, só porque eu não tenho twitter eu não fico sabendo da ida ao Degas em setembro? Sacanagem da grossa.

Ana disse...

Tem que fazer como eu. Não vá ao médico e pronto.
:P

Duducaico disse...

KKKKKK ri muito, tu escreve mto bem manolo!

Alexandre Greghi disse...

Segundo um amigo meu, o UHT do leite Quer dizer "Uma Homenagem aos Touros". É, só conheço pessoas esquisitas, confesso!

MarianaMSDias disse...

Eu só vou te perguntar uma coisa: vc não pode mais comer... bem... vc sabe... aquela? Sim, aquela cujo nome não se pode pronunciar? A inominada?

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

V-I-T-Ó-R-I-A!!!!!

Sim, a humanidade ainda terá salvação enquanto as pessoas foram proibidas de comer lasanhas de calabresa da Sadia!!!!!

(ops, falei. Merda.)

MarianaMSDias disse...

CARALEO, é "forem".

Só de pensar 'naquilo' fiquei perturbada.