4 de agosto de 2010

Um Estranho Casal

Larga isso um pouco? Vem até aqui, quero falar com você. Senta aqui do meu lado. Você está bem? Ué... Sei lá. Acho que de forma geral. Feliz. Você está feliz? Gosto de saber isso. Ah, gostou do presente que eu te dei? Que bom. Olhe, desculpe eu ter ficado pouco com você esses dias. Eu queria ter ficado mais com você. De verdade. Não ache que eu goste menos de você por causa disso, ou que eu não me esforce. As coisas só não estão muito fáceis, só isso. Ah, o de sempre... Tudo muito corrido. Aí eu sentei e tentei escrever um pouco, mas mudei de idéia. Ia sair algo pesado, não quero. Quero ficar com você. Não quero mais pensar hoje. Sabe aqueles dias que você não quer mais pensar? Então, é isso. Queria só bater papo. Se eu não estivesse naquela merda de dieta, a gente tomava uma cerveja. Mas paciência, vamos sem cerveja mesmo. E no fundo a gente sabe que as coisas vão sempre se ajeitar. Acho. É só ter calma. Você tá com cara de sono. Deita aqui no meu colo. Aliás, quer dormir? Aqui no sofá mesmo? Não, eu estou cansado também, podemos dormir agora. E eu gosto de dormir aqui no sofá, você sabe disso. O aquecedor está ligado, está bom aqui. Então vamos fazer o seguinte. Eu ligo a TV, para não ficar tão escuro. A gente enrola um pouco e aí vai para a cama, ok? Mas é só um pouco, porque já está tarde. E amanhã é outro dia. Sim, eu sei que é clichê. Mas é verdade. Confie em mim. Quer ver filme? Ou quer que deixe no futebol? Posso deixar no futebol? Pronto. Deita aí. E olhe... Não esquece que eu gosto demais de você. Não esquece nunca disso. Promete. Dorme. Dorme e sonha muito. E amanhã você me conta.


Dorme bem.

37 comentários:

Natalia Máximo disse...

Esse é um dos amores mais sinceros que existem, sem dúvidas. Só quem tem um cachorrinho sabe como é boa essa sensação. Lindo texto, Rob.

Ana disse...

=)

Marina disse...

Quase choro agora. Poucas coisas me emocionam tanto quanto amor de cachorro.

Frank disse...

Me fez chorar.

Layla Barlavento disse...

É a companhia mais sincera e despretensiosa que existe. Você é sortudo viu?

Layla Barlavento disse...

Alguém vai comentar que você fez o post de propósito. Provavelmente, o Max ou o Varotto. Percebeu que até agora só mulheres comentaram? rsrsrs

Lilian disse...

Layla, o Frank não conta não? Rs.

Lilian disse...

Logo nas primeiras linhas eu saquei que era o Besta-Fera. E a foto, cara... ficou perfeita. Assim como amor de cachorro é o amor mais perfeito do mundo. Eu tb sempre me emociono quando leio algo assim. E meu coração logo se enche de amor porque eu lembro das minhas cachorras e é a mesma coisa. Aquela propaganda tá certíssima: cachorro é mesmo tudo de bom.

Hally disse...

Owwwwnnnn *-*

Não é justo ter de ler algo assim antes das nove da manhã!

Lindo texto, e o Besta-Fera nem parece tão fera assim nessa foto.

coisafofa!

Varotto disse...

Ahn? Eu?

Nem ia comentar nada...

P.S.: Desbarbado?

Charlie disse...

São coisas assim que me fazem pensar:
- Cara... Meu cachorro me odeia!

Dragus disse...

Meu espanto é o mesmo do Varotto.

Desbarbado?

O colesterol não está no cavanhaque, lembre-se disso. E quando a barba volta a crescer o que mais escutamos é "não te beijo pq machuca" daquelas que nos pediram para cortar. =p

Rob Gordon disse...

Varotto e Dragus:

Vocês estão atentando à barba, mas se esquecem de que talvez eu seja o da direita. Mas somente "talvez".

:-)

R. disse...

tenha certeza que esse aí, somente esse aí, NUNCA irá deixar de te amar. e por ele, por ele sim, você pode se esforçar o tanto que você se esforça. pro restante, poupe-se um pouco.

Ana disse...

Ai, quase chorei...

Dama do Lago disse...

Lindo texto, linda foto.
Aquece o coração da gente em um dia tão frio.

Anônimo disse...

Voce sabe amar. Quem planta amor não colhe nada diferente disso. Fique em paz, tudo dá sempre muito certo!
Suerte!

Otavio Oliveira disse...

imagina quando for um filho.

Li disse...

saudade do meu

Martinelli disse...

=~

Pedro Lucas Rocha Cabral de Vasconcellos disse...

Bonito,

Imagina quando for um filho²

Brenda disse...

Que coisa mais linda. ♥

Bia Nascimento disse...

Só quem tem um cachorrinho sabe como é boa essa sensação. (2) Não poderia concordar mais com a Natália. É o amor mais sincero que a gente terá na vida. Tenho a minha Diva aqui que prova isso para mim todos os dias.

Esse post foi um dos mais lindos que você já escreveu, na minha opinião :)

Tyler Bazz disse...

Bicha.

(sendo chamado de insensível por todo mundo em 3..... 2..........)

Varotto disse...

Todo mundo menos eu!

Camila disse...

Lindo post!

Izabela disse...

Rs.Às vezes converso assim com a minha. Pergunto e continuo a conversa como se ela tivesse respondido. O amor incondicional dos cães é algo que sempre me emociona, ele estão sempre ali, você pode esquecer deles por dias. Mas quando vc volta, é só festa. Eles não conhecem rancor. Aprendamos com eles!!

Bel Lucyk disse...

Me identifiquei demais com o texto. Fico feliz em saber que não sou a única que conversa, quer saber a opinião do cão e pergunta como foi o dia dele.
Vc tem o Besta-Fera, eu tenho o Zeca. E não imagino minha vida sem ele.
Só quem compartilha a vida com um bicho de estimação sabe o que é isso.
E que foto linda!
Adorei!

Rubens disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rubens disse...

Fantástico!

Queria poder enviar para dois grandes amigos meus... Mas eles não tem conta de e-mail... Nem paciência... Aliás, eles são dois animais, analfabetos! (apesar de, às vezes, eu dúvidar disso... Acho que eles só não lêem e falam quando estou por perto). Ter um amigo assim não tem preço. E se o Besta-Fera estiver lendo esse comentário: Cara, você é um cachorro de sorte! Como aqueles dois amigos meus, do começo desse pequeno texto!

Bom, e se por acaso meus amigos também estiverem lendo: Obrigado! Por tudo! Vocês são irmãos, amigos e parte de mim.

Abraços Rob e Parabéns! (só pra variar... Oh inveja! Vai escrever bem assim lá em Pinheiros...)

MarianaMSDias disse...

Morri com essa foto!

;o)

Thiago Neres disse...

Gostei do contraste entre o preto e o branco na foto.

* Só para ser diferente o comentário

Kel Sodre disse...

#feliciafeelings com esse cão!

*#*@le*#* disse...

Só quem tem um cachorrinho sabe realmente como é *-*

Fabi disse...

Eu tive um cachorro que amei mais do que a qualquer gente na vida. Amor mesmo, aquilo de ficar feliz e sorrir sozinho no ônibus, só pela lembrança de que o ser amado existe. Amei tanto tanto tanto, meu cachorro mais querido.

Jullia A. disse...

Que saudade da minha Monalisa.

Muito bom Rob.

Camila disse...

Que fofo!!!
*.*