31 de dezembro de 2009

Top 5 2009 - Cinema


5. Avatar
Num ano particularmente fraco, Avatar consegue seu lugar na lista mais pelo aspecto visual, com a grande revolução que apresenta, que pela história. Mas isso não é demérito da trama, e sim decorrente do fato de que é impossível colocar o aspecto técnico em segundo plano. Quanto à trama, está longe de ser a repetição de clichês que muita gente vem apontando, com aventura, romance e comédia – e uma grande mensagem ecológica – muito bem dosadas. Além disso, para aqueles que insistem que o filme não traz nada de novo em termos de enredo, deixo uma pergunta: quanto foi a última vez que o cinema trouxe algo de novo neste sentido?





4. Up – Altas Aventuras
Hoje, está mais que claro porque as animações da Fox (A Era do Gelo) e DreamWorks (Shrek) brigam apenas pelo segundo lugar na preferência do público. Afinal, a Pixar elevou o gênero a outro patamar, com histórias maduras e passagens inesquecíveis. Enquanto os outros estúdios fazem animações, a Pixar faz filmes que, por coincidência, são animações. Este aqui é um dos melhores, nem tanto pelo visual magnífico, mas pelo personagem central, um velhinho resmungão que se mantém fiel aos sonhos de sua esposa, mesmo após a morte dela. Mais que uma aventura, é um filme magistral sobre solidão.





3. Gran Torino
Passou despercebido pelo Oscar, assim, teve uma carreira mais modesta do que deveria no cinema. Mas é um dos grandes filmes do ano – e entraria fácil num Top 5 Clint Eastwood. Assisti duas vezes e chorei de soluçar, nas duas, com a história do solitário durão (num papel que resume totalmente a carreira de Clint como ator) que assume, mesmo sem ter vontade disso, o papel de pai do jovem vizinho imigrante – assim como Up – Altas Aventuras, é um filme que explora a solidão de forma impecável. Aliás, coloque uma roupa de cowboy em Clint e troque os imigrantes por índios, e você tem o melhor western da década.




2. Star Trek
A releitura de J. J. Abrams para o universo criado por Gene Roddenberry sintetiza tudo o que George Lucas deveria ter feito em Episódio I de Star Wars, mas não conseguiu. Traçando a origem dos personagens centrais, Abrams criou uma obra que atraiu milhões de neófitos e, ao mesmo tempo, emocionou os fãs – eu chorava feito uma criança em todas as cenas com Leonard Nimoy. Para dizer que o filme não é perfeito, faltou um pouco mais de espaço ao personagem do Dr. McCoy. De resto, é perfeito.





1. Watchmen
A melhor história em quadrinhos de todos os tempos na opinião de dez entre dez fãs do assunto ganhou uma adaptação madura e corajosa nas mãos de Zakk Snyder. Com um visual estilizado, o longa tem um final diferente da trama original, mas o que importa é que a essência da idéia de Alan Moore continua toda ali. Forte candidato a cult, deve, no futuro, ser reconhecido para a sua época como Blade Runner é para os anos 80.

6 comentários:

The Writer disse...

Poxa gostei tanto dos quatro prim eiros filmes e você me pões Watchman como primeiro! Pessoalmente não gostei de Watchman, achei muito massante, mas acho que o filme foi feito mesmo para fãs e não leigas com eu.

A lista é boa, p/ um ano fraco de cinema, mas Avatar além da mensagem sobre ecologia e críticas às políticas norte-americanas, traz também uma mensagem implícita sobre etnias, ao mostrar todos os E.T.'s como azuis dificultando o reconhecimento de cada etnia existente no plnaeta Terra

MaxReinert disse...

Gostei muito de Avatar e Up! Os outros três ainda não vi.... mas, "500 dias com Ela" e "Abraços Partidos" entrariam na minha lista fácil!

Gilgomex™ disse...

Cara... Um elogio para Watchmen!!! heuheuhuehuheue...

Eu ainda não assisti... Mas já estou me preparando para o ato, acho que não me arrependo pq aparentemente o visual combina com o gibi e alguns atores parecem muito inspirados neste filme... Especialmente o (pai do Sam e do Dean) Comediante!!!

Frank disse...

Gostei muito de Watchmen, foi muito foda, inclusive me fez ler a Graphic Novel (sim eu não tinha lido ainda, é uma blasfêmia, eu sei). Entraria fácil no meu top 5 também, em 2° lugar provavelmente. Mas não consigo deixar de sentir falta de "Bastardos Inglórios" na sua lista. Aquilo foi uma obra prima cara.

Bel Lucyk disse...

Dessa lista, só vi Watchmen. Queria assistir desde a época que estava no cinema, mas acabou não dando certo e só consegui ver na última segunda. Muito bom!

Carol Barros disse...

O "Up!" tem umas das cenas mais marcantes de todos os tempos para mim: a história do casal, contada em menos de dois minutos, sem nenhuma fala. Magnífica!