5 de janeiro de 2009

Rob Gordon X Atendente da Taii - Round Único

Se existe algo que me incomoda mais que operadores de telemarketing são aqueles moleques da Taii que ficam na porta dos bancos Itaú, tentando convencer as pessoas na rua a fazerem o cartão deles. Toda vez que eu vejo um daqueles coletes laranja no meu caminho, atravesso a rua, ou saco o celular do bolso e passo por eles fingindo que estou falando com alguém.

O problema é que às vezes você simplesmente não consegue fugir deles – aí, o segredo é você usar o mesmo truque básico que uso com operadores de telemarketing, que consiste em não permitir que o sujeito fale (e deixá-lo cada vez mais confuso). Foi o que aconteceu hoje. Primeiro dia de trabalho no ano. Saio da minha casa e, assim que coloco os pés na Teodoro, um desses moleques simplesmente se materializa ao meu lado, sem me dar chance de escapar.

– Bom dia, senhor. Tudo bom?

Ele estendeu a mão. Eu parei, olhei para ele com calma e apertei sua a mão.

– Tudo bem e com você?

– Tudo. O senhor já conhece...

– Como foi de Ano Novo?, eu interrompi, ainda sem largar a mão dele.

– Foi tudo bem. E o do senhor?

– Foi ótimo, graças a Deus, obrigado. E a família, está tudo bem?

Ele tentou puxar a mão. Eu não deixei.

– Sim. O senhor gostaria de fazer o cartão...

– Todo mundo com saúde? Porque o que importa é saúde. O resto a gente corre atrás, mas sem saúde não dá para ficar.

– É... Sim.

– Que bom. E agora, de volta ao trabalho, certo? Ano novo, vida nova. Começa a correria de novo.

Ele puxou a mão e eu soltei.

– E o senhor não gostaria de fazer o cartão Taii hoje?

Ou seja, ele percebeu que eu não o deixaria fazer a maldita pergunta de jeito nenhum e resolveu me ignorar, indo direto ao assunto.

Mas eu estava pronto para isso também.

– Olhe, hoje não dá, porque estou com pressa. Se a gente não tivesse ficado conversado antes, até daria. Mas agora estou um pouco atrasado.

– Mas, senhor...

– Não, realmente não dá. Olhe, mais uma vez, bom ano novo para você! Tudo de bom! Muita paz e sucesso!

– Senhor...

– Tchau!

Chupa, Taii!

Post relacionado:

Plantão Médico

27 comentários:

Tyler Bazz disse...

Sou seu fã.

Mas aqui não é na porta do Itaú que eles ficam nao!!! Ficam no calçadão mais movimentado da cidade, aquele por onde você tá passando sempre com a maior pressa da história, sabe?

Um inferno.

E comeeeeeça 2009.....

Preclusão disse...

Isto também é comum na minha cidade, mas o alvo não são RObs nem Preclusivos da vida ...

São idosos, o que é lastimável....

O ROb poderia dar um curso aos idosos ....


=D

VLWWWWWW!

Varotto disse...

O pior são os caras que ficam tentando te convencer que você precisa de um empréstimo:

- Não, eu não preciso de um empréstimo.

- Não precisa?! E o sonho da casa própria?

- Já tenho.

- Carro novo?

- Já tenho.

- Uma TV de tela grande novinha?

- Já tenho.

- Mas deve ter alguma coisa que o senhor precise e que não tenha.

- Tem. Um repelente de chatos...

Tudo bem, é o trabalho deles. Mas até aí, o trabalho do assaltante também é assaltar e nem por isso vamos deixar eles trabalhando por aí.

Haja...

Felipe Lima disse...

Você se saiu bem, Rob. Perdeu um empréstimo, mas quase ganhou um amigo. Os famosos agentes laranjas estão por toda parte. É preciso ter cuidado com eles, senão eles grudam em vc e queimam todo o dinheiro que vc não tem.

O Frango... ® disse...

Eles olham pra minha cara e nem vêm na minha direção... acho que eles já sabem que eu não vou fazer mesmo! Tirando as vezes que eu simplesmente desvio...

Leandro disse...

Uma técnica muito boa (quase infalivel) é andar com um fone de ouvido, mesmo que vc não tenha MP3.

Pode ser até mesmo aquele fone velho do Walkman a pilha que você aposentou na metade da década de 90 :-)

Com isso é soh olhar para baixo e fingir que vôce não ouve a conversa deles.

Anônimo disse...

Fake.

Looky disse...

Certa vez andando proóximo de um Itaú aqui perto de casa, muito cedo, eu vi uma reunião desses agentes laranjas.
O que parecia ser o laranja mor estava dando incentivos como "Não desistam", "Sejam simpáticos", "Sempre com um sorriso" e coisas dos tipo.
No exato instânte em que eu passava pelo grupo, já feliz de ter minha existência ignorada, escuto o laranja mor dizer "Agora ao trabalho, e façam muitos cartões", com isso todos olham exatamente na minha direção.
Me senti como a presa de uma alcateia de lobos, e como boa presa fiz questão de empreender fuga... ô fase XD

Rob Gordon disse...

Varotto

Nessas horas, uma saída é você virar para o cara e dizer algo como:

– Porra, esse empréstimo vai vir em boa hora. Eu estou com o nome no Cerasa, perdi minha conta bancária, estou sem crédito em lugar nenhum. Quando eu posso pegar o dinheiro, porque eu estou realmente fudido? Estão quase cortando a luz aqui em casa.

Te garanto que o cara desliga rapidinho.

Anônimo:

A coisa mais fácil do mundo é você me xingar ou me acusar de mentir e não dar seu próprio nome. Qualquer pessoa pode falar o que quiser sem se identificar, ainda mais na internet. Não é particularmente corajoso, mas é bem fácil.

Anônimo disse...

Anônimo:

Foda-se.

Rob Gordon disse...

Anônimo:

Viu só?

Por isso, a próxima vez que eu quiser a sua opinião, eu mesmo a darei, ok?

Anônimo disse...

Ah... ok.

Rob Gordon disse...

Que bom que você concorda.

Posto isso, podemos continuar.

Abraços

Pâmela disse...

Esse anônimo falar merdinhas, mas bem que gostou de ficar por aqui né?

Detesto idiotas...

Anônimo disse...

já eu, amo os idiotas. por isso venho tanto aqui.

Crisolda disse...

hauahuahauhau!
querem um cafézinho?
Ô Rob, faz um café aí pra gente continuar a prosa!

Gabi disse...

Adoro anônimos idiotinhas que acham que afetam.Eles me fazem rir!


Um ótimo 2009,Rob!

;D

Otavio Cohen disse...

como se pronuncia taii.

nunca descobri

Dalleck disse...

Eu também sempre tive a dúvida da pronúncia de Taií. Como tem um i sem acento e um í com acento, eu leio "Tai í", como se tivesse separado.

Thiago Apenas disse...

Deus salve o mp3 player!
O melhor dispositivo anti-social já criado.

Em março tem Iron aqui em Recife!
Eu vou \o/

Varotto disse...

Boa dica, camarada Gordon.

O Lerdo disse...

Vou anotar as dicas do post e dos comentários, pra ver se cola um dia xD
Quanto mais criativa a fuga, melhor. Mas um puro e simples "NÃO" também tem um efeito arrasador, ne?

----------
"Detesto idiotas..."
"já eu, amo os idiotas. por isso venho tanto aqui."

AIIIIIII!!!!! Que fora! Até eu fiquei sem graça... Tomara que esse anônimo passe longe do meu blog, pois eu tenho medo de ser humilhado também...
...
eh, não.

Blog do Sarge disse...

Rob? Você deveria escrever um cartilha de sobrevivência ja gente lhe dá com pessoas como o Taii e os demais trabalhadores de telemarketing, pois sua experiência e azar é gigante.

Pâmela disse...

se eu for ligar pra cada asneira que anônimos estúpidos como esse dizem, eu estaria morta. mas como é anônimo, estúpido e só fala MERDA, pode dizer o que for, eu realmente não vou usar meus neurônios com anônimozinhos de quinta (ou seria sexta?) categoria.

Kel Sodre disse...

Aaaaaaaaaaaahh, que SACO!!!!!! Fico fora por uns diazinhos e perco o maior barraco da história do Champ!!! (sim, acho esse barraco maior que o do Sherman)

Repetindo : SA-CO!!!!!

George Marques disse...

Chegando atrasado xD
E eu ainda prefiro meu rápido e categórico "Não!"

Mas adora quando era menor de idade xD

Larissa Bohnenberger disse...

Puta merda (desculpa, mas é que minha mãe nunca conseguiu me ensinar a segurar a língua na 'casa' dos outros)... queria ter a tua cara-de-pau! Mas a minha paciência é muito curta pra isso!