18 de agosto de 2008

Abstinência

Voltei.

Sinceramente, não me lembro se eu já havia ficado uma semana sem postar aqui antes. Provavelmente sim, nos primeiros meses do blog. Mas caso isso tenha acontecido naquela época, ninguém sentiu minha falta, já que ninguém– fora alguns amigos – lia isso aqui. Desta vez, porém, começaram a surgir alguns comentários no blog, nos últimos dias, questionando se ainda havia um Rob Gordon no mundo. Junte isso ao fato de eu ter saído do Orkut, e pronto: começam os comentários perguntando: “Rob Gordon morreu?”.

A resposta é: morreu. Morreu de vontade de fumar.

Sim. Após quase duas décadas tentando desesperadamente tapar a camada de ozônio soprando fumaça de cigarro, decidi que era hora de parar. Diversos motivos me levaram a isso, mas o principal é que não tenho mais 18 anos. E sim, porque a grande vantagem de você ter 18 anos é que, nesta época, você acredita piamente que terá 18 anos para sempre. Mas, com 32 – às vésperas dos 33 – as coisas não são bem assim. Você sabe que tem 32, 33 anos hoje; mas, na semana que vem, você já tem 40.

Junte isso ao fato de que meus horários e hábitos alimentares são se encaixam exatamente nos recomendados pela Organização Mundial de Saúde e pronto. Como a Sra. Gordon disse que era hora de parar, a dentista disse que era hora de parar, minha mãe – que fuma – disse que era hora de parar, todos os meus médicos disseram que era hora de parar, então resolvi que era hora de parar. Afinal, se todo mundo está andando na contramão, as chances de ser você quem está na contramão são bem grandes.

E não é fácil. Mesmo. E não vou plantar aqui aquele discurso falando sobre as dificuldades de vencer as dependências química e psicológica. O que torna tudo mais difícil é que eu sei – como qualquer outro fumante sabe – que fumar é um tesão. Peça a qualquer fumante, especialmente alguém que fuma compulsivamente como eu fumava, para descrever a sensação da primeira tragada no cigarro. É impossível descrever.

Isso sem falar nas ações que você condiciona ao cigarro: eu não sei, ou melhor, não sabia, colocar os pés na rua sem acender um cigarro; não conseguia entrar em casa sem acender um cigarro. Sexo? Comida? Cerveja? Chocolate? Tudo pede um cigarro depois. Sua vida inteira pede um cigarro depois. E isso torna tudo mais difícil. E, sim, o fato de as pessoas falarem que eu “fumo igual ao Al Pacino” torna tudo mais difícil ainda.

Mas, voltando ao meu “parar de fumar”: estou usando adesivos, o que torna as coisas (um pouco) mais fáceis. E não fui louco de simplesmente cortar o cigarro totalmente; então, estou fumando, hoje, algo entre quatro ou seis cigarros por dia, o que é um progresso razoável, comparado aos 30 por dia que eu fumava. Mesmo porque se eu decidisse cortar o cigarro totalmente, no segundo ou terceiro dia eu já teria me jogado embaixo de um caminhão para “acabar logo com tudo isso”.

Aliás, com isso eu descobri marcas de cigarros horrorosas, já que eu não posso mais ter um maço – acredite, se eu tiver um maço em meu poder, vou fumá-lo em três horas – então aderi ao conceito de “cigarro solto”: vou a qualquer boteco com 30 centavos e compro um cigarro. É quase um conceito de nicotina on demand, mas funciona. O problema é que o único boteco que faz isso com Marlboro é justamente este aqui na frente do trabalho; em qualquer outro lugar que eu esteja, consigo apenas cigarros de marca desconhecidas – o que é bom, já que são todos horrorosos.

Mas, agora, você deve estar se perguntando o que diabos você tem a ver com isso? Simples. Uma das coisas que eu mais tive condicionado a escrever é o blog. Dependendo do tamanho do post, eu chegava a fumar dois enquanto escrevia o texto; se eu reler alguns posts, consigo me lembrar exatamente em qual trecho eu acendi um cigarro; e, se o mundo fosse um lugar perfeito, eu estaria escrevendo esse post, aqui, agora, com um cigarro pendurado no canto da boca, como sempre fiquei.

Mas, na verdade, eu não fugi do blog para evitar a vontade de fumar. Eu apenas não vi graça nenhuma em nada durante a semana passada. Além disso, eu não vi nada semana passada, porque ou eu estava espumando de ódio, ou eu estava tendo pesadelos enquanto dormia. E cheguei, sim, a escrever uma carta de despedida para o cigarro e ia publicar aqui, mas, no terceiro parágrafo, nada tinha mais graça. Provavelmente o texto estava bom, o problema era comigo mesmo.

Mas isso já está começando a passar. Agora, este blog deve voltar a sua atividade normal, e com cada vez menos nicotina. Nicotina. Adoro esta palavra. Sempre adorei. Pronto, já estou divagando – e, sim, o cigarro também sempre ajudou a me concentrar. Paciência. É um grande amigo que se vai.

Meu sonho, hoje? É estar, daqui a uns anos, bebendo numa mesa de bar e roubar um cigarro de alguém para fumar junto com um chopp, para matar a saudade. Ficar tonto com a primeira tragada – algo que não sentia há anos – fumar o cigarro inteiro e continuar ali, bebendo, sabendo que vai demorar meses, por mais que aquilo seja delicioso. Mas isso vai demorar para acontecer.

E, antes disso, vocês terão toneladas de posts aqui, prometo.

E, para matar a saudade, deixo vocês com o Top 5 Marcas mais estranhas de cigarro que eu fumei ultimamente:

1. Lennon
2. Fortuna
3. Dallas
4. Derby Suave
(sim, porque “Derby suave” é um erro de conceito)
5. Campeão

29 comentários:

Deisinha Rocha disse...

qm disse q alguém aki sentiu sua falta???? hãm???

té ke fim resolveu postar...
hunf!!!!

já tava tendo uma crise aki...

mas hein...
parou de fumar mesmo, de verdade verdadeira????

Sabe como minha mãe parou: aos poucos...
mas parou de vez qndo num belo dia ela kase morreu sem ar...

daí, nunca mais...

bem, bem...

sem mais crises agora, vc atualizou!

Deisinha Rocha disse...

Eskeci de dizer uma coisa: minha mãe foi parando de fumar ao mesmo passo q entrava na menopausa precoce... e depois q ela parou definitivamente de fumar, ela engordou...
não q hj ela seja enormemente gorda - o q vale um esforço enorme dela... mas q ela engordou, engordou...


ok, Rob, não kero lhe desanimar qnto a isso... NÃO FUMAR É MAIS SAUDÁVEL PARA TODO MUNDO!!!!!

Então, força...

Putz... tava pensando aki, se o cigarro Lennon é uma homenagem ao John???

Pâmela disse...

As pessoas dos meus blogs favoritos têm me abandonado ultimamento. Uns três blogs que eu frequentava diariamente foram excluídos. Então sei lá. Achei que você tivesse morrido mesmo porque nunca passei uma semana inteira entrando no seu blog e vendo o mesmo post no topo da página. Na maré de azar que ando levando, pensei mesmo que vc tivesse abandonado o Cham, mas fiquei muito feliz em saber que quem você abandonou foi o cigarro.

Guinomo Mestre disse...

Nossa. Parabéns pela iniciativa de parar de fumar. Eu fumo a 4 anos, jé pensei em parar, mais sei que agora não conceguiria. Moro com meus primos em uma repuplica(todos fumam) e em todos os lugarem em que vou(todos fumam). Já tentei mais não posso de uma semana sem fumar. Mas quem sabe um dia eu crio coragem e digo adeus a este amigos que esta sempre ali.

Um dia ouvi uma frase que se encaixa aqui.
"Quem diz que o melhor amigo do homem é o cão nunca conheceu o cigarro e o violão." ^^

axo que é isso. até mais.
abraços e boa sorte com a abstinência.

Rejane Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MaxReinert disse...

Opa!
Até que enfim! [2]

Parar de fumar é bom!!!

Mas o comentário da Deisinha me acendeu um aluz aqui: Parar de fumar engorda!!!!

Nem é uma questão de preconceito... mas é que fiquei pensando na sua dieta e na sua altura e..........

...........
...........
...........

Medo!

Maps disse...

Vamos lá, seu Rob:

1) Eu também fumava um maço de Marlboro por dia. Diga-se de passagem, para os leigos, Marlboro Light não é cigarro. Não há outro cigarro no mundo que não seja Marlboro Vermelho.

2) Eu parei de fumar faz 4 anos. De vez. De uma hora pra outra. Pá pum. Sem trégua.

3) Hoje eu cheguei no seu patamar de sonho - de vez em nunca eu dou uma tragada no bar, tomando um chopp - me sinto igual ao Jeremias em seu ápice viajante.

4) Mas também passa a vontade de fumar. É sério! Juro! A tragada é tão intensa que você não aguenta o resto. Demora pra dar vontade de novo. É ótimo!

5) VALE A PENA PARAR. Eu era a fumante mais orgulhosa do mundo. E não virei ex-fumante crica - não ligo a mínima se alguém fuma do meu lado, pelo contrário. É possível ser ex-fumante sem virar a pessoa mais chata do planeta. Primeiro mês é uma merda, mas depois a coisa fica bem mais fácil do que parece, e às vezes a gente até se auto-sabota porque não, não é possível que seja tão fácil assim! Pior que é. Quem diz que não conseguiu é porque se auto-sabotou porque quis. Fumar é um tesão mesmo. Mas parar tem várias vantagens.

6) Algumas vantagens: manja aquela picanha mugindo do Bovinus? Você vai curtir o gosto da carne umas 15 vezes mais. O paladar melhora absurdamente - cuidado pq esse é o motivo da galera engordar - fica tudo mais gostoso. Cerveja? Muuuito melhor. Você até vai poder distinguir o sabor dos maltes. Cheiro do mato, assim que choveu? Você vai sentir o raio desse cheiro toda vez que garoar 15 ml na varanda da Síndica-Chucky. Sem falar no cheirinho de cabelo lavado o dia inteiro (no seu caso, isso vale pra você sentir o da Sra. Gordon). Suas roupas vão ficar cheirosinhas, a pele fica linda e em 1 mês você vai poder subir a Teodoro numa boa sem achar que vai ter um enfarte no final.

7) Seu Top 5 me fez lembrar de um dos momentos mais X-Files da minha vida, onde estava eu, na Festa do Peão Boiadeiro de São João Nepomuceno - MG (ok, ok. Por favor, não comente), tomando Whiskie Chanceller, alternado com Vinho Canção, fumando cigarros Commander e assistindo o show do Sérgio Reis COVER. Pqp, se o inferno viesse à Terra seria mais ou menos isso aí.

9) Se for muito difícil, converte a grana que você gastava no cigarro por mês em vale-brinde da Fnac. Força, Rob!!! Você consegue!!!

Gabi disse...

'converte a grana que você gastava no cigarro por mês em vale-brinde da Fnac'

Mas a Fnac não era um outro vício?oO

Muito bom saber que você está pelo menos tentando parar .Seus pulmões e a camada de ozônio agradecem.Eu também.

;D

Gilgomex™ disse...

Espumando??? Esquece o cigarro e corra pra se vacinar, esqueceu de que mes estamos???
Se bem que se já está espumando, pode ser tarde, muito tarde...

Quanto ao contexto do post, só posso dizer duas palavrinhas:

Chandler e Monica!!!!!

Bella... disse...

Tô tão orgulhosa de você, ídolo... :)

Júlio disse...

Eu só vou escrever o que todo mundo diz, "fez bem"
he he he

O que será mais dificil de parar, beber cerveja ou fumar um cigarro?

Eu não fumo, mas a cerveja....

Otavio Cohen disse...

quando eu era criança e colecionava caixinha d cigarro eu só n tinha esse lennon. seria legal ter um ringo.
eenfim.


qase chorei no post. agora vc é um idolo perfeito pra um pré-jornalista. lembra q eu sempre dizia q eu qria ser algo parecido com vc sem o cigarro?

eba, agora posso ser um menino de 10 anos feliz com um novo objetivo d vida.

ok, eu não tenho 10 anos. e tenho coisa melhor na vida pra sonhar (foi mal, rob) eheheh.

rbns disse...

Então... caralho.
Eu não achei que esse dia ia chegar. Putz. Vou ligar pra minha mãe amanhã pra contar isso.

Que coisa doida.

Parabéns e boa sorte.

Ricardo disse...

Eu fumo, parei, fumo de novo, paro duas semanas, e fumo de novo. É muito bom mesmo, mas quando a gente para, ficamos com aquela satisfação estampada no rosto, como se quiséssemos mostrar pra todo mundo que paramos de fumar, vamos lá, fiquem orgulhosos também! =]

Mas aí eu penso que eu vou morrer de qualquer jeito, e volto a fumar. É um prazer. Mesmo sabendo que eu poderia correr sem ficar ofegante, toda vez que me atraso pra pegar o ônibus.

Varotto disse...

Parabéns pela iniciativa! Quem sabe agora a brick-top até passe a ser mais simpática com você e decida não te jogar aos porcos.

Mas pelo que dizem, parar de fumar deve ser a coisa mais fácil do mundo porque conheço várias pessoas que pararam de fumar várias vezes na vida!

Mas, a sério, faça seu esforço e não jogue tudo na latrina voltando a fumar. Meu irmão, por exemplo, já ficou sem fumar por quatro anos e depois voltou. Não faz o menor sentido.

E se um dia, o cigarro bater à sua porta arrependido e tentando discutir a relação, não abra. É um truque.

Qualquer coisa, se ficar difícil, troque por balas. tenho certeza de que, pedindo com jeitinho, você convence os fabricantes do Halls a iniciar a produção de sabor picanha sangrando?

PS: Maps, se serve de consolo para seu momento X-filé, eu tenho parentes em São João e já fui muito prá lá na minha infância...

Jane disse...

Cuuuuuuuuuuuu
Tô muito orgulhosa de você.
Parando de fumar. Uhúúúúúú!!!!!!
E muito orgulhosa da Sra Cu tb que foi quem realmente conseguiu este grande benefício pra humanidade.
Parabéns Cuzinha.
Bjs

Maps disse...

Hahahah Varotto, é incrível: toda vez que eu falo se SJN aparece alguém que é de lá ou já foi pra lá... essa cidade é ímã de gente doida!!!

Mas o melhor foi o "Momento X-Filé". Na verdade, eu quis dizer X-Files (Arquivo X). Depois eu li e vi que realmente tá mais pra X-Filé mesmo. O contexto acabou ficando igual anyway!

Rob, concordo com o Varotto - se o cigarro quiser discutir a relação, manda ele catar coquinho e compra um Trident White azul. Não é picanha, mas ajuda bastante no final.

Pâmela disse...

No meu comentário lá em cima eu quis dizer Champ*

victor disse...

Eu já parei de fumar há muitos anos. Mas o que interessa mesmo é que vc é muito bom no que faz. Continue assim escrevendo bem. Parabens. Já tem algum livro publicado? Abração.

victors.gomez -
projetos sociais artes

Thiago Apenas disse...

Que bom cara!Espero que você consiga essa vitória.Imagino o dia que você vai parar com o haxixe e o ópio...
Bem, aí são outros quinhentos.

¬¬

paulonando disse...

Parabéns!

Dragus disse...

Bom saber.

Mas é muito cedo pra comemorar, ainda mais que o fumante para conseguir efetivamente parar de fumar depende muito mais das pessoas em volta do que dele mesmo.

Porque serão elas quem deverão segurar suas crises de ansiedade causadas pela falta de cigarro e os quilos a mais que ganhará ao substituir o prazer da tragada pelo sabor da comida.

Eu sei como é. Sou gordo porque sou ansioso e como pra cortar a ansiedade, se fumasse seria mais magro que vareta. =/

Boa sorte, eu larguei esse vício antes de ser vício... Arrumei outro. =p

Nash disse...

Uma pergunta estranha, mas sempre fiquei na dúvida: Porque PARAR de fumar? Fumar 2 ou 3 cigarros por dia fará tão mal quanto fumar 30? Ou não daria o mesmo prazer?

Sou totalmente contra abdicar dos prazeres da vida. Não fumo, mas também adoro outras coisas que me fazem mal. Diminuo, mas nunca paro.

Sei lá... se você for se sentir melhor com isso, apoio totalmente, mas se for pra ficar se martirizando e mordendo o pé da mesa, eu aconselharia a diminuir a quantidade, mas não parar (serei crucificado por isso aqui, eu sei).

ODEIO gente politicamente correta, que não aguenta ver um fumante e já vai logo largando "Você devia parar de fumar". Pqp, se o cara fuma é pq ele gosta, e eu não tenho nada a ver com isso; se me incomoda, eu saio de perto.

Em todo caso, te desejo sorte nesse processo de limpeza do seu pulmão. Mas te dou uma dica: se depois de um tempo parado você resolver fumar durante uma cerveja... as chances de repetir isso nos dias seguintes são REALMENTE enormes.

ps.: Não pessoal, eu não sou nenhum representante da Marlboro. rs

Abraço.

Dama do Lago disse...

Que bom que você resolveu parar...antes de bater de frente com o pequeno monstro destruidor de cigarros que tenho lá em casa. A Bubby faz inimigos entre os fumantes por onde passa sem dó nem piedade. Nem o tio dela escapa, mas ele já está escolado e deixa o maço bem escondido quando ela está por perto.
Se você perceber que terá uma recaída, posso emprestar a filha por uma semana para ficar vigiando você ^_^
Beijo e boa sorte
Sil

Felipe Lima disse...

Então, quer dizer que o fato de vc parar de fumar tem o dedo da Sr. Gordon? Pela dica do Gilgomex, acho que sim, né? Essa mulher realmente está de endireitando, rapaz!! Já largou a fnac, tá largando o cigarro, isso que é amor! Boa sorte e, só por hj, não fume.

Banana disse...

Não se preocupem: a abstinência só aumenta a rabugice dele, portanto, posts mais fertéis e ácidos virão.

E àqueles que pensam "e o que será do Champ pós-cigarro?" há resposta pronta:

A guerra contra a balança!

Até 2020 Rob Gordon se transformará num príncipe encantado, montado na Besta-Fera branca, corajoso combatente da Síndica dos campos verdes da Teodoro Sampaiao. E tomará Coca-Cola somente aos finais de semana!


PS: Alguma reclamação do tipo "que mulher chata!", "pelo amor de deus, que brava", "pq vc namora essa menina?" podem ser dirigidas ao Tyler, meu representante para assuntos desse nível. Obrigada.

Dama do Lago disse...

Cara Banana,

Você é muito boazinha, está endireitando o Rob em doses homeopáticas, quem reclama é porque não sabe os sacrifícios que nós mulheres fazemos por amor aos nossos escrav...er...homens ^_^

Continue assim e, se ele não se comportar, não tenha dó, entregue para a Síndica :D

Beijos

Sil

Larissa Bohnenberger disse...

Eu bati o recorde de ausência do blog, atingindo a marca de 1 mês. Mas não, eu não estava desintoxicando meu organismo de nada, a não ser que a preguiça possa ser considerada uma droga... enfim. Mas também teve saúde e consiência da própria idade envolvida no meu motivo... eheheheheheheheheh!
E foi uma excelente atitude esta de parar de fumar. Eu sei que sou suspeita pq odeio cigarro, e nas poucas vezes que tentei fumar na adolescência nunca consegui tragar. Ou seja, não sei de tesão nenhum associado ao cigarro, mas sei mesmo os mais fumantes conseguem parar e voltar a ter amor à vida! Rsssssss!
Bjs!

Thais Padovani disse...

Foi a melhor coisa que vc fez.
cigarro incomoda(e mto) quem está perto de vc, além de ser um habito terrivel para a sua saúde.(clichê?rs)

Meu pai fumou dos 12 aos 33anos, parou pq passou MUITO mal. Logo depois, procurou uma academia e descobriu que sua paixão é a bike.Hoje,com 47anos, tem uma saúde melhor q a minha.Ele pedala TODOS os dias feito uma criança, mas não eh na rua não, o velho acorda cedo e vai fazer trilha, com a "turma" dele, que inclusive tem amigos meus.

Ele disse q "queimava"a ansiedade do cigarro na academia.Fazendo exercicios fisicos, vc produz serotonina que eh responsável pela sensação de disposição,bem estar e ânimo.

Vida nova ao Gordon! \o/