22 de dezembro de 2007

Querido Papai Noel

Sim, eu sei que faz tempo que não escrevo para você, mas estou me sentindo particularmente com cinco anos de idade hoje.

Como eu moro sozinho, seria perda de tempo colocar essa carta sob o travesseiro. Na melhor das hipóteses, quando eu acordasse, ela ainda estaria ali. Na pior, a Besta-fera teria destruído o papel durante a noite. Sendo assim, achei que a melhor saída seria publicar esta carta aqui no blog – mesmo se você não entrar aqui (porque é dezembro e você está ocupado), um dos seus duendes pode imprimir e levar até você. Mas, mesmo se você acessar o blog, basta apenas atender meus pedidos, não precisa comentar aqui (mas, se comentar, eu agradeço).

Enfim, antes de mais nada, quero que você saiba que sim, eu me comportei muito bem durante este ano. E olhe que, apesar do que você pode estar pensando, quando você tem 32 anos, é muito mais difícil se comportar do que quando se tem cinco. Com cinco anos eu poderia, no máximo, ter brigado com meu irmão ou sido malcriado com meus pais (não, aquela vez em que eu quase taquei fogo no meu quarto foi um acidente, aquilo não conta). Hoje, com 32... Bem, sem parar para pensar, eu consigo imaginar umas 10 ou 12 coisas piores que essas, e que eu não fiz.

Aliás, você viu que o AC/DC lançou um pack com 3 DVDs? Não, eu sei que não tem nada a ver com o que estamos falando, apenas me lembrei disso agora.

Mas, voltando ao que eu estava falando. Resumindo: eu me comportei. Fui um excelente menino em 2007.

Sim, você pode alegar que eu fui um bom menino porque simplesmente não tive tempo para me comportar mal. OK, eu admito que é verdade. Mas, por outro lado, pense comigo: os fins justificam os meios. Duvido que você pegue a ficha de todas os crianças aí, em dezembro, e cheque não apenas se ela se comportou ou não, mas analise também porque ela teria (ou não) se comportado. Duvido que seus duendes tenham capacidade de fazer isso e fabricar brinquedos ao mesmo tempo e, com todo o respeito, duvido que, com tantos ajudantes, você analise, pessoalmente, ficha por ficha aí em cima

Mas o ponto não é esse. O que interessa você saber é que eu me comportei esse ano. Ponto final. E está mais que bom. Eu não dava mais satisfação sobre esse assunto com cinco anos de idade, não vou dar agora, também. Mas, se você faz questão, tudo bem: almocei com meus pais sempre que possível, paguei todas as minhas contas em dia, fui simpático com as pessoas do meu prédio (com as pessoas da rua não, mas elas não são simpáticas comigo também), cuidei da senhora Gordon e da Besta-fera, não briguei (ao menos de porrada) com meu irmão. E isso só para começar.

Ah, o pack do AC/DC tem, em um DVD, músicas só da fase Bon Scott, e no outro, só músicas da fase Brian Johnson, você viu? E ainda tem um disco só de extras, com mais não sei quantas músicas e um show completo, de 1982. Deve ser o máximo. O senhor gosta de AC/DC, certo, Papai Noel? Ah, desculpe, estava apenas pensando alto.

Mas, enfim, o meu ponto é: ao contrário do que você deve imaginar, é muito mais difícil se comportar quando você tem 32 anos, do que quando você tem cinco. Sim, porque com cinco anos, as possibilidade de você fazer algo errado normalmente se resumem ao pacote de biscoitos sobre a geladeira, à tesoura que está na gaveta ou à caixa de fósforos em cima da pia. Bem, eu tenho tudo isso aqui em casa e não me comporto mal com elas, porque, cá entre nós, não vejo muita graça em ficar acendendo fósforos e jogando pela varanda.

Agora, com 32 anos, as possibilidade de você fazer algo errado são bem maiores. E infinitamente mais divertidas. Ou seja, a tentação é maior. Mesmo assim, tentei andar na linha e, por mais que eu tenha errado vez ou outra, ao longo do ano, foi por acidente, e não caracteriza “me comportar mal”. Pode averiguar, se você quiser. Ah, eu falei mal de algumas pessoas no meu blog? Bom... Pense comigo... Se eu falei mal de UMA pessoa, e DUAS pessoas riram enquanto liam, logo, eu fiz mais bem que mal. Ou seja, isso me torna uma pessoa melhor ainda. Chupa, Noel! Desculpe, não quis dizer isso.

Eu sei que você está bastante ocupado essa época, mas você chegou a entrar no Amazon.com e ver a caixa do AC/DC? É esse link aqui, dá uma olhada. Vem com réplicas de credenciais de todas as turnês e mais um monte de brindes. Mas isso só na versão com três discos. Saiu também uma caixa com apenas dois discos, mas não é a mesma coisa. Além disso, essa eu vi vendendo na Fnac, nem precisaria de você para conseguir isso.

Aliás, duvido que você não tenha errado uma ou outra vez na vida. Aliás, quando eu tinha uns cinco anos, pedi um presente e você me mandou outro. E ainda não teve coragem de vir se explicar, obrigou minha mãe a fazer o seu trabalho sujo. E eu não te julguei por isso. Posso até ter ficado chateado, mas não te julguei por isso. Então, você pode muito bem relevar um ou outro erro meu, certo? Assim, ficamos quites, o que você acha?

Para finalizar, gostaria de desejar um Feliz Natal para você, algo que eu nunca fiz em nenhuma das cartas que escrevi para você. E que o senhor tenha um 2008 repleto de saúde e realizações, junto com o povo aí do Pólo Norte.

Quanto aos presentes, peço apenas duas coisas. Uma delas você já me deu e eu quero aproveitar essa carta e agradecê-lo: Obrigado por fazer eu me sentir com cinco anos de idade em todo mês de dezembro, independente da idade que eu tenha. Sim, eu sei que todo dezembro eu reclamo do trânsito, dos shoppings lotados e dos malditos jantares de final de ano no mesmo restaurante que estou, mas, quando penso em natal, ainda me sinto com cinco anos de idade. Acredito que esse seja o presente mais valioso que você me deu até hoje.

Quanto ao outro presente... Bem, com 32 anos, não me importo muito com isso, qualquer lembrancinha serve. Mas, afinal, você ainda não me respondeu. Você gosta de AC/DC, certo?

Rob Gordon

8 comentários:

MaxReinert disse...

auhauhauhauhaua....
eu tbm me sinto meio com cinco anos em dezembro... mas é porque fico manhoso e não paro de chorar um minuto....

Depois.. na sua carta ao papai noel ficou faltando o que vc quer ganhar de natal.... ou será que fui eu que não entendi...
hihihihihihihihi

Larissa Bohnenberger disse...

Ih, Rob, sei não... depois daquela vingança contra os moços do amigo secreto na churrascaria, de ter colocado o tal do gelo na sacola de presentes, é capaz do Papai Noel te trazer o presente errado de novo... espero que não!
Bjs!

Thiago Neres disse...

Hauiehauiehuieheuihea...

Muito bom, Rob!
Virei fã do seu blog, já ^^

=)

Hally disse...

Ha, eu também escreveria pedindo esse presente aí pro Papai Noel, mas eu não acredito nele desde o susto que eu tomei com sete anos...
rsrs
E, pensando bem, acho que ele também não acredita em mim...

Tyler Bazz disse...

"Chupa, Noel! Desculpe, não quis dizer isso."

AUHAuhAUHauhAHUuhauhAUHauHAUHauha
Morri de rir quando li isso...


E, assim, nas cartas para o papai noel, costuma-se pedir um presente.. você não pediu!


o/

Lizzie disse...

Venho através deste comentário desejar um FELIZ NATAL/YULE/LITHA! Que seja repleto de bênçãos e alegrias.
E que 2008 venha renovar os ânimos, as oportunidades, o sentir. Que estejamos todos abertos para esta renovação!
E...Bom, o Papai Noel eu não sei, mas EU ADORO ac/dc! Hahahaha
Grande beijo!
Namastê!


www.lizziepohlmann.com

Gilgomex™ disse...

Chupa, Noel!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... arf, arf...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... eu... hic... estou morrendo de soluç... hic...

ungh.

PS: voce bem que podia tirar a a verificação de palavras na hora de comentar no seu blog... ainda mais pq ele é exagerado... olha o que me pediu pra digitar:
nvbxynyg

Papai Noel disse...

Querido Gordon...
queria lhe informar que eu acesso o seu blog sim... assim como o coelho da páscoa e a fada dos dentes...
seu blog é muito famoso aqui no mundo imaginário..

bom... analisando a sua carta pude perceber que você faz ironias qnto a minha pessoa.. mas tudo bem... afinal.. quem nunca ironizou alguem na vida que atire a 1ª pedra! * PQP qm foi o #@$% que jog...

eu sei que você não gosta muito desse mês.. por causa do trânsito, das lotações em ruas, lojas etc..
mas imagine a minha situação..
tenho que aturar esses duendes me enchendo o dia inteiro, tenho que ler várias cartas de natal ( como essa ), ando com o saco nas costas o dia todo, e qndo finalmente penso que vou dar uma "relaxada" voando por ai, a minha ficha cai e percebo que estou sendo guiado por um monte de viados..ops..vEados ¬¬

é.. não é facil para mim tb...
bom.. deixa eu ir que tenho muita coisa a fazer.. ( MENTIRA!! eu só trabalho em dezembro!! CHUPA MERO MORTAIS!! husauhsa ) ops... estava apenas pensando alto..

por fim, quero lhe informar que não achei seu box do AC/DC.. então por hora te mandei um box com as melhores bandas do momento.. Fresno, Nx Zero, Simple Plan, For fun, e muito mais! DETALHE! o box acompanha uma toalhinha pra vc enxugar as lágrimas enquanto escuta os cds ^^

Sem mais..