17 de agosto de 2007

(Meme)sa Redonda - Intervalo Comercial III

Realmente, não se fazem mais xavecos como antigamente. O convite para o show do Bruno & Marrone realmente foi para a Natália, como adivinhou a leitora Maps, nos comentários. E, pior, foi feito pela tosca da Lu, que mesmo aparentando ser a melhor amiga da Natália, não consegue decorar o DDD da moça.

Fiquei sabendo disso tudo porque horas depois de responder o convite ao show por sms (se você não tem a menor idéia do que estou falando, leia o post anterior), recebi uma ligação do mesmo número, cujo diálogo eu reproduzo aqui. Ah, sim. Uma dica aos leitores: quando seu dia estiver um tédio, simplesmente pegue o primeiro louco que cruzar seu caminho e transforme o dia dele num inferno.

Enfim, segue o diálogo. (Lu, se você estiver lendo isso, parabéns. Você acabou de ganhar um post só para você):

– Quem está falando?

– Não, não. Não é assim. Você já usou um telefone antes?

– Quê?

– Porque existe uma espécie de regra dentro da comunidade das pessoas que usam telefones. Essa regra diz que a pergunta "quem está falando?" é um direito de quem recebe a chamada, e não de quem liga.

– Eu queria falar com a Náti!

– Então, mas não é assim que funciona. Você diz com quem quer falar, e eu pergunto "quem está falando?" Mas, estamos indo bem. Algo me diz que a gente vai conseguir. Quer ver? Vou perguntar agora mesmo. Calma. Olhe, presta atenção: "Quem está falando?"

– Cadê a Náti?

– Não! Você estragou tudo! Estavámos quase lá! Mas não tem problema, vamos tentar de novo! Quer falar com quem?

– Com a Náti!

– Quem está falando?

– É a Lu!

– Isso! Viu como não foi difícil? Eu sabia que você ia conseguir! Então, Lu, mas como você deve ter reparado, eu não sou a Náti.

– Mas cadê ela?

– Hum... não sei como começar a responder isso... Olha, talvez isso seja um choque muito grande, então tente manter a calma. Mas eu preciso te confessar uma coisa. Eu não conheço a Náti.

– Pára com isso! Chama ela para mim!

– Olha, estou sendo sincero. Acredite na minha palavra. Eu não apenas não sou a Náti, como não a conheço. Aliás, pelo que eu me lembre, esse celular é meu, e não dela. Faz sentido, né?

– Ah... mentira!

– Juro por Deus. É meu. Terminei de pagar há alguns meses. Fiz em 10 vezes no cartão. E a Náti não me ajudou nem com um centavo. Tive que pagar tudo do meu bolso. Pode uma coisa dessas?

– Mas quem está falando?

– Lu, a gente já não passou por isso?

– Eu mandei uma mensagem para ela e ela me respondeu! Esse celular é dela, eu sei disso!

– Calma, Lu. Calma. Tudo vai se resolver. Quer ver?

– Cara, que estranho...

– Não, não. É fácil. Você já reparou que alguns números de telefone são maiores que os outros?

– Hã?

– É porque eles são para outras cidades, entendeu? Cada cidade tem um código próprio. Legal isso, né?

– Mas o número da Náti...

– ... é o mesmo que o meu, eu sei. Mas o código é diferente. Me ligam toda hora atrás dela. Amigos, amigas, propostas de estágio... Você mesma já tinha ligado uma vez, eu até citei você no meu blog, sabia?

– Mentira!

– Não, verdade. Você e ela são famosas. E eu sei que sua intenção é boa, que você são amigas, e acho legal você ligar para ela. Mas o problema é o que eu disse antes (corrigido mode: on). Eu não sou ela.

– Quem tá falando?

– De novo isso? Não, não. Faz o seguinte... Pensa na Natália. Pensa na casa dela. Deve ficar em alguma cidade, né? Então, é o que eu disse. Essa cidade tem um código telefônico próprio. Disca esse número antes do número do telefone e... voilá! A voz da Natália irá aparecer!

– É o DDD, né?

– Isso mesmo! Agora, posso fazer uma pergunta?

– É... pergunta?

– Sim. Na mesma semana que teve show do Scorpions em São Paulo, você preferiu ir ao Bruno e Marrone? Por quê?

– Como você sabe disso?

– Nada, deixa para lá. Queria apenas uma declaração oficial para colocar no meu blog. Mas, enfim, boa sorte para você. Só não vou desejar "tenha um bom show", porque... bem, é Bruno e Marrone, né?

– Mas eu gosto!

– Hum... Por que eu não estou surpreso? Enfim, mande beijos a Natália, espero que ela tenha já arrumado estágio.

– Tá bom! Eu mando!

– Deus do céu... Ok. Boa sorte.

(clic)

No próximo post, a conclusão da entrevista. PROMETO.

19 comentários:

Arthurius Maximus disse...

Pelo menos você ficou livre daquela proposta indecente. (rs) E não precisará ficar colado na parede...(rs)

Pedro disse...

E você descobriu de que cidade é a Natália?

Liga pra ela e convida pra sair... Quem sabe você não ensina pra ela o que é música de verdade...

João Antônio disse...

Valeu pelo comentário no meu blog. Muito legal esta conversa, como a pessoa pode se confundir tanto!

Gostei do seu blog

até mais

Felipe Lima disse...

Rob,

Só tenho uma coisa a dizer: você é hilário! Parabéns pelo blog, a cada dia seus textos ficam melhores e mais divertidos.

bella..=^.^= disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
meu ídolo campeão, jura que esse diálogo é real??? Eu A-DO-REI...
vou experimentar...rsrsrsrsrsrsr

bjossssssssssssss

Dragus (em Paquetá) disse...

Eu nunca ri tanto lendo seu blog quanto hoje...

Pior que esse dia fiz algo igual...

Voz no telefone celular:
- Posso falar com o João Otávio?
Eu:
- Ele morreu.
Voz:
- Como assim morreu?
Eu:
- Morrendo, ele está debaixo de um carro, Marta.
Voz:
- Mas eu não sou a Marta.
Eu:
- Nem eu o João Otávio.

Em seguida ela desligou o telefone. =D

Jota disse...

Cara... (enxugando as lágrimas depois das gargalhadas) Se essa menina fosse do tipo que escolheria o show do Scorpions, até ela teria se divertido com esse diálogo!

Mas aí, talvez ele nem tivesse chegado a acontecer...

Gilgomex™ disse...

tem vez que eu atendo e apessoa pergunta:

-Quem tá falando?

e como óbviamente, ou a pessoa ligou errado, ou merece um resposta fdp... Eu digo:

-Funerária Jesus te Espera!

Sempre funciona...
A pessoa desliga, liga de novo e me diz:
-Cara... Não é que liguei na funerária por engano...

Gilgomex™ disse...

PS: eu duvido que esse diálogo realmente tenha ocorrido...

o amnésico disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
o amnésico disse...

Se não aconteceu, não deixa de ser possível. Ou pior: aqui no fim de mundo é só "Quem?".

E vá convencer a pessoa de que discou o número errado...

Tati disse...

fazia tempo que eu não comentava... seus posts andam muito longos. mas boa história. e bruno e marrone é foda, não dá. (não que scorpions seja bom). beijo

Mau disse...

Queria muito ter um numero de celular trocado! Queria muuuuito zuar com a cara das pessoas que tentassem me ligar! UHAUHAUAHUAHUA

Rob, sai em busca dessa Natália, tenta ligar pra ela, sei lá.
Se o numero dela é igual ao teu, fica tentando, discando, vai atrás dela!

Mas se ela gostar mesmo de Bruno e Marrone, foge.

Thayz disse...

HUAHuahuHAUhauh
se eu fosse vc tentava encontrar a tal da Nathalia...
procura em que cidade teve Bruno e Marrone essa semana
xD


beijos

Thayz disse...

Rob!!!!
to chocada...
fui checar no site do Bruno e Marrone (!) onde teve show dia 16
e olha só

Dia 16 - quinta-feira
Cidade: São Paulo - SP
Local: Vila Country


O.o
a tal da Natalia deve ter serios problemas pra passar o numero certo do cel dela pelo jeito...


Bom...e além disso, descobri que Bruno e Marrone estão lançando hoje, domingo, seu segundo cd acustico, na segunda parte do Domingão do Faustão...
este conta com a participação de Durval Lelys do Asa de Aguia, Alexandre Pires e Padre Marcelo
UAU, hein?! ¬¬

como diria você... Ô FASE!!!!

Maps disse...

Cacilda, Rob!! Era pra Natália mesmo! Transmimento de pensação com Murphy mode: on - e ainda por cima um certo toque de piada pronta. Eita Zé Simão!

Isso deve ser coisa do Champ. Ou do Jonas. Ou quem sabe da própria Natália, só pra tirar uma onda com você. Never mind... é preferível fazer arroz a tentar descobrir onde está a Natália. Idéias para games! Quem sabe ela é uma Carmen San Diego genérica; a Lu pode ser uma de suas comparsas. Watch out!

Beijocas,

Maps - irmã da MaFe, fã do RG e, mais recentemente, aprendiz de Walter Mercato. Ligue djá!

Bia Ferreira disse...

"Ponto de encontro entre fãs de música, cinema e quadrinhos; vítimas de romances frustrados e praticantes de filosofia de boteco", é tô no lugar certo!!!
passando só para conhecer e já não entendi nada.. se é ficção se é realidade, se é lavagem de roupa suja... vou os posts anteriores...

thiago disse...

"...as o problema é o que eu 'disse acima'. Eu não sou ela..."

Você disse acima??? Pensei que tivesse tudo sido por telefone...

Rob Gordon disse...

Thiago

valeu pelo toque. Na pressa de reproduzir o diálogo de cabeça, me distraí. Corrigido!

Abração