23 de setembro de 2006

Ascensão e Queda de Z-12

Acabei de passar em frente a uma banca da Cardeal, onde tinha uma revista UFO pendurada. Era impossível não parar parar para ler a chamada da capa, na qual um especialista avisa que o contato com extraterrestres será feito até abril de... 2007.

Abril de 2007? Ano que vem?!

Nem vou entrar no mérito desse cara estar certo ou não. Aliás, fiquei com vontade de comprar a revista para descobrir o porque de abril de 2007. Se fosse 2006, estaria claro que o alien veio assistir a Copa. Mas a única coisa de importante que acontecerá em 2007, que eu me lembro, é a estréia de Homem-Aranha 3, e não creio que isso seja motivo para alguém ir de um planeta para outro.

Claro que não podemos descartar a hipótese de ser alguém vindo reclamar sobre Plutão. Eu queria ver o povo daquela comissão tentando explicar, com gráficos e planilhas que "veja, o planeta é pequeno demais, a gente não sabia que o senhor iria se ofender" para um sujeito azul, de 3 metros de altura, segurando um rifle de plasma e visivelmente emputecido com a desvalorização de quase 70% no valor dos imóveis do ex-planeta, após o rebaixamento.

Enfim, na mesma hora que vi a revista lembrei de uma crônica que eu li anos atrás (Stanislaw Ponte Preta?), onde um alien desce num morro do Rio de Janeiro, pergunta aos moradores se há vida inteligente no planeta e ninguém sabe responder se tem ou não. Comecei a pensar o que aconteceria se um alienígena, chegasse aqui nas próximas semanas ou meses.

Pior ainda, imagina se ele (vamos chamá-lo, como referência de... sei lá... Z-12. Pronto.) resolve pousar no Brasil?

A nave desce, sei lá, no meio do Rio de Janeiro, com direito a sons, luzes e uma multidão que espera ansiosa, sem saber exatamente o que está acontecendo. Ao lado da plataforma de pouso, um palco onde Daniel e Ivete Sangalo se apresentam para dar as boas vindas ao alienígena, que, ao descer a rampa, revela-se um bicho de 1 metro de altura, todo roxo, com a cabeça do tamanho de uma jaca e olhos negros do tamanho de um pires. Em suas primeiras declarações, deixaria claro que veio em paz e que está aqui apenas como um visitante, para tentar entender o costume dos habitantes do planeta azul.

A Globo, com certeza, iria transmitir ao vivo. O Galvão, a cada 3 minutos, ia ressaltar o fato do alien ter decidido pousar aqui por causa da alegria do povo brasileiro e ia alternar a transmissão com flashes do Olodum tocando no Pelourinho ("É o Olodum! É o ritmo do pouso", diria o Galvão, alucinado). Já os pastores da Record falariam que Z-12 é um emissário do Senhor que veio nos punir e o SBT anunciaria que ele já estava confirmado para o Programa do Gugu, onde iria participar da brincadeira da banheira e de pegadinhas exclusivas.

Na semana seguinte, claro, o alien está na capa de todas as revistas. A Caras colocaria ele na capa, na sua foto-default, mostrando Z-12 sem camisa, sentado no cais da Ilha de Caras, com a chamada "Após chegar à Terra, Z-12 comemora na Ilha de Caras sua grande fase profissional". E o coitado do Z-12 ali, segurando um copo com uma rodela de limão e com cara de quem não está entendendo porra nenhuma. Ou seja, a CNN tentando entrevistá-lo para descobrir suas origens e seus objetivos. A Nasa querendo conversar com ele para explorar a tecnologia de seu povo. A ONU exigindo um pronunciamente mundial de Z-12. E ele ali, na Ilha de Caras, descalço e sem camisa, tomando suco de melão com cenoura à beira-mar, ao lado da Tônia Carreiro, do Magal e da Luiza Brunet.

Que vergonha.

Isso sem falar nas manifestações populares. Os fãs de Arquivo X, Star Trek e Star Wars organizariam uma passeata na Paulista, reunindo milhares de pessoas vestindo camisetas com a cara do alienígena ao lado da frase "Eu Sempre Acreditei", e que marchariam pela cidade entoando berros como "Quem é nerd agora?", mesmo visivelmente constrangidos pelas presenças de Tiazinha e da Elba Ramalho. O Lula ia convidar Z-12 (que, à essa altura, já fala português de forma mais fluente que o presidente) para um almoço, onde lhe presentearia com uma camisa do Corinthians. O alien seria chamado para apresentar o Criança Esperança ao lado do Renato Aragão. A MTV iria convidá-lo para uma participação especial na quinta versão do Acústico dos Titãs. Qualquer evento que ele fosse, os malas do Pânico iam estar atrás dele, enchendo o saco do cara para ele calças as sandálias anti-gravitacionais da humildade

Obviamente, o Raul Gil, que não conseguiu acesso nenhum ao extra-terrestre, iria fazer um concurso de calouros para ver qual dos 7 candidatos toscos imita melhor o alienígena, no concurso "Z-12 Brasileiro".

Quem iria ficar feliz da vida com tudo isso é a Cicarelli, porque assim o mundo esqueceria o vídeo que mostra a ex-Senhora Gordo (eufemismo mode: on) em clara tentativa de perpetuar a espécie no litoral espanhol.

Ou seja, a mídia ia simplesmente massacrar o coitado, que graças à super-exposição, iria ficar com a imagem totalmente desgastada. Não iria demorar para surgirem comunidades "Eu Odeio o Z-12" no Orkut, e o auge da decadência seria a cobertura maciça que a imprensa daria quando ele fosse preso, numa madrugada, por brigar numa balada.

Meses depois, a mídia já teria inventado um novo herói e Z-12 estaria totalmente esquecido e seguiria ladeira abaixo: viraria cantor evangélico, fazendo shows pelo interior de São Paulo. Até, claro, receber um convite para estrelar um filme pornô, que seria lançado com o título de Nas Estrelas com Z-12.

Z-12, vai por mim: esquece. Seja qual for o motivo que fará você vir para até abril de 2007, esfria a cabeça e coloca essa idéia de lado. Vai para Júpiter, Marte, Tatooine, Vulcano... Qualquer outro planeta. Menos aqui.

Vai por mim. Você não estará perdendo muita coisa.

E, mesmo sem contar com o carisma do desafortunado Z-12, 5 alienígenas que deveriam visitar nosso país (e o motivo da visita):

1. Spock (para participar de um debate político com o Lula)
2. Predador (quem não gostaria de ver o Predador jogando como zagueiro no seu time?)
3. Darth Vader (para... digamos... "negociar" um acordo com o PCC)
4. Os aliens de Marte Ataca! (para reduzir o número de pombos em São Paulo)
5. Klingons (para patrulhar as ruas de São Paulo, caso o Vader não possa vir)

3 comentários:

Luciana Toledo disse...

Eu adoraria presenciar os marcianos de Marte Ataca!

Don't run! We are your friends!

Mau disse...

AISUDGHOAISDHFOAISDHFOASDFHOASD!
Plutônianos zangados! :D

Pô, o Z-12 só não veio por causa da sua recomendação no fim do post, como ficam os fãs de Arquivo X, Star Trek, Star Wars e ]O Mochileiro das Galáxias (que por sinal você esqueceu de citar)? Como ficam?

Dudu tamborim disse...

Claro que não podemos descartar a hipótese de ser alguém vindo reclamar sobre Plutão. Eu queria ver o povo daquela comissão tentando explicar, com gráficos e planilhas que "veja, o planeta é pequeno demais, a gente não sabia que o senhor iria se ofender" para um sujeito azul, de 3 metros de altura, segurando um rifle de plasma e visivelmente emputecido com a desvalorização de quase 70% no valor dos imóveis do ex-planeta, após o rebaixamento.

FODA! AEHIAUHEIUAHEIUAE

TÔ LENDO TEU BLOG TODO... RS... PRIMEIRO LI SÓ OS COM A TAG "Ô FASE'... E AGORA, TODO. MUITO BOM! RS