7 de fevereiro de 2013

Rob Gordon X Vivo - Rounds 1 & 2


Round 1

- Vivo, Ventiladora, bom dia. Em que posso ajudá-lo?

- Minha internet está fora do ar.

- Qual o código do assinante?

- 123456789.

- A conta está no nome de Ana Claudia?

- Isso.

- Ana Claudia é o senhor?

- Evidente que não! Ana Claudia é minha esposa.

- Certo. Em que posso ajudá-lo?

- Minha internet está fora do ar.

- Estou checando aqui, parece que esta conta tem um débito em aberto.

- Impossível.

- Aqui consta que tem 58 reais em aberto.

- Olhe, eu vou explicar o que aconteceu. Alguns meses atrás, vocês mandaram uma fatura duplicada. Nós reclamamos e vocês acertaram isso. Mas, de lá para cá, todo mês tem erro na fatura.

- Entendo, mas acontece que...

- Não, você não entendeu, porque eu ainda não terminei. Semana passada, minha internet estava fora do ar, eu liguei para vocês e vocês inventaram um débito de 58 reais, que parece que não foi cobrado por causa desse erro da fatura. Vocês pediram que eu fizesse um depósito identificado no banco. Eu fiz o depósito e a internet voltou. Agora você pode dizer que entende.

- Entendo.

- Obrigado. E eu tenho certeza de que estes 58 reais que você está vendo na sua tela são os mesmos 58 reais que eu já depositei no banco, com um depósito identificado, semana passada.

- Meu sistema diz que o valor está em aberto.

- E meu sistema diz que seu sistema está errado. Mesmo porque eu estou com o comprovante do depósito aqui na minha mão. Ah, aproveitando, eu tive a delicadeza de descobrir a conta de vocês na agência bancária, pois o número que vocês tinham passado estava errado. Era a conta de um tal de Rafael. De nada.

- O senhor tem como enviar o comprovante para nós por fax?

- Não. Não tenho. Eu tenho como passar os dados para você.

- Eu preciso do comprovante por fax.

- Ventiladora, quantas pessoas você conhece que possuem fax em casa?

- Bem, algumas lan houses...

- Não foi isso que eu perguntei. Eu não quero saber se algumas lan houses têm aparelhos de fax. É claro que ainda existe meia dúzia de aparelhos de fax no mundo, em lan houses ou em museus. Eu perguntei quantas pessoas você conhece que possuem fax em casa?

- Nenhuma.

- Então, é por isso que eu não vou passar fax nenhum. Mesmo porque é um depósito identificado, você não precisa do comprovante.

- Eu preciso que o senhor envie o comprovante por fax.

- E eu preciso que você escolha outra coisa mais razoável. Eu não vou sair de casa e vagar pela cidade em busca de um aparelho de fax para limpar a cagada que vocês fizeram. Eu posso passar por e-mail. Qual o endereço de e-mail aí?

- Nós não temos e-mail, senhor. Precisa ser por fax.

- Espere, você é uma empresa que trabalha na área de internet, e não possui um e-mail? É isso?

- Sim, senhor.

- Vocês trabalham com telefonia e televisão. Então, posso deduzir que todos os telefones aí são de disco? E a TV do refeitório pega apenas a Gazeta?

- Senhor...

- Vamos voltar ao e-mail. Por que vocês não criam um gmail? É de graça.

- Senhor...

- Eu posso criar para vocês. Basta vocês devolverem minha internet e eu crio em dois minutos, e mando a senha para vocês. Pode ser empresa de merda arroba gmail ponto com?

- Senhor, eu preciso do comprovan...

- Não. Eu vou explicar uma coisa para você. Este débito que vocês inventaram foi quitado. E foi quitado da forma que vocês pediram. E ninguém havia pedido que o comprovante fosse enviado. Você está inventando isso agora. Se você quer que eu passe os dados para você por aqui, eu passo.

- Certo.

- Anote aí. Operação Tal. Data Tal. Conta Tal. Agência Tal. Número de identificação Tal.

- Estou registrando este débito como pago.

- Não foi tão difícil, foi?

- Não, senhor.

- E a minha internet?

- Será ligada entre 15 e 40 minutos.

- Obrigado.

- Posso ajudar em algo mais?

- Não. Mas obrigado por demonstrar interesse.

- A Vivo agradece sua ligação e tenh...

- Não. Eu duvido que a Vivo agradeça minhas ligações. Bom dia.


Round 2

- Vivo, Aquecedora, bom dia. Qual o código do assinante?

- 123456789. E eu não sou a Ana Claudia.

- Em que posso ajudá-lo?

- Minha internet continua desligada.

- Como, senhor?

- Eu liguei para vocês faz uma hora. Expliquei que vocês estão me cobrando algo que já foi pago. A atendente corrigiu o erro e disse que minha internet seria ligada em até 40 minutos. Isso faz uma hora. E eu continuo sem internet.

- O senhor enviou o comprovante por fax?

- Não. E eu não vou enviar. Se eu tiver que colocar um tênis e sair de casa, eu não vou até uma lan house, eu vou até aí. E isso não vai ser bom para ninguém.

- Eu preciso do comprovante.

- Olhe, deixe eu falar uma coisa. Nós tivemos essa conversa uma hora atrás. Eu e a Vivo já passamos por isso. E a atendente entendeu que não é preciso o comprovante. Eu passei os dados, e ela me disse que iria registrar o débito como quitado e minha internet seria religada.

- Bem, o débito continua em aberto aqui. Nós não podemos religar sua internet até que o comprovante seja enviado.

- Espere. Então nós podemos assumir que a Vivo disse que religaria minha internet e mentiu para mim?

- Senhor...

- Senhor, porra nenhuma! Toda vez que eu ligo para vocês, sou obrigado a ouvir uma gravação imbecil informando que a conversa está sendo gravada. Agora é a minha vez de dizer isso. A conversa está sendo gravada, Aquecedora! Eu estou falando que a Vivo disse, uma hora atrás, que iria religar minha internet, e você está dizendo que a empresa mentiu para mim. Confere?

- Não, senhor, eu não acompanhei o outro atendimento.

- Eu acompanhei! Eu! O Cliente! Eu acompanhei! Tenha ao menos a decência de admitir!

- Senhor, a outra atendente...

- Veja bem, você não está entendendo algo. Não existe outra atendente. Toda vez que eu ligo aí, eu estou falando com a Vivo. Você é a Vivo. A outra atendente é a Vivo. Todos os débil-mentais que estão sentados ao seu lado, desligando o telefone na cara de clientes insatisfeitos, ou inventando que o sistema está lento... Estas pessoas são a Vivo!

- O senhor não precisa ficar nervoso.

- Tem razão. Eu não preciso. Basta você ligar minha internet.

- Senhor... Este comprovante que o senhor tem em mãos é um depósito referente a qual mês?

- Vocês disseram que foi um erro na fatura de dezembro.

- Bem, o que consta aqui é que o débito é referente ao mês 12.

- Entendi. Então eu paguei o mês errado?

- Isso mesmo.

- Em algum momento você considerou a hipótese de que o mês 12 tem um apelido carinhoso, que, por coincidência, é dezembro?

- Senhor?

- A porra do mês 12 é dezembro!

- Então eu preciso do comprovante...

- Olhe... Eu vou explicar uma coisa. Você acha que precisa do comprovante, mas, na verdade, o que você precisa fazer é ligar minha internet. Confie em mim. Posso falar uma coisa?

- Sim, senhor.

- O assunto aqui deixou de ser o débito, o comprovante, ou a internet. O assunto aqui agora sou eu. E desse assunto eu entendo mais do que vocês.

- Entendo.

- Eu não preciso mais que você entenda. Eu preciso que você ligue a internet.

- Eu vou ver com o meu supervisor o que pode ser feito. Mas a internet demora de 15 a 40 minutos até ser...

- Você não precisa ir até o supervisor. Eu digo aqui o que pode ser feito. Você pode religar a minha internet e impedir sua empresa de ser processada. Porque eu tenho as gravações de todas as ligações aqui e...


E nada. Porque ela desligou na minha cara. (Ou os telefones da Vivo também não funcionam direito – o que não é difícil, dado que é uma empresa que não possui e-mail)

Fui até o PC e minha internet estava ligada. Ou seja, além de desligar na cara, o pessoal da Vivo também mente quando diz que a internet demora de 15 a 40 minutos para ser ativada – ela pode ser ativada na hora, provavelmente com um botão.

O único problema é que as pessoas encarregadas de apertar este botão mal sabem quais são os meses do ano.

22 comentários:

Hally disse...

Por sorte, na grande maioria das vezes que eu precisei ligar para o atendimento das empresas que me prestam serviço, peguei gente educada, inteligente e que sabe fazer o serviço para o qual foi contratado. Salvo pouquíssimas vezes, não posso reclamar.

Mas tu, hein, ô sorte. Imã de gente incompetente hehehe

Ana Claudia Savini disse...

True story.

Natalia Máximo disse...

Só de pensar que vou ter que lidar com esse atendimento impressionantemente ruim imediatamente, já que minha internet caiu ontem DO NADA e meu telefone não funciona há dias. É tanta alegria que nem sei explicar.

Heloisa disse...

Eu descobri que a melhor forma até agora de conseguir fazer as empresas te responderem é pelo twitter. Mas nunca tive problemas com Vivo, Claro ou Tim, que são as que mais ignoram as reclamações.

HAJA paciência.

Camila disse...

Minha irmã teve problemas parecidos com a Oi há vários meses. Simplesmente cortaram a linha telefônica alegando falta de pagamento, mas tudo estava pago. Liga aqui, liga acolá, desligam na cara e nada da linha telefônica funcionar. Todo mundo perdeu a paciência e minha irmã pediu portabilidade. Mas a história não terminou ali; dois meses depois, a Oi mandou uma fatura de "débitos não quitados" do período em que não éramos mais clientes da empresa.

Na área de telefonia não há uma empresa que se salve, infelizmente.

Ricardo Wagner disse...

Você devia postar um guia de treinamento para atendentes de telemarketing.

"Teleatendimento para treinadores de teleatendentes, como não disseminar a boçalidade e receber visita da justiça. - Por Rob Gordon"

O verdadeiro problema não atende suas ligações, manda atender.

Bia Nascimento disse...

Eu demorei mais de 20 minutos para ler o post inteiro. Motivo: Internet caindo e computador travando junto. Só para constar: aqui tb temos a Vivo maravilhosa.

Fagner Franco disse...

Tomá banho uns negócio desse.
Mas esquecendo que você se fudeu com esse povo no telefone...

"Por que vocês não criam um gmail? É de graça.

"Em algum momento você considerou a hipótese de que o mês 12 tem um apelido carinhoso, que, por coincidência, é dezembro?"
Excelente! Obrigado.

Elise Garcia disse...

Eu já desisti de resolver os perrengues com a Vivo na casa da minha mãe. A internet de lá é uma porcaria, e não adianta ligar pra reclamar, porque é capaz de eles derrubarem o sinal... Já falei pra minha mãe desistir da Vivo e mudar pra GVT, porque eles parecem ser menos incompetentes.

Têjota Menezes disse...

Manolo, parece que tem que partir para a grosseria. Já tive 3G da Oi, que é o pior possível. Já tive Speedy que, por um problema do meu condomínio, caia assim que começava uma chuva forte. Coisa de fiação velha.

Naquela época, eu era totalmente dependente da interné por causa do trabalho.

Agora, tô na Sibéria graças a NET. Tô com problemas na TV, que desde o dia 10 do 01 (a.k.a. Janeiro), quando os pontos foram instalados.

Bom, fiz uma dezena de ligações. E tentei pelo tuínto. Como já havia avisado que faria, recorri à Anatel. E, agora, eles têm menos de cinco dias para resolver.

Além do problema da TV, o meu sinal de Wi-Fi funciona por apenas cerca de sete metros.

Antes de precisar da Anatel, ainda perguntei se iriam me cobrar por todo esse tempo em que não usei os serviços completamente. Então, me disseram que eu teria de abrir um novo protocolo.

Absurdo.

Vivemos num cenário de quase monopólio. São quatro operadoras fortes e, dependendo do estado, este número varia para baixo.

Nem mesmo o tempo de espera é cumprido neste país, por que achar que as empresas vão melhorar [?]

Keep blogging.
Mais sucesso.
Têjota Menezes | @loucos_virtude

Alan (FFC) disse...

Hahhahahahah, leio isso e lembro dos meus tempos de telemarketing. Não sinto saudades...kkkkkkkkk... Esse "entendo" é básico...kkkkkkkkkk

Michele disse...

Eu nem ligo mais na Vivo. Um dos técnicos me deu o telefone dele, e ele faz o serviço por fora para mim. Mas acho q dessa vez terei que ligar. Mais uma vez, o telefone toca, cai a internet. E só volta se reiniciar o modem. (y)

Varotto disse...

Fiquei até nervoso aqui...

Dá próxima vez, vai logo para o "então cancela".

Bel Lucyk disse...

meu ídolo! =)

paulonando disse...

Conheço a Vivo. Ela não é uma empresa séria!

Pri disse...

AHAHHA, pior que é bem assim mesmo, passei por isso esses dias...

Adriano disse...

Pois eu acho que o seu sistema está errado e o senhor é a Ana Cláudia sim! Mentiroso! :P

Anônimo disse...

Pegue leve, cara!

Pedro Lucas Rocha Cabral de Vasconcellos disse...

Toda vez que vejo "Rob vs" no título, eu não sei se choro ou se rio...

O pior é que eu tive conversas muito parecidas por aqui...

Rafiki Papio disse...

Eu sempre fiquei irritado com o fato do barbeiro nunca cortar meu cabelo do jeito que eu pedia, assim passei a cortar eu mesmo, pois se for para ficar do jeito que eu não quero eu mesmo o faço.

Seria bom se todo dissabor pudesse ser resolvido com uma versão de faça você mesmo.

Amanda disse...

CRISES, CRISES, CRISES de riso aqui. Gente, já estive do outro lado da linha e sei que tem muita sacanagem mesmo. Sou do mesmo time que você, sendo que ultimamente ando meio sem paciência de falar com gente burra. Sério, parece que as pessoas NÃO te escutam. Incrível.

Marina disse...

"Ana Claudia é o senhor?" Já comecei a rir daí.