31 de julho de 2012

Six, Six, Six


Eu já contei que tenho um blog?

Ah, já falei sobre ele, sim. Aposto. Afinal, desde o primeiro texto que foi postado ali, em 2006, eu sou apaixonado por ele. Mas, mesmo se eu não falei dele para você, talvez você já tenha ouvido falar do meu blog. Porque nestes anos, aconteceu de um ou outro texto crescer mais que o esperado e ganhar vida própria, rodando a internet.

Agora, caso você nunca tenha nem ouvido falar do meu blog, queria mostrá-lo para você. É o blog do Besta-Fera, dos atendentes de telemarketing, do fantasma Jonas, dos loucos que vêm falar comigo nas ruas, dos demônios que se divertem estragando meu dia, de formas inimagináveis. É o blog onde meu azar é rei.

Mas, sabe... Nem só do meu azar vive o blog. Talvez este seja um dos assuntos dominantes, mas tem muito mais coisa ali. Eu falo de música, falo de cinema, falo de quadrinhos, falo de... Bom, eu falo de tanta coisa que fica até difícil listar todas elas aqui, eu com certeza iria me esquecer de alguma importante.

Não, pensando bem, talvez eu me esquecesse de uma ou outra, mas jamais de alguma importante. Porque, como eu disse lá em cima, sou apaixonado pelo meu blog. É um dos meus lares. Lá eu brinco com as letras, mas faço isso em todos os textos. Ou seja, eu também brinco com as palavras quando falo sério.

Ah, porque eu falo sério, sim. Desde que criei o blog, muita coisa aconteceu comigo. Na vida e nas letras. Sorri e chorei, amei e odiei, perguntei e respondi. Na vida e no blog. Mas respondi bem menos que perguntei. Às vezes, falam que eu exponho algumas coisas minhas de forma até corajosa, mas não vejo desta forma. Eu apenas sou assim.

E talvez seja por eu ser assim que eu ame tanto este blog. Porque eu não sei fazer algo sem me envolver totalmente, e cada vez que eu releio um texto antigo, eu descubro duas coisas: primeiro, eu teria escrito pelo menos um trecho de forma diferente; segundo, cada texto publicado no meu blog é um pedaço meu. Cada texto ali sou eu.

E acho que com isso eu posso ficar orgulhoso. Enquanto eu falo do meu blog para você, eu posso dizer que ele tem 893 textos publicados, e 17.755 comentários. Ah, sim, as pessoas comentam bastante nos textos que publico, e é em nome delas – e também das outras que leem, mas não comentam – que eu me esforço sempre em dar o melhor de mim a cada texto.

Às vezes, eu consigo. Às vezes os leitores parecem gostar bastante. Às vezes, fico na dúvida. Algumas pessoas elogiam, mas eu não me dou por satisfeito, porque sei exatamente qual pedaço do texto é mais fraco, qual das piadas não funcionou, qual trecho não saiu como eu queria. Mas, mesmo quando eu não consigo, quero falar uma coisa: que eu gosto disso, eu gosto. E muito!

E talvez seja por isso que quanto mais eu escrevo, mais quero escrever. O meu blog deu origem a outro blog, que virou dois livros. Um dos livros me abriu caminho para escrever uma história em quadrinhos, que agora ganhou um prêmio. E meu blog me ajudou a encontrar um monte de trabalho, tanto que hoje – olhem só que ironia – eu escrevo tanto que não tenho mais tempo de escrever.

Mas se existe algo que eu sempre faço é arrumar tempo para escrever no blog. Claro que nem sempre as coisas andam como eu planejo. Faz muito tempo que quero mudar a cara do blog, especialmente atualizar o “Ano 4!” que está ali em cima precisando ser trocado há anos –e eu vou fazer isso em breve. E nem sempre consigo responder os comentários dos leitores na hora que os leio. Mas eu prometo que leio todos. Todos, sem exceção alguma.

Porque um blog não é absolutamente nada sem leitores. E um escritor não é ninguém sem leitores. Como eu sempre digo, se você escreveu o melhor texto do mundo e ninguém leu, é porque você escreveu o pior texto do mundo. Agora, se seu texto fez uma pessoa pensar, fez alguém sorrir ou chorar... Você escreveu um texto bom. Porque não há nada melhor que mudar o dia de alguém com um texto.

Acredite em mim: não há nada melhor. Pelo menos, para quem escreve.

Por isso eu queria convidar você a conhecer o meu blog. Porque eu quero ter a chance de mudar um dia que seja da sua vida. Não garanto que vou conseguir, mas pode ter certeza que eu vou tentar. E se você der uma gargalhada alta lendo meu blog ou se você deixar uma lágrima cair... Saiba que você fez com que eu ganhasse meu dia. E eu e meu texto seremos eternamente gratos a você. Como eu disse lá em cima, eu sou assim.

Eu já contei que tenho um blog?

Ah, com certeza já contei.

E eu já contei que meu blog está comemorando seis anos hoje?

Sim, hoje é aniversário do meu blog. Assim, se você não conhece meu blog, saiba que hoje é um dia especial demais para mim. Mas, se você conhece meu blog, se já leu meus textos... Eu gostaria de poder agradecer aqui tudo o que você fez por mim ao longo destes seis anos. Seis anos... Passou rápido, hein?

Se você está sempre por aqui, certamente você tem seus posts favoritos, os personagens que gosta mais, quais assuntos você mais gosta. Se você está sempre por aqui, eu vou agradecer você sempre por isso, da forma que sei fazer melhor: escrevendo. Assim, se seu dia estiver bom, eu fico bastante feliz com isso, tanto como amigo quanto como escritor.

Mas, se seu dia não estiver dos melhores – e fique tranquilo que isso acontece com todo mundo – posso (novamente como amigo e como escritor) dar um conselho?



53 comentários:

Elise Garcia disse...

Nosso blog favorito tá completando mais um ano, uhuuuuuuuu!
Parabéns, Rob! :D

Carolina Lindoso disse...

Meodeos, como passa rápido... Nem preciso dizer, né, Rob? Felicidade imensa por estar aqui e fazer parte disso tudo. ;) Beijos enormes!

Michele disse...

cara, seis anos, já?
passou tão rápido! e pensar que fazem no mínimo uns 3 anos q leio aqui(é, cheguei na metade do caminho, já contei a história antes)...

parabéns pelos 6 anos e que venham outros 6 anos com o besta-fera, o jonas, os loucos da rua, os atendentes de telemarketing/chinês/pizzaria, vizinhos loucos e tudo que faz parte do universo Champ. pq sim, vc construiu um universo.

beijos!

Ricardo Wagner disse...

Com 6 anos já está no jardim de infância. =p

Parabéns ao autor e aos personagens por 6 anos de diversão. =D

E que venham mais 6.

Unknown disse...

Parabéns!!!!!!!!!!!!!! Graças a você não consigo ir ao Dia sem procurar pelo duende do sal... E que venham mais sagas!!!! \o/

Ana Claudia Savini disse...

6 anos de Champ.
5 anos sendo sua fã.
E olha só onde estamos agora... :)
Serei grata eternamente pela existência do Champ já que foi graças a ele que hoje tenho o melhor companheiro/amigo/marido/amante do mundo. <3
Parabéns, Luv!

Chico disse...

Parabéns pro Champ, 6 anos... tá ficando grandão já o moleque.

PS.: Estou espalhando o meme do Keep Calm em todas as minhas redes sociais.

Thiago Daleck disse...

Que vida! 6 anos, idade que minha sobrinha completou há uma semana. Quando conheci o Champ, havia apenas 1 ano de existência e, sabe Rob, esse blog também fez parte da minha vida.

Também aconteceram coisas e coisas comigo nesse tempo todo, afinal eu tinha 16 anos quando comecei a ler o blog e hoje tenho 21, MUITA coisa aconteceu.

Li textos, reli vários, recomendei o blog pra muita gente, dei uma parada de ler, voltei... acabei diminuindo a frequência que eu passo por aqui, por vários motivos, mas a importância que esse Marvin, esses títulos em laranja e o blog como todo têm pra mim é enorme.

Depois vieram os livros do Chronicles. Comprei os dois, lembro de terem virado até destaque do site de publicação sob demanda. Fiquei com "orgulho alheio", como também senti com a premiação do quadrinho, a sua mudança (emocional) de apartamento, as superações com os remédios e todas as emoções em jogos de futebol e shows de rock.

E sei que não sou só eu que te conheço sem te conhecer. Tem tanta gente que lê cada linha que você escreve e fica brava quando tem que esperar por continuação em outro post, rs.

"Agora, se seu texto fez uma pessoa pensar, fez alguém sorrir ou chorar... Você escreveu um texto bom. Porque não há nada melhor que mudar o dia de alguém com um texto."

É justamente isso: o Champ já me fez ficar arrepiado, gargalhar, refletir... e o principal: foi uma das principais coisas que me fizeram e me fazem ter vontade de escrever sempre mais e melhor!

Todos querem ter um pouco de Rob Gordon em si, nem que seja só pra ter um pouco da criatividade que você tem com o jeito que brinca com as situações e as palavras.

Parabéns por esse espaço atemporal na internet que você construiu em 6 anos!

Hydrachan disse...

Parabéns!!! \0/

Eu gosto de todos os posts do Champ, sem exceção!
E é exatamente isso aí...
Quando estou aqui, enrolada com meus próprios problemas, o feed do Champ pula ali no meu Google Reader e pronto. Alguns minutos de excelente leitura à vista, e com certeza, um dia muito melhor depois disso. =)

Também leio quase todos os posts. Às vezes leio tudo de uma vez só, às vezes leio pedacinhos ao longo do dia, às vezes comento, às vezes não...

Ao longo dos anos, o Champ foi se tornando cada vez mais querido para mim, e fico muito agradecida por você também gostar dele tanto assim, pois dessa forma sei que ainda "terei" ele por muito, muito tempo! =D

Bjs!

Nathalia disse...

Parece que foi ontem que eu conheci seu blog. O pior (ou não) é que não me lembro nem como cheguei aqui. Talvez tenha sido pelo Acepipes Escritos, do Bruno. Mas isso faz, no mínimo, uns 4 anos.

Mesmo que eu seja uma leitora quieta, e quase nunca comente, saiba que assim como você, já chorei, sorri, fiquei com raiva, com os seus textos.

Parabéns pelo espaço e pelo conteúdo!!

Vida longa ao Champ!!

Varotto disse...

O tempo voa quando a gente está se divertindo. É clichê? É, mas é verdade, como a maioria deles. E eu posso dizer que ando me divertindo bastante por aqui nos últimos anos. Às vezes de uma forma meio sádica, é verdade, mas, como diria o profeta, antes você do que eu.

Ao contrário de vários que tem esse marco bem definido, não faço ideia de quanto tempo há que estou rondando por aqui. Só me lembro que ando por aí durante a maior parte desses 2191 dias - não, eu não errei, 2008 foi bissexto (detalhista mode: ON). Só posso dizer que valeu a pena ganhar (não perdi nada aqui) meu precioso tempo por estas paragens.

Então encerro não parabenizando você porque quero ser diferente, mas também porque quero acumular meus cumprimentos para a festa de 50 anos: Não parabéns!

Nelson disse...

Parabéns pelo aniversário, Rob. Manter qualquer coisa por 6 anos é difícil pra caramba.

Me sinto honrado por conhecer o Champ a tanto tempo e ter contribuído um pouquinho com a história dele. De brinde, ainda ganhei aquele seu texto quando eu casei - que foi um dos melhores presentes que eu ganhei.

Parabéns, e sinta-se abraçado.

Anônimo disse...

Oi Rob, eu nunca comentei aqui, mas já li todos os textos, alguns eu reli e outros eu indiquei pra amigos. Eu já gargalhei muito com os textos de telemarketing e já chorei com o seu texto de casamento. É por isso que hoje resolvi comentar, pra te parabenizar e desejar que vc NUNCA deixe de amar o blog. PARABÉNS!

Andreza

Leonardo Moreno disse...

Vale comentar só pela data comemorativa apesar de não ter esse costume, parabéns pelo excelente trabalho!

Claudia Iarossi disse...

Caraca 6 anos? Eu já estou rodeando por aqui pelos menos há quatro.
Não sentimos o tempo passar quando estamos fazendo algo com prazer e um dos meus prazeres é passear por aqui.

Parabéns!!!!

Natalia Máximo disse...

Gente, já são seis anos? Faz, então, uns 4 que eu conheço o Champ. Aí, eu comecei o meu blog (que está meio abandonado, não dá pra negar), conheci muitas pessoas, ri e me emocionei com muitos textos, conheci muitas outras pessoas que escrevem muito bem. Acho que você foi um dos primeiros blogueiros que me fez, realmente, acompanhar um blog por tanto tempo.

Muita coisa mudou e está mudando na minha vida - e na sua também - mas é muito bom saber que, a qualquer momento, temos quase 900 textos pra ler quando precisar ficar calma!

Parabéns pro Champ, parabéns pros seus personagens, parabéns pra você e que venham muitos e muitos anos de sucesso!

Brunín Assis disse...

Eu já devo ter falado algumas vezes, mas eu já acompanho o Champ desde o longínquo 2008. O problema é que eu não cheguei ao blog, foi você que comentou no finado Memórias de um Frango e propôs uma parceria. Começava ali a minha relação mais longa e constante com um blog alheio.

Já são quatro anos acompanhando esse pedaço aqui. E se é possível se emocionar, rir e se preocupar com pessoas que a gente nem conhece pessoalmente, o Champ possibilitou isso. Parabéns pela data, Rob!

Anônimo disse...

Caramba, 6 anos.
Eu acompanho o blog a 2 anos, mas com certeza eu li quase todos os posts.
E como leitor te acompanhei nas suas presepadas como adolescente, Caramba, 6 anos.
Eu acompanho o blog a 2 anos, mas com certeza eu li quase todos os posts.
E como leitor te acompanhei nas suas presepadas como adolescente, como se fosse eu ali do seu lado te colocando pilha para fazer ou não. Acompanhei suas sagas ao pão de açúcar e diversos lugares como se fosse um filme e eu estivesse ali na platéia assistindo. Conheci seu apartamento e o besta fera como se você fosse meu vizinho. Acompanhei sua fase de depressão como se fosse seu melhor amigo, te desejando melhoras.
Em verdade eu que tenho que te agradecer, pois sou leitor, mas quando leio aqui eu não me sinto apenas como um leitor, me sinto como um integrante da historia, por isso Rob, obrigado por esses 6 anos de blog, e que venham mais 60 e 600 e 6000 anos.
Ass. Um leitor

Hally disse...

Caramba... 6 anos muito bem vividos, diga-se.

E faz uns 5 que eu leio, hein? Parece que foi ontem, de tão bom que é.

E que sejam mais 6, e mais 6, e mais 6... =)

Parabéns Rob e Championship Vinyl por mudarem o dia das pessoas!

Juliana Canoura disse...

Você é sensacional,Rob! Simples assim! Até um texto 'comemorativo' você nos faz ler até o final com um sorriso no rosto!

Parabéns pelos seis anos,você merece todo sucesso que tem e que vai ter!


Somos todos seus fãs,de carteirinha!
;]

Anônimo disse...

6 anos... 2 meses mais jovem que o meu (mas foi mais longe, rs)... pensar que eu estive aqui no nascimento... até ajudei a trocar algumas fraldas... mas como eu não era muito bom nisso, sempre tinha alguma cocozinho pro Rob terminar de limpar... lembro-me de uma comunidade do Orkut, na qual nos conhecemos... eram blogs muito bons, mas como sempre o Rob se destacava... era o aluno bagunceiro que tirava as notas altas, era o cara que se escondia e quase todo mundo sabia quem era, era o blog que tinha um humano de estimação... parabéns, Champ, e parabéns Rob!!!

gilgomex x disse...

não era pra ser anônimo, rs... postei errado... tinha que ser o Chav... er, Gilgomex mesmo!!!

Camila disse...

Parabéns pelo blog, Rob! Sou fã e sempre serei. ;)

Vitor Nucci disse...

Feliz Aniversário Champ!!!
Concordo plenamente com isso: não há nada melhor que mudar o dia de alguém com um texto.

Giovana disse...

Bem, sou uma leitora de + - um ano e meio, mas sempre dou uma olhadinha nos textos antigos, e com isso creio que já li mais de 50% dos seu textos. Também qdo começo não consigo mais parar! Parabéns e que venham muitos e muitos anos inspirados!

Silvia disse...

Meu personagem favorito é o Rob Gordon.

:-D

Parabéns pelo sexto aniversário, e vida longa ao Champ!

Renata Magalhães disse...

Parabéns! Você é sensacional!

Rob Gordon disse...

Elise:

Mais um ano! Obrigado!

Beijos

Rob

Rob Gordon disse...

Carolina:

Nisso eu concordo com você: passou rápido demais, né?

Beijos

Rob

Rob Gordon disse...

Michele:

Passou rápido, sim. Mas, dependendo do besta-fera, dos atendentes de telemarketing, dos vizinhos loucos... Os próximos seis anos passarão mais rápido ainda! Obrigado!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Ricardo Wagner:

E que venham mais seis!

Valeu, cara!

Abraços

Rob

Rob Gordon disse...

Unknown:

Pode deixar que as sagas estão a caminho!

Valeu!

Rob

Rob Gordon disse...

Ana:

E a fase nova que o blog entrou, e as histórias de hoje que entram aqui.... Nenhuma delas teria mesma graça sem você.

Te amo.

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Chico:

Valeu! Valeu pelos parabéns e por espalhar o Keep Calm!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Thiago Daleck:

"a importância que esse Marvin, esses títulos em laranja e o blog como todo têm pra mim é enorme"

Cara, muito obrigado. Pelo comentário como um todo, e especialmente por esta frase. Como eu sempre digo, o Champ é um blog que tem amigos, e não somente leitores. Isso é o grande ponto forte dele. E isso, quem consegue, são vocês aí, do outro lado da tela. Muito mais que eu.

Muito obrigado por tudo, cara!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Hydrachan:

Eu que agradeço por tudo isso: pela sua assiduidade, por acompanhar os posts. Esse carinho é muito importante - e eu sei que isso parece clichê, mas é verdade.

Muito obrigado, mesmo!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Nathaçia:

Muito obrigado pelas palavras e pelos elogios. Mas, acho que mais importante em saber como você chegou aqui, é torcer para você gostar (sempre) do próximo post!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Varotto:

Eu já imaginava que se algum leitor fosse somar os dias - contando o ano bissexto - seria você.

Cara, talvez você não tenha ganhado tempo aqui. E eu agradeço. Mas agradeço ainda mais pois, graças ao blog, ganhei um baita amigo carioca.

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Nelson:

Eu que agradeço, cara. Pela amizade, pela leitura e comentários, e pela honra de escrever aquele texto para o seu casamento.

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Andreza:

Muito obrigado! Continue sempre visitando aqui, comente sempre que tiver vontade e indique o blog sempre que achar que vale a pena. E eu prometo continuar dando o meu melhor aqui!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Leonardo Moreno:

Valeu, cara!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Claudia Iarossi:

Antes de agradecer você, vou confessar que um dos meus prazeres também é passar por aqui. Com isso, vocês podem ter certeza de que eu vou estar aqui por bastante tempo! :)

Muito obrigado por tudo!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Natalia:

Você já é daquele grupo que ficou "amigo-para-sempre". Pois você fez algo muito difícil, que foi acompanhar as risadas pelo blog e dividir algumas das lágrimas pessoalmente. Como você mesma disse, muita coisa aconteceu e está acontecendo... Mas vai ser para melhor sim! E que venham mais 900 posts!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Brunín Assim:

Muito obrigado, cara. Pelas palavras, pelo apoio e por ter acompanhado - e se importado, como você disse - em todos estes anos!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Anônimo:

Você ter afirmado que quando lê os posts se sente parte da história foi um dos maiores presentes de aniversário que este blog poderia ter recebido.

Muito obrigado!

Rob

Rob Gordon disse...

Hally:

Eu que agradeço, por vocês estarem aí, há tanto tempo, acompanhando tudo o que aparece por aqui!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Juliana Canoura:

Muito obrigado! Muito obrigado de coração!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Gomex:

Você tem razão, você viu este blog nascer, mesmo que de longe. E, ainda de longe, você viu o tempo passar, viu os anos se passarem... E hoje estamos aqui, com seis anos de blog, e recebendo os seus parabéns! Você não faz ideia da honra que sinto com isso!

Muito obrigado, cara!

abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

camila:

Muito obrigado! De verdade!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Vitor Nucci:

Muito obrigado, cara!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Giovana:

E eu prometo que, quando você acabar de ler todos os que publiquei, vai ter um texto novo no dia seguinte.

Obrigado!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Silvia:

Muito obrigado!

Beijos

Rob

Rob Gordon disse...

Renata Magalhães:

Muito obrigado pelo elogio!

Beijos!

Rob