18 de junho de 2012

HQMix!


Aconteceu meses atrás.

Era quarta-feira e uma página nova de Terapia havia entrado no ar. À tarde, peguei um comentário no Twitter de um leitor afirmando que se identificava muito com as dúvidas do personagem central. Minutos depois, outro leitor respondeu esta mensagem, dizendo que não apenas sentia o mesmo, como este sentimento aumentava a cada página.

Eu respondi aos dois que ficava muito feliz em ler aquilo. E fui sincero, da mesma forma que sou sincero agora, ao dizer que adoraria lembrar quem eram os leitores e qual era a página em questão, mas não consigo me recordar.

Mas me lembro de que, neste dia em especial, eu senti muito orgulho.

Não é segredo para ninguém que, desde que a primeira página entrou no ar, eu sou totalmente apaixonado por este trabalho. Como leitor de quadrinhos desde a infância, roteirizar uma HQ é quase um sonho; e, como escritor, é quase mágico ver algo que crio ganhar formas e cores a cada página nova.

Até este dia, creio que eu estava mais concentrado em aprender a escrever uma história em quadrinhos que na história em si. Estava aprendendo a costurar todos aqueles diálogos com a arte, descobrindo o que funcionava e o que não funcionava na narrativa (eu falei sobre isso nesta entrevista em áudio).

Mas foram estes dois comentários que me mostraram: a coisa estava funcionando. Eu podia estar apenas “aprendendo” a escrever uma HQ, mas as pessoas estavam lendo de verdade! E melhor ainda, elas estavam gostando do que liam – porque, sejamos sinceros, ninguém fala (ainda mais em público) que se identificou com o personagem de uma história ruim.

Já havíamos visto diversas pessoas elogiando as páginas novas quando elas entravam no ar, ou outras tanto nos cobrando por páginas novas nas primeiras horas da quarta-feira. E isso sempre já nos enchia de orgulho. Mas, no momento que alguém se identifica com o personagem que você ajudou a criar, bem... Aí é um caminho sem volta. Aí que você percebe que talvez as coisas estejam no caminho certo.

E aparentemente, estavam.

Continuamos a receber elogios – não apenas de leitores, mas desta vez em sites especializados, blogs e podcasts – e a ganhar cada vez mais fãs. A HQ começou a bombar de uma forma mais intensa que havíamos imaginado.

Mas as coisas decolaram de vez quando semanas atrás, fomos indicados ao HQMix, na categoria Melhor WebComic.

E aí eu senti mais orgulho ainda.

Afinal, trata-se do maior prêmio brasileiro de quadrinhos. Entre tantas HQs ótimas que circulam pela internet, a nossa acabou sendo escolhida como uma das finalistas. E isso no nosso "primeiro ano".

E, agora, é com mais orgulho ainda, que faço este anúncio:

Terapia ganhou o troféu HQMix!

É nosso!
  
A lista dos vencedores foi divulgada hoje e Terapia está lá, ao lado de obras do quilate de Macanudo e Um Sábado Qualquer. E nossos nomes estão lá, junto de gente do calibre de Angeli, Fábio Moon, Gabriel Bá e André Diniz.

Sim, eu quase decorei a lista, porque já olhei a relação dos premiados oito vezes desde que ela foi publicada, para ter certeza do que vi e de que não estou sonhando.

Enfim, passaram-se meses até eu cair na real que estava escrevendo uma história em quadrinhos de verdade, e perceber que as pessoas estavam gostando de Terapia mais do que poderíamos imaginar – ou, ao menos, do que eu poderia imaginar. Agora, eu preciso de mais alguns meses eu entender que Terapia tem, agora, um HQMix na prateleira.

Mas, mesmo antes da ficha cair, quero agradecer algumas pessoas.

Em primeiro lugar, meus parceiros.

Marina Kurcis, minha companheira de roteiro é a “verdadeira psicóloga” do personagem central. É ela que faz a parte mais difícil do roteiro: torna as conversas entre o Garoto e o Terapeuta em algo real.

Mario Cau, que consegue dar vida, de forma genial, a tudo o que eu e a Marina colocamos no papel, criando um universo que – seguindo nossas instruções ou mudando tudo para melhor – ilustra exatamente o que queríamos com o roteiro.

A grande honra não é receber o prêmio, mas sim dividi-lo com vocês dois.

Não posso deixar de falar também da minha esposa. Sem ela, nada disso seria possível. Afinal, mais que uma inspiração, ela é meu alicerce.

Porque, vamos ser sinceros, não deve ser fácil ser casada com alguém que escreve. Hoje ela é casada com o cara que escreve uma HQ premiada, na maior parte do tempo ela é casada com o sujeito que se irrita quando não consegue terminar um texto, e que procura ideias para crônicas o tempo todo. E em qualquer uma destas situações, ela mostra um amor do tamanho do mundo, sendo leitora na hora certa, sendo esposa na hora certa. Não sei como ela faz isso, mas ela faz. E faz como ninguém.

E, claro, à equipe do Petisco, que sempre forneceu todo o suporte para que Terapia fosse o sucesso que é hoje, ajudando com a divulgação e dando todo o apoio que precisamos.

Por fim, gostaria de mais que agradecer, dedicar este prêmio aos leitores de Terapia. São todos vocês (especialmente aqueles que acompanham a história desde suas primeiras páginas) que nos ajudam, a cada semana, a construir uma HQ cada vez melhor, elogiando, palpitando, criticando – e, principalmente, divulgando para os amigos.

Esse prêmio é de vocês também.

Muito obrigado!

Aliás, acabei de ler a lista dos premiados pela nona vez. Não é que nosso nome continua lá?

32 comentários:

Brunín Assis disse...

Toda vez que eu tenho oportunidade (e quando eu não tenho também, porque sou intrometido), falo que o Terapia tá muito foda. As artes do Mario Cau surpreendem a cada quarta e isso só é possível porque junto delas tem um roteiro muito bom. Pra quem acompanha desde o início (presente, professor), dá pra ver o desenvolvimento da história sendo cada vez mais bem feito. Vocês foram aprendendo juntos e hoje dá pra ver uma qualidade gigantesca no trabalho.

Parabéns de novo pros três, porque vocês merecem.

Bia Nascimento disse...

Aplausos mais do que merecidos para vcs!

IsabelVeronica disse...

Rob, estava aqui na minha cama lendo, quando resolvi dar uma olhada no facebook e dei de cara com esta notícia maravilhosa. Estou muito feliz, pois sou super fã do Terapia e admiro muito vocês por este trabalho fantástico.

PARABÉNS para vocês três!

Beijos!

Claudia Iarossi disse...

Sensacional!
Prêmio mais que merecido.

Parabéns!!!

Natalia Máximo disse...

Já falei e falo de novo: parabééééns! E vou aproveitar pra colocar em dia minha leitura do Terapia!

Michele disse...

aeaeaeaeaeeee

parabéns, Rob!!! você merece MUITO!

Nelson disse...

Parabéns Rob!!! Do caralho!

Eu não tenho saco de ler só uma página por vez, então acabo indo lá no Petisco uma vez por mês, mais ou menos.

Adoro a série, e tudo nela é fantástico. Aliás, não tem como não ser: você escrevendo com o apoio de uma psicóloga e o Mario Cau desenhando (e pqp, como ele desenha!). Não tinha como não ser foda :-)

Parabéns a vocês três pelo trabalho, e parabéns pra "Ana-esposa" pelo suporte roteirístico.

E Rob, a pergunta que não quer calar: vai sair Terapia em papel? Pq senão eu imprimo e mando encadernar, haha.

Grande abraço.

Elise disse...

Parabéns mais uma vez, Rob, porque vocês merecem demais esse reconhecimento. Eu fiquei eufórica quando o Mario tuitou a página com o nome dos vencedores e o nome de vocês estava lá. Senti um orgulho enorme! :D

cmmarcondes disse...

Grande Rob,

Já comentei no twitter, mas vale falar aqui de novo: vc é um puta autor, e eu gosto muito de valorizar quem é bom.
Pelo visto, não apenas eu tenho essa visão, logo.. Admita: vc é o cara ;)

Quando veremos outro livro seu publicado?

Ah, mais uma coisa: sempre que quiser idéias pra crônicas, só me mandar um tweet! Meus amigos me chamam de nascedouro de idéias ;)

Grande abraço e sucesso,
@cmmarcondes - ou Cesar, se vc assim preferir ^^

Tukow disse...

Você duvidava da capacidade de vocês para ganhar esse prêmio?

Mineus mais sincero e humilde Parabéns para vocês três e os demais concorrentes!!

Abraços!!!

Varotto disse...

Maravilha! Agora, quando é que ela vai deixar de ser só web?

Quero meu exemplar na estante.

R. disse...

não poderia ser diferente, pois o Terapia é uma obra de arte. o único defeito, como já disse, é ser 1 página por semana só :) parabéns. muito orgulho.

Kel Sodré disse...

Quando eu falo que Rob Gordon é um dos meus autores preferidos, é à toa? Não é, gente! Não é à toa! =D

Parabéns pra vocês três! São esses os frutos de um ótimo trabalho!

Ana Claudia Savini disse...

Estava sem nada pra fazer e vim aqui pra dizer de novo o quanto me sinto orgulhosa de você.
Esse é o primeiro de muitos outros que virão com certeza.
Te amo.

Karina disse...

Eu lei desde a primeiríssima página, desde o primeiro dia e já reli tudo que foi publicado umas quatro vezes. E toda quarta-feira vou direto pra lá. Acho muito, muito bom! e isso que o mais recente que sou de leitora de quadrinhos se refere a alguns gibis do tio Patinhas há uns 20 anos.
Parabéns!!!

Camila disse...

Como já disse pelo Twitter, parabéns, Rob e equipe! Vocês fazem um trabalho excelente e merecem esse e outros prêmios!

Rob Gordon disse...

Brunín:

Cara, valeu pelos elogios! Aliás, mais importante ainda: obrigado por acompanhar a HQ por tempo suficiente para sentir a evolução dela, algo que a gente sente aqui também, sempre que pensa nas páginas passadas.

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Bia:

Obrigado!!! :)

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Isabel:

Muito obrigado!!! :)

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Claudia:

Valeu!!!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Natália:

Obrigado! E coloque a leitura em dia porque vem mais por aí!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Michele:

Obrigado! :)

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Nelson:

Valeu, cara!

Olha: Terapia em papel? Vamos lá: esse é um sonho antigo nosso. E não, não temos nada em negociação, nada concreto - sabemos do interesse de algumas editoras, e só. Mas nada concreto ainda. Mas a gente quer isso tanto quanto vocês, pode ter certeza!

Abraços!

Rob

Rob Gordon disse...

Elise:

Obrigado! A gente quase morreu de orgulho aqui também!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

César:

Valeu, cara. Valeu pelos elogios, são especiais demais, especialmente vindo de alguém que também escreve!

Quanto ao próximo livro: não tem data. Mas que ele vem, ele vem. Pode ficar tranquilo!

Abraços, irmão!

Rob

Rob Gordon disse...

Tukow:

Não era questão de duvidar da capacidade de Terapia. Eu, o Mario e a Marina ficamos surpresos de verdade pois a HQ ainda é recente, e os outros concorrentes eram todos muito bons!

E muito obrigado, em nome de nós três, pelos parabéns!

Rob

Rob Gordon disse...

Varotto:

Calma que sai. Calma.

Abraços

Rob

Rob Gordon disse...

R.:

Obrigado, de coração!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Kel:

Não me mata de vergonha assim. :) (mas, muito, muito obrigado!)

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Ana:

Não é "obrigado pelo parabéns". É "obrigado por me apoiar sempre", é "obrigado por incentivar nas horas difíceis", é "obrigado por saber o quanto tudo isso é importante pra mim."

É "obrigado por tudo".

Amo você.

Beijos.

Rob

Rob Gordon disse...

Karina:

Muito obrigado por isso. Essa assiduidade dos leitores de Terapia é mais importante pra nós do que vocês imaginam!

Obrigado!

Beijos!

Rob

Rob Gordon disse...

Camila:

Muito, muito obrigado!

Beijos!

Rob