5 de janeiro de 2011

Top 5 2010 - Livros & Quadrinhos


5 – Escaping the Delta
Escrito por Elijah Wald, este livro narra os primórdios do blues nos Estados Unidos, quando o gênero vivia somente nos campos e estradas lamacentas do sul dos Estados Unidos. Assim, o autor explora os principais artistas do blues e o início da indústria de “discos raciais”. Além disso, como o nome indica, ele destrincha o mito de Robert Johnson, cuja vida e morte sempre foram cercadas de mistério (possui nada menos que três sepulturas diferentes e teria vendido a alma ao diabo) e que se tornou um dos guitarristas mais influente de todos os tempos com somente 29 músicas gravadas.




4 – Nevasca
Após os livros de William Gibson definirem a ficção científica cyberpunk, este romance leva o gênero adiante, transportando o leitor para dentro de um universo que se divide em dois mundos, o real e o virtual (que se assemelha a um 2nd Life de forma quase predecessora – o livro foi escrito em 1992 e deu origem ao termo “metaverso”). A trama, que mostra o hacker Hiro Protagonist (ou “Protagonista Herói”, como queiram) ao lado da jovem punk T. A. lidando com um vírus novo potente faz alusões à mitologia, religião, internet com cenas de ação que certamente serviram de manual para os irmãos Wachowski criarem Matrix.




3 - Y: The Last Man
Em 17 de julho de 2002, todos os homens e animais machos do planeta morreram misteriosamente ao mesmo momento. A única e misteriosa exceção é o jovem Yorick Brown, que sobreviveu ao lado de seu macaquinho Ampersand. Assim, esta série de quadrinhos com 60 edições narra as desventuras do rapaz (ao lado de uma agente secreta incumbido de protegê-lo) perseguido e caçado num mundo apocalíptico, com governo e economia esfacelados e habitado por amazonas que encaram a morte dos homens como uma dádiva entre outros tipos estranhos e perigosos.






2 – Duna
Em termos de grandiosidade, a saga criada por Frank Herbert equipara-se, na literatura fantástica, somente a O Senhor dos Anéis. Com quase vinte livros publicados (sendo que somente seis foram escritos por ele), o universo de Duna é riquíssimo, mesclando religião e política (leia-se guerras, traições e intrigas palacianas). O livro que dá origem a tudo narra como os membros da família Atreides (em especial o jovem Paul Atreides) recebem o direito de explorar o planeta Arrakis, fonte de uma especiaria importantíssima para o comércio na galáxia. Uma obra-prima.





1 - Apocalipse Z
Enquanto livros sobre vampiros – independente da qualidade – pipocam nas livrarias a cada dia, obras sobre mortos vivos parecem relegadas a segundo plano. Ao lado de Guerra Mundial Z, este Apocalipse Z (que nasceu como blog) faz a alegria dos fãs do gênero ao narrar o cotidiano de um jovem advogado espanhol que tenta sobreviver em meio a uma infestação de mortos vivos ao lado de seu gato. Mesclando o clima dos filmes de George Romero com pitadas de Eu Sou a Lenda (o livro, não o filme), é leitura obrigatória para quem gosta do tema.

3 comentários:

Dragus disse...

Desses só li Y.

Foda. Recomendo demais.

Pedro Lucas Rocha Cabral de Vasconcellos disse...

Lerei Apocapipse Z pra ONTEM

Jacques disse...

Destas hqs citadas, só li Y (uma ótima hq e um final mais decepcionante que o de Lost, que eu não assisti, óbvio).
Li Guerra Mundial Z e achei bem divertido, espero que o filme saia decente.
Vou ver se encontro estas outra hqs.
Valeu.