17 de fevereiro de 2010

Uma Luz na Escuridão

Então, é isso. Andando da redação para casa, hoje, vi que o bairro inteiro está sem luz. Os botecos estão iluminados por velas, os semáforos estão apagados. Assim, o caos se instalou nas ruas ao redor do meu prédio.

A Cardeal Arcoverde, por exemplo, esta totalmente parada – cheguei a andar duas quadras dela sem ver os carros se moverem. Evidentemente, nem coloquei os pés na Teodoro. Como ela leva esse negócio de ser a pior rua do bairro para o lado pessoal, ao descobrir que a Cardeal estava congestionada, deve ter dado um jeito de capotar todos os veículos que conseguiu.

Mas o ponto não é esse. O ponto é que o bairro inteiro – ou, ao menos, boa parte dele – está sem luz, com exceção do meu prédio.

Sorte? Bem, se você está pensando isso, melhor eu dar as boas vindas aqui, porque você definitivamente é um leitor novo, e ainda não sabe que a única sorte que eu tenho é a má sorte.

Posto isto, estou com certo receio. Apenas o meu prédio com luz? Não, não é bom sinal. Algo de muito ruim vai acontecer.

Assim, elaborei um Top 5 Explicações para Apenas o Meu Prédio Estar Aceso e Suas Consequências:

1. Trata-se de uma invasão de mortos-vivos. Enquanto digito isso, zumbis estão devorando as pessoas nas ruas, e o número de mortos-vivos cresce em progressão geométrica. Por isso não há mais luz. Logo, a internet vai cair também. E chegará um momento em que o mundo será habitado somente por zumbis, que se arrastarão pelas ruas em busca de alimento, inutilmente. Inutilmente, claro, até eles perceberem que “olhe só, tem um prédio todo aceso em Pinheiros. Vamos até lá? Deve ter comida.” (isso, claro, já traduzido do “grrrauuurrrr” que eles costumam falar, para o seu maior conforto). Logo, a notícia vai se espalhar e todos os mortos vivos do planeta cercarão meu prédio, que se tornará uma espécie de Fogo de Chão dos zumbis.

2. Alienígenas estão em órbita da Terra, há séculos, monitorando a vida humana e acompanhando a evolução da nossa espécie. Agora, eles finalmente decidiram que é o momento de iniciar a invasão (provavelmente, captaram as transmissões do Zorra Total num sábado à noite e decidiram que nossa espécie é perigosa demais). Assim, eles desligaram todas as formas de energia do planeta. O único prédio que permanece aceso é o meu, que, na verdade, não é um prédio, mas sim uma sonda dos aliens. Logo, o pessoal da NASA vai vir aqui investigar e descobrir que toda a tecnologia deles está centrada no meu quarto, e vão lacrar aquilo para estudos. Eu? Como não posso sair do prédio, sob suspeita de ser um agente duplo alienígena, vou dormir na escada do prédio.

3. Foi um atentado terrorista que deu errado. Bombardearam as usinas do Brasil, mas, por acaso, a tomada que deixa meu prédio ligado permaneceu inteira. Assim, em minutos a CIA vai entrar no meu apartamento, e aos berros de “Move! Move! Move!” e “Room, clear! Kitchen, clear!” vão prender todo mundo. Logo, vai ficar claro que meu cachorro é um perigoso terrorista conhecido como Bestan Al-Feran Assad, e será confinado em Guantánamo. E, na primeira sessão de interrogatório, ele vai revelar que apenas cumpria ordens, e eu sou o cérebro por trás de tudo.

4. Trata-se de golpe de estado arquitetado pela minha Síndica, que, visando expandir seus domínios, apagou a luz do bairro todo e iniciou um plano de invasão, ampliando as fronteiras para o que será conhecido como Primeiro Império Síndico-Mafioso do Ocidente. Como ela nunca foi muito com a minha cara, dificilmente eu conseguirei algum ministério. É mais provável que eu seja obrigado a lutar no front de alguma das fronteiras (Pinheiros - Itaim, quem sabe?), ou, mais provável, que eu seja jogado e esquecido numa mina de sal. E, pior, mesmo acorrentado ali, terei que continuar a pagar o condomínio de alguma forma.

5. Cansado de ver a enorme quantidade de erros em Sua criação, Deus resolveu formatar tudo. Apagou o planeta inteiro e voltou para a estaca zero. Assim, no final da tarde, soltou um “faça-se a luz”, mas, como andou lendo livros de micro-gerenciamento, resolveu fazer desta vez tudo em menor escala; assim, acendeu apenas o meu prédio, que vai ser o pequeno universo particular Dele. Ou seja, a humanidade, agora, tem um novo começo. E eu sou o Adão da coisa toda. O problema não é andar para cima e para baixo vestindo apenas uma folhinha de parreira – cá entre nós, é vergonhoso, mas eu vou estar sozinho mesmo. O meu medo é que tenho certeza que vão trocar as fichas lá em cima e acabarão escolhendo a Elza Soares como Eva. Aí, vou ter que chamar o Criador e tentar negociar algo como “eu troco ela, três costelas e um braço inteiro por um PlayStation 3, que tal?”. E se Ele não aceitar, sinto muito, mas que encontre outra raça dominante. Eu estou fora.

20 comentários:

Natalia Máximo disse...

Vou na 4.

Tyler Bazz disse...

AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHU

Perdeu a graça eu comentar nesse post. Vou colar o msn aqui:

Rob diz (23:34):
estou fazendo no pau aqui um daqueles posts que o tyler comenta "sério, vc TEM problemas"


Done.

Isabella disse...

Sério: vc tem problema mesmo!

Mas eu gostcho muitcho!!!

Marina disse...

Pense nisso: você tem má sorte, mas a Besta-Fera não. O apartamento é dele, você é só um inquilino.

claudiaiarossi disse...

Bestan Al-Feran Assad...foi demais!!!!!rs

Daniela disse...

Kkkk...
Rob Gordon e Elza Soares, para garantir a proliferação da espécie... Nem consigo imaginar o que isso daria!

Vc não é normal Rob.

Pedro disse...

Rob Gordon e Elza Soares

Com certeza a humanidade não dar+a certo!!!

Huahuahuahua...

Varotto disse...

Rob, meu amigo, sinto muito ter de dar notícia tão avassaladora, mas você morreu e ainda não quer aceitar (I see dead people mode: ON).

Esse prédio iluminado em meio a todo o caos e escuridão, nada mais é do que uma metáfora para a travessia para o outro lado (da vida, não da Teodoro).

E nós, seus chegados leitores, devido ao vínculo estabelecido ao longo de toda essa relação, ainda conseguimos captar suas mensagens no éter (ou internéter, para ser mais específico).

Seu corpo ainda não foi encontrado, mas seu sumiço pode estar relacionado a porcos e sauna. Temo pela minha integridade, e não posso falar mais nada além disso.

Quanto à causa mortis alguns dizem estar relacionada a discussões acaloradas sobre algo como a construção de uma piscina no lugar do jardim, ou mesmo à vergonha pelo desempenho pífio da E.I.A.U.V.C.V. no desfile das escolas de samba deste ano.

Então aceite sua condição e vá para a luz (oferta disponível por tempo limitado).

E lembranças a Eddie the Head.

P.S.: "...você definitivamente é um leitor novo, e ainda não sabe que a única sorte que eu tenho é a má sorte." (born under a bad sign mode: ON)

Alexandre Greghi disse...

Óbvio que eu aposto na primeira explicação! O complicado seria eu chegar de casa até o teu prédio. Num fim de dia com trânsito normal já não é fácil, imagine com a Dr. Arnaldo congestionada pelos mortos-vivos saindo dos dois lados da rua! heheh
Desde moleque achava que esse lugar seria o pior pra se estar no caso de os mortos se levantarem. Nunca consegui imaginar como sair dessa situação. Acho que teria que ir pela Rebouças mesmo!

gilgomex disse...

"E, na primeira sessão de interrogatório, ele vai revelar que apenas cumpria ordens, e eu sou o cérebro por trás de tudo."

sei que é uma obra de ficção, mas tudo tem limites... vc ser o cérebro???

(bom poder zuar com gente que não acha ruim...)
(apesar de eu estar com medo agora de ser atacado por Rob Gordon Al Fedid, o terrorista...)
(Quero dizer que retiro tudo o que eu disse antes...)

gilgomex disse...

PS (putz squici): o Varotto fez um novo post aqui... e no blog dele, nadaaaa... aff

Nadia disse...

"Primeiro Império Síndico-Mafioso do Ocidente."

tah explicado o porque dos porcos no porão.
ahuahuahuahuahau

Varotto disse...

"PS (putz squici): o Varotto fez um novo post aqui... e no blog dele, nadaaaa... affPS"

Ah! Esse broqueio cliativo...

Kika® disse...

Zumbis? Seria mais um tipo "normal" daqueles que você tromba no meio do dia, não? ;)

Sra. Turista disse...

Se vc fosse azarado mesmo, na opção 5 a Eva seria sua síndica. Aí eu queria ver vc escapar!

Kell Alves disse...

Voto na 5.

O comentário-post do Varotto tb n é má idéia.

P. S.> Rimuito' c 'Bestan Al-Feran Assad'.

Rafiki disse...

Acho que há algo a mais ainda que não foi pensado.

Pri disse...

uahahahah, o Rob está num momento da vida dele que é Teorias conspiratórias mode: ON.Coitado já sofreu tanto q teme pelo menor sinal...

arlete soffiatti disse...

Encontrei o seu blog ao clicar próximo blog enquanto estava visualizando o meu e fiquei com calor detanto dar risada na manhã fria de Bonn.
Abraço

Anna disse...

Me divirto com você, Rob! Apesar de comentar pouco - acho que é a segunda vez - estou sempre por aqui, e nunca saio sem dar umas gargalhadas. Lendo o texto do Japonês de Natal tive um ataque de risos nada discreto na biblioteca da escola. Não conseguia parar. E já chorei com seus textos também, só que do Chronicles, todos tão intensos!
Parabéns pelo blog, pelo talento.
beijos