15 de fevereiro de 2010

Estação do Império dos Acadêmicos Unidos da Vila do Championship Vinyl

Em ritmo de carnaval, vamos à publicação do primeiro samba-enredo daquela que (ao menos até onde sei), é a primeira escola de samba da blogosfera brasileira.

A composição do samba-enredo é do carnavelesco Rob Gordon, em colaboração com os passistas @otaviocohen e @ericfranco, que deram dicas preciosas (respectivamente, as divisões em sílabas em determinados versos e a presença sempre marcanta de Maurício de Nassau).

(Vale lembrar que os trechos em itálico são as indicações para os sambistas puxarem o samba-enredo)


Nonsense na Avenida

Eu quero ver
futebol e documentários,
Filmes, seriados, e tal!
Mas eu ligo a TV,
e não importa pra onde olhe,
Só passa carnaval!

(E é difícil!)
É difícil... Di! Fí! Cil!
Sim meu amor, sou mesmo azedo!
É difícil... Di! Fí! Cil!
Aguentar a letra de um samba enredo!
Porque eles são todos iguais,
Não importa a escola ou os ares,
Falam sempre as mesmas coisas,
Santos Dumont, Zumbi e os Palmares!

E isso sem falar... Em Maurício de Nassau!

(E também tem!)
E também tem... Tam! Bém! Tem!
Todos os deuses africanos!
Oxossi! Ogum! Pai Vavá! Olodum!
E a coerência? Entra pelo cano!
Porque o samba enredo é uma beleza,
Pode ser sobre Pokemon, SBT ou Ceará,
Mas, meu amor, você pode ter certeza,
Que vai ter uma frase sobre Iemanjá!

E isso sem falar... Em Maurício de Nassau!

(E o samba vai!)
E o samba vai... Sam! Ba! Vai!
Noite e dia, madrugada adentro!
E o samba vem... Sam! Ba! Vem!
Nos sentidos centro-bairro, bairro-centro!
E regras gramaticais? Pode esquecer!
Não tem vírgula, ponto ou frase,
Nem acento agudo ou circunflexo,
Meu Deus do céu... Meu Deus, ô fase!

E isso sem falar... Em Maurício de Nassau!

Eu quero ver,
futebol e documentários,
Mas só tem Sapucaí!
E eu desligo a TV,
E vou para o meu quarto,
Porque só me resta ir dormir!

Update: A Estação do Império dos Acadêmicos Unidos da Vila do Championship Vinyl não é a primeira escola de sampa da blogosfera brasileira: o título cabe à Unidos do Imperador, nascida em 2008, com um samba enredo que homenageou o Oscar Niemeyer.

28 comentários:

MaxReinert disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....

Tem que definir as fantasias e botar na rua já!!!!

Fred Marvila disse...

Ô Rob, falta só a versão cantada do samba enredo pra ficar perfeito! Bloguistas do Brasil inteiro seguir-lhe-ão!

Pucci disse...

não tem ritmo :(

Mas a letra é engraçada :D

Gabriel Alex disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fantástico isso. E viva Iemanjá! haha
Mas agora, queria ver o Rob desfilando pela avenida, será que rola?

Gabriel Alex disse...

E se você gravar o vídeo e por no youtube com a besta fera fantásiada e você com um pandeirinho, no dia seguinte a mundo todo vai saber quem você é! hehe

ANDERSON PRATES disse...

Olha supreso adorei.... posso fazer parte da bateria ?

Natalia Máximo disse...

Quesito: Samba enredo. Nota. DEZ!

Otavio Oliveira disse...

eu gostei!. Eu! Gos! Tei!
hahahaha


@otaviocohen

Daniela disse...

kkkkk
Magnífico!!

Acho que o Besta-fera gostaria de sair rodopiando por aí...
E vc ficaria bem, de bahiana... kkkk

Mari Hauer disse...

Quaaaanta criatividade, hahaha...

Sempre odiei samba enredo, mas esse tá bem engraçado! Só faltou mesmo a gravação!

Rafiki disse...

Muito Bom! Lutem aí para entrar no grupo especial!
Outra coisa, eu quero ouvir musicado.

Tyler Bazz disse...

AUHAUHAHUAHUHUAUAHHUAUHA DOENTE!

Certeza que, do jeito que tudo é lindo maravilhoso e belo na Globo, se alguma escola cantasse isso, aquele cabeludo bizarro ia elogiar horrores, a Leci ia falar que a letra é fantástica, que mostra a verdadeira raíz do samba de São Paulo....

Kell Alves disse...

Ao contrário de todo samba-enredo tem 'letra', já ritmo...

Daniela disse...

Carnaval...ô fase!

Perci Carvalho disse...

muito bom!!! auiehuiheae...dae cê faz que nem eu. vem pro Rio morrer de calor e vai pros blocos de rua, passar horas escutando (APENAS) o samba do bloco, devo postar o dito cujo no meu blog amanha e te dou um toque pra ler la... hehehe

Charlie Dalton disse...

Só faltou a gravação [2]

ethosemconstrucao disse...

Concordo plenamente, ô fase! Muito irreverente o samba enredo,ainda bem que sei que existem pessoas que, assim como eu, ficam em vias de ter uma overdose carnavalesca!
Muito bom o teu trabalho, teu posicionamento firme, principalmente naquela carta aos blogueiros... tudo o que trazemos entalado na garganta! Cheguei aqui aleatoriamente, mas é certo que voltarei. Abraços literários.

gilgomex disse...

e o blog que foi o primeiro a criar o samba enredo da blogsofera também foi pelo jeito o primeiro a criar um Niemeyer Fact... chupa, twitter...

e notei que o blog dele não é mais atualizado faz um bom tempo...

e falando em blog... mudei de novo... na verdade voltei ao:
www.colunadolorida.blogspot.com

Nadia disse...

"Liberdade, liberdade,
abra as asas sobre nós.
E que a voz da liberdade
seja sempre a nossa voz."
(usaremos as palavras deles contra eles)

Samba-enredo é uma coisa sem criatividade e emoção nenhuma, mas devo confessar que eu AMO uma bateria.

Agora, adoro uma marchinha.

"chegou a turma da alegria, chegou a turma do funil. De caneco em caneco, olha aí... já se foi mais um barril!"
ahuahuahuahauhauahuahuahauhaua

Nadia disse...

ps: porque careca não tem cabelo e urubu é tão cabeludo? IHHHHH deu samba.

ALÔ COMUNIDADE, CANTA COMIGO.
Porque careca... não tem cabelo.
E urubú... é TÃO... cabeludo.

xDDD

G7 disse...

muito boa letra. para fazer isso rolar na avenida:

diretor da bateria - Nicko McBrain
rainha - jennifer connely
intérprete - Brian Johnson
enredo - brian de palma
melodia - paul mccartney

Lígia disse...

E a melodia?

Ou a gente simplesmente pega a de qualquer escola de samba e adapta?

Bjinho

Varotto disse...

Chora cavaco!

P.S.: telecoteco, balacobaco...

Layla Barlavento disse...

Posso ser a porta bandeira?

Layla Barlavento
culpadowalter.blogspot.com

Bruno disse...

Estação do Império dos Acadêmicos Unidos da Vila do Championship Vinyl... deez!

Ana LuX disse...

Cheguei aqui sem querer... e adorei! A! Do! Rei!
Maurício de Nassau tá em todas mesmo...kkkkkkkkkkkk

Pri disse...

Pior que esse samba diz td... uahahah
Odeio carnaval! :P

Filipe disse...

Muito bom! Só faltou a gravação [62357]

A maioria das letras realmente só fazem sentido depois que você lê a explicação (quase um livro pra explicar uma mísera música). De vez em nunca surge um que dá pra entender sem nem ouvir, mas, como o mundo não é perfeito, olha só o refrão do da Rosas de Ouro de 1999, "A Divina Comédia de um Folião":

"Eu quero ver essa roseira balançar
No ziriguidum, pra lá e pra cá
Tum tum tum, tá que tá
Olha aí
A bateria tá botando pra quebrar"


Ô fase.