25 de agosto de 2009

Sugestão Obrigatória #3 - Pequeno Inventário de Impropriedades



O nome do blog dele é difícil. Não é tão difícil quanto Championship Vinyl, mas é difícil - ao menos, para mim. Eu demorei uns meses para decorar que o correto é Pequeno Inventário de Impropriedades – porque meu cérebro cismava que era Pequeno Dicionário de Impropriedades. Não que o erro faça diferença, pois, independente do nome, estamos falando de um dos melhores blogs em língua portuguesa.

Criado pelo catarinense Max Reinert em 2007, o Pequeno Inventário de Impropriedades é um blog de fazer inveja. Não apenas pela qualidade impressionante dos textos, mas porque ele é o único blog realmente multimídia que eu conheço. Além de ser um dos primeiros a colocar uma sugestão musical para cada post (algo extremamente difícil de fazer) ele ainda brinca com o visual dos posts, inserindo imagens em lugares fora do comum, inovando no alinhamento do texto. E nada ali é gratuito: tudo funciona para fazer com que cada post seja mais que um texto, mas sim uma verdadeira experiência aos leitores.

Assim, o Pequeno Inventário de Impropriedades realmente justifica o título de sugestão obrigatória. E, de quebra, está participando do concurso Blog Books, correndo o risco de virar livro, na categoria Mundo Masculino (não votou ainda?). Mas, se ele ganhar, azar de quem for publicar o livro. Porque, transformar um blog em livro é fácil. Agora, transformar uma obra de arte em livro, deve ser bem mais difícil.

Por fim, deixo vocês com o Top 5 Melhores Textos do Pequeno Inventário de Impropriedades, escolhidos (e comentados) pelo próprio autor:

1. Incompleto – "Metalinguagem? Hipérbole? Profecia? Certas ocasiões me fazem sentir dessa forma descrita no texto. Nesse caso, uma separação temporária que já se anunciava e me obrigava a tornar-me um pouco insensível para suportar dois meses de distância. Gosto deste texto porque descrevi exatamente o que estava sentindo no momento da escrita e acho que deixei o texto aberto para que cada leitor faça sua leitura particular."

2. Sorrateiramente – "Gosto dele porque traduz como eu vejo o mundo em alguns momentos. Me ajudou também a entender algumas das relações que já tive na minha vida.... Em alguns momentos como presa, noutros como predador. E é o texto preferido do meu amor... E só por isso, já garante seu espaço nesta lista!"

3. A Primeira Vez... – "Gosto dele porque ele brinca com o leitor no sentido de que parece que vai tentar enganá-lo e no fim acaba oferecendo exatamente aquilo que o leitor não deseja. Ou deseja? Nada como um pouco de sexo e violência para criar um pouco de suspense. Sem contar que a tentativa de ser atraente, ao mesmo tempo em que se é grotesco é algo que me acompanha diariamente!"

4. A Verdade – "Escolhi esse texto como um exemplo dos "exercícios de abstração" que eu me proponho às vezes e me divirto! E sabe com o que eu me divirto mais? Com os comentários das pessoas tentando "entender" ou "desvendar" a história... Que na verdade, nada mais é do que um pretexto!"

5. Piece of Shit! – "Porque todas as formas de esquizofrenia e psicopatia me atraem como tema para a escrita. Freud explica!"

7 comentários:

Marina disse...

Já havia lido alguns dos indicados pro top 5. Queria ter mais tempo para ler tudo, porque também é um dos meus blogs favoritos.

Hally disse...

Gosto desse espaço que criaste no blog. É possível conhecer coisas de qualidade na blogosfera sem ter de ficar "passeando" entre os sites, blogs, enfim, vou direto ao ponto.
Lerei, com certeza, e já adianto que talvez (muito provavelmente) seja favoritado!

Gilgomex™ disse...

Me lembro de dois momentos distintos, em que notei a personalidade forte do Max...

Quando add ele no Orkut, e ele disse, "dificilmente aceito qualquer um no meu Orkut, mas pra você vou abrir uma exceção"...
Não foi bem com essas palavras, mas assim ficou mais engraçado.

E quandoe el foi o primeiro conhecido (virtual) a me dar unfollow no Twitter... heuehuehueuehueuehhuee

Agora estou pensando aqui... Será que foi o Max mesmo essa do Orkut? Não tenho certeza se foi ele... Tou dizendo que idade tá me pegando.

MaxReinert disse...

Opa!!!!

Obrigadão pelo espaço e, obviamente, pelas suas palavras... vindo de alguém que eu aprendi a respeitar pela qualidade do trabalho, sem nem saber direito quem é, é bárbaro!

Espero que as pessoas votem mesmo no Blog Books... seria uma experiência bárbara poder "tentar" transformar o Pequeno Inventário em um livro... segundo passo para blog que já está virando uma peça de teatro que estréia no início de 2010!!!!

Aí a gente divulga o combo: Leia o blog, veja a peça e compre o livro!!!

Isso é... se a pessoa tiver paciência pra me aguentar tanto tempo.

*Gomex.... foi "mais ou menos" assim: na verdade a frase foi: Ultimamente não estou aceitando pessoas que não conheço offline no meu orkut, mas pra vc vou abrir uma excessão!

E quanto ao twitter... errr... bom.... pois é.... ces`t la vie!

Dragus disse...

É um ótimo site, mais do que um blog.

Um livro virtual. Com todas as vantagens de um, exceto por não ser em papel.

Por enquanto. Com sorte ele ganha e na bienal do livro aqui do Rio de Janeiro conseguirei tomar uma cerveja com ele. =)

Pena que a rede Champ não foi indicada dessa vez... Seria glorioso ver um livro de crônicas suas. =)

Ana disse...

O Max merece todos os elogios!
Torcendo muito p/ o Pqno Inventário virar livro!

L. Inafuko disse...

um dos meus blogs favoritos! torcendo por ele no Blog Books!