22 de janeiro de 2009

Rob Gordon Workout

Como os leitores do blog da Sra. Gordon já devem ter percebido, meu brinquedo novo é um Wii Fit. Eu já queria comprá-lo desde o meio do ano passado, quando ele foi lançado, mas o salário de jornalista precisou esperar pelo 13º salário. Na verdade, eu já havia até esquecido dele, mas aí, passando o Natal na casa do meu irmão, pude experimentar o dele e foi amor à primeira vista.

A bem da verdade, um dos motivos que eu queria comprá-lo era menos por causa da diversão e mais para me mexer um pouco, já que exercícios físicos não são, exatamente, parte da minha rotina de uns anos para cá. Então, algumas semanas atrás (aliás, desculpem o atraso, eu realmente queria ter postado este texto mais cedo) comprei e comecei a testar todos os exercícios, um por um, vendo quais eu realmente conseguia fazer.

Claro que não tinha a menor pretensão de virar um Mr. Universo, mas, simplesmente entrar um pouco em forma, perder o planetóide que eu tenho na barriga.

Obviamente, nos primeiros dias o vexame foi total. Até mesmo nos exercícios de ioga, que teoricamente são os mais fáceis, eu demonstrava ter a agilidade de uma pedra. E não adiantava nada a instrutora (que é a cara da Mariana Ximenes) tentar me ajudar, dizendo coisas como “você está indo bem!” e “é isso aí”, porque eu tinha consciência dos meus limites.

Um dos exercícios, especificamente, me deixou constrangido: eu tinha que ficar pé, apoiado em apenas uma das pernas, e, puxae o joelho da outra até encostá-lo na barriga. O problema é que meu joelho direito é podre (até se comparado ao do Ronaldo Gordo), e toda vez que eu fazia isso, ouvia alguns ruídos que me fizeram pensar na possibilidade de algumas das minhas hemoglobinas terem montado uma banda cover do Metallica e usarem a minha patela como local de ensaios. Mas um ou outro eu consigo fazer, claro, porque tenho 33 anos e não 90.

Ah, e quem já estiver pensando em comentar aqui no post, falando “que eu devo ficar uma graça de shorts de lycra e regatinha”, já aviso que uso o Wii Fit apenas de bermuda e camiseta.

Já os exercícios de força, obviamente, são mais legais e mais difíceis. Assim como na ioga, alguns são fáceis e legais de fazer. E alguns são legais de fazer, mais nada fáceis. Um deles – que envolve eu descer e subir meu corpo jogando todo o peso em apenas uma perna – é extremamente gostoso de fazer. Isso, claro, nas três primeiras vezes. A partir daí, você começa a sentir sua perna tremendo, e, mesmo com a Ximenes gritando que “você consegue!”, não consigo evitar o fato de urrar (não existe outro termo, é urrar mesmo) dentro do meu apartamento a cada vez que preciso fazer o movimento de “subir”. Fico até com medo do que meus vizinhos devem pensar que está acontecendo lá dentro. Isso tudo, claro, com a Besta-Fera deitada no sofá, me observando e com a expressão “seu gordo” nos olhos.

Enfim, esse é apenas um resumo do meu sofrimento. E a coisa foi difícil demais nos primeiros dias. Confesso que fiquei tentado a devolver o negócio na loja e escrever uma carta para a Nintendo, pedindo para eles lançarem uma versão personalizada para mim, que seria batizada de WII FAT e cujos exercícios envolveriam provas como virar uma lata de Coca sem parar para respirar e comer um prato de ovos com bacon em menos de dois minutos.


Tentei ir até a padaria tomar 2 litros de Coca
depois de usar o Wii Fit no primeiro dia.
Como a imagem acima deixa claro, não deu.


Mas, como uma das minhas resoluções de Ano Novo foi começar a cuidar de mim (33 anos mode: on), resolvi pegar firme. E a minha saída foi quando eu descobri o modo de corrida livre, que permite você correr durante 30 minutos assistindo a algo na TV (ele fica “guiando” você, a respeito do tempo que falta, pelo controle). E aí eu me encontrei. Fazia tempo que eu queria comprar uma esteira, e o Wii Fit vem substituindo isso bem.

E o interessante é que eu não me oriento mais pelo tempo, e sim, pelos episódios do que estou assistindo. Por exemplo, comecei a correr enquanto estava assistindo a uma temporada de Weeds – no qual cada episódio tem 22 minutos. Logo, eu corria um episódio de Weeds e mais alguns minutos, para completar meia hora. Agora, como estou vendo House, aumentei minha dose de corrida, já que os episódios têm 45 minutos. E, de domingo para cá, estou correndo dois episódios de House direto (uma hora e meia, para quem tiver dificuldades na conta).

Não sei se as pessoas que tem o hábito de correr acham que uma hora e meia é pouco ou muito, mas isso é mais do que tudo que corri entre os anos de 2003 e 2005. Logo, está me fazendo um bem danado, a ponto de eu sentir falta nos dias em que não consigo arrumar tempo para correr – o que é digno de nota.

Resultado: em menos de três semanas, perdi três kilos (caso o leitor que reclama sempre que eu deveria escrever quilos, deixo avisado que estamos falando da minha barriga e dos meus kilos), e já estou trabalhando na perda do quarto. E isso é apenas o começo: meu sonho é correr um Chefão inteiro, mas, para isso, preciso, obviamente, de acompanhamento médico e balão de oxigênio. Mas um dia eu chego lá.

E prometo a vocês que, se um dia eu disputar a São Silvestre, vou com uma camiseta com o logo do blog e a inscrição “O Fase” atrás. Prometo.

29 comentários:

Nash disse...

Também quero um Wii, ando muito sedentário ultimamente =[

ps.: Conserta o título (Rog Gordon)

O Lerdo disse...

Pra quem começou há apenas algumas semanas, até que você tá muito bem correndo dois episódios de House. E ainda tem a vantagem de ver House... eu pago academia e ainda tenho que ficar ouvindo axé e música eletrônica ou ver malhação e novela das 6 ¬¬

ah, você não corre de shortinho e regata, mas pode ficar muito bem num uniforme a la Dança do Quadrado. Se experimentar, por favor, poste aqui no blog huahuahuahuahua.

Rob Gordon disse...

Valeu, Nash, arrumado!

Você estava sumido, bom ver você por aqui!

Abração

banana disse...

enquanto isso, eu como Bis.

Perci Carvalho disse...

1) pra correr a sao silvestre vc nao precisa necessariamente completar a prova, nem chegar em primeiro lugar...entao estaremos aguardando o post no qual vc vai anunciar que ja fez a inscricao e coisa e tal - quem sabe a gnt confecciona umas camisas iguais a sua e vai la torcer, pra dar aquele apoio moral ne??

2)O que me faz duvidar que vc va correr a Sao Silvestre, eh que la vc nao vai ter uma TV a sua frente ;-)

anaju disse...

se vc fizer esse lance da camiseta saberemos quem é vc!!! pq até onde eu vejo... aliás não vejo... sua foto por aqui, logo, não sei quem é vc!

Barbarella disse...

Preciso de um desse. Urgente.

MaxReinert disse...

Eu tbm preciso de uma coisa dessas!!!!

(36 anos mode super mega on)

Bruno disse...

não ter uma tv, acabo de imaginar a cena do burrinho e da cenoura...
Por um link do meu blog, no seu blog.
Te deixo no ponto de correr a são silvestre, chegar no final e ainda entre os 3 mil primeiros. Nem que eu tenha que te empurrar.

Mas são aquelas bermudas estilo futebol dos anos 70 né?

Dalleck disse...

"uma graça de shorts de lycra e regatinha". Eu poderia ter ido dormir sem ter lido e imaginado isso.

huauhahua, Metallica na patela é foda!

Pô, gostei desse lance de correr do Wii Fit. O Wii já tenho, agora só preciso assaltar um banco pra comprar o Fit/Fat xD

Acho que consigo correr assistindo Lost/Heroes ao invés de House, mas durante um Chefão, é pedir pra morrer mesmo!

Renan Becker disse...

hehe Correr um Poderoso Chefão inteiro é dose em!
Também tenho que me cuidar (sedentario mode:on).
Boa Iniciativa!

Dama do Lago disse...

Eu tenho o Wii Fit ^_^

Adoro fazer ioga apesar do meu equilibrio não ser dos melhores, nunca imaginei que ficar em cima da plataforma fosse tão difícil.

Fiquei feliz pelos seus resultados, torço para que você consiga correr O Poderoso Chefão (os três) sem precisar do balão de oxigênio ^_^

O duro desse jogo é quando ele resolve medir meu IMC e a minha bonequinha engorda na tela...deprimente :DDDDD

Beijos e bom fim de semana

Sil

Alexandre Rigotti disse...

Opa.. como um verdadeiro nerd não posso deixar de comentar.

O correto não é quilo e muito menos Kilos... a unidade de medida de massa é o "quilograma"; quilo é um prefixo que significa 1000

hahahahahahaahahahahha

Rob Gordon disse...

Alexandre Rigotti

Antes de mais nada, caso você seja parente do jornalista Ricardo, mande ele à merda e diga que ele não é bem vindo aqui.

Em segundo lugar, isso não é ser nerd. Não. Você acabou de expandir os conceitos de nerdice a patamares nunca antes alcançados.

Varotto disse...

É já tinha lido sobre seus novos dotes esportivos no blog da Sra. Gordon, e parabéns por isso.

Apesar do acúmulo que ostento hoje não chegar a ser um planetóide, como no seu caso, também estou em processo de deixar para trás o mundo dos três digitos de peso. A qualquer momento, nas próximas duas semanas, devo voltar à casa dos 90. Mas isso nadando, que sempre foi meu esporte preferido e, quando der, jogando umas partidas de pólo aquático com os amigos.

Mas já ouvi muita gente falando que voltou a fazer exercícios por conta desse tar de Wii. E isso realmente é uma revolução na forma como os videogames vem sendo encarados.

Minhas últimas experiências de verdade com videogames (fora jogos em PC) foram com o Atari. Mas como em breve meu filho vai entrar na fase videogâmica, vou acabar me envolvendo de novo com isso. E ele já vai começar bem, porque me dei de presente de Natal uma LCD Full HD de 47" (que já deve estar obsoleta em uns dois anos).

De qualquer forma, parabéns pela iniciativa e lembre-se das palavras do profeta:

"É chato ser bonito, mas é muito mais chato ser feio..."

Larissa Bohnenberger disse...

Muito bem Rob Gordon! Na luta contra o sedentarismo...!
Não deixe de me avisar quando chegar no momento são silvestre, ok? Rssssss!
Bjs!

Varotto disse...

Será esse o fim do Rob Gordo(n)?

Não percam a conclusão desta saga nos próximos bat-capítulos...

Renan Becker disse...

Achei uma imagem do jogo desejado pelo Rob Gordon.

http://farm3.static.flickr.com/2139/2448019793_3cacc8b74e.jpg

uahsuhauhsu

Gilgomex™ disse...

wii fat???
heuhehuee
boa.

rob gordão vai virar rob slim...

Gilgomex™ disse...

depois que correr um poderoso cheão vc pode correr um titanic... nem que seja de costas... tipo correndo do filme...

Gilgomex™ disse...

alexandre rigotti... ia dizer que seu irmão é uma bicha... mas agora perdeu a graça...

(mas que é, é...)

Layla Barlavento disse...

Um Chefão não é nada! Quero ver você conseguir correr um Ben Hur!

outroblogdamary.com disse...

Que legal! Quem me dera poder escolher o que assistir na TV da academia..

Mas viu.. como é essa corrida? Você fica correndo no mesmo lugar? Não sei como funciona esse tal de Wii Fit, não ria :)

beijoss

banana disse...

Venho avisar: tudo não passou de uma farsa. Das grandes.

Rob não corre há exatos QUATRO DIAS.

Bruno disse...

O chefão é mole.
Quero ver correr oa 6 star wars, com pausa para descanso entre o episodio VI e o I.
Pq a partir dai fica mais facil correr, qnd jaja banks aparece...

ameliebonfant disse...

Hahaha, cara, não ia ter wii fit que me fizesse fazer exercício. Não sou sedentária... aliás, me exercito pra cacete... mas puts, parar e falar "pronto, agora vou fazer exercício" simplesmente não dá pra mim.

Ah, meu blog novo é ameliebonfant.wordpress.com

Bjinhos

Mariliza Silva disse...

Ai ai!

Eu preciso estar em São Paulo neste dia que a blusa Ô fase! tiver em exposição, só pra dizer eu sei que é o doido que usa esta blusa! Eu sei o que ele fez no verão passado! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

beijão sumido

Mariliza

dari_rizzi disse...

por Deus q eu stava sperando um post seu q falasse sobre essa paradinha master...

e inda bem q naum usa shortinho de lycra neh?


o.O

G7 disse...

Correr um Chefão é fácil, duro vai ser correr assistindo ao Lawrence atravessando o deserto... Dá 3 Pássaros Feridos.

G7