4 de junho de 2008

Notícia Extraordinária II

Após dezoito meses vivendo em relativa paz, os moradores do bairro de Pinheiros, em São Paulo, voltaram a sofrer com os ataques da criatura conhecida como Besta-fera. O último ataque (descrito por testemunhas como um cão da raça westie) havia sido registrado em setembro de 2006, e havia resultado na morte de um botão de camisa. Desde então, os ataques haviam cessado. Ontem, porém, o desaparecimento de um par de meias causou pânico entre a população, que credita o atentado à violenta criatura que habita a região.

Rob Gordon, dono das meias desaparecidas, está inconsolável. “Fui tomar banho e deixei as meias em cima da cama. Quando voltei, a porta do quarto estava aberta e elas não estavam mais lá”, afirma Gordon, acrescentando ainda que, desesperado, procurou por elas durante horas, olhando sob a própria cama e os sofás da região. “Cheguei até mesmo a vasculhar a cozinha e a varanda do meu apartamento, mas foi inútil. Não encontrei nem sinal delas”, afirmou, abatido.

O ataque trouxe inúmeros prejuízos ao dono das meias. “Sou homem e moro sozinho, então eu não disponho de muitas meias limpas em casa. Como perdi esse par nesta tragédia, estou tendo que usar, hoje, um par mais antigo, que está largo”, contou, erguendo uma das calças para mostrar, à reportagem, que a meia que foi obrigado a usar não para na sua canela, caindo toda hora. “Tenho que ficar puxando a meia para cima o dia todo, agora. Tudo porque as autoridades relaxaram na captura do animal”.

O sentimento de revolta na região é geral. Diversos moradores planejam ir à delegacia para cobrar maior empenho das autoridades e o próprio Rob Gordon afirmou que pretende organizar uma passeata em sua sala de estar. De acordo com a vítima, a idéia é desfilar sem sapatos – ou seja, calçando apenas um par de meias – e com um cartaz exigindo o fim da violência. Vale lembrar que o corpo da última vítima da lendária Besta-fera ainda não foi localizado. A polícia pretende intensificar as buscas no local. “Apesar de esperar pelo pior, ainda tenho esperança de que minhas meias sejam encontradas com vida”, afirmou Gordon, com os olhos cheios de lágrimas.

29 comentários:

Silvinha disse...

Pobre Besta-fera, é um incompreendido, enredado nas estruturas do sistema. Ele não pediu para roubar, para matar, ele nasceu e cresceu dentro desse mundo cruel, entende?

X)

RockerZ disse...

Grandee Rob!!

uau!! essa notícia vai ser mais comentada do que a da prisão dos sgt gays!!

boa sorte ae na captura da besta-fera!!

O ANTAGONISTA disse...

Cara, que pena... sinto muito pelas meias... se quiser, te envio um par de meias usadas, duvido que a besta-fera resista ao odor... rs....

Valeu!

Gilgomex™ disse...

Mas é um animal mesmo!!!

E a Besta-Fera também.

Mau disse...

O mais legal é que o Rob Gordon é um dos únicos seres humanos que, com o passar do tempo, o pé diminui.

(Sim, me chame de imbecil, estou desconsiderado o fato do tecido alargar.)

Notícia chocou toda a população do estado, que agora já esqueceu da menina jogada do sexto...

paulonando disse...

Não há mais nenhuma esperança para o homem! Besta-fera, Chupa-cabra, Lobisomem vieram para acabar com a humanidade!!!

Perci Carvalho disse...

caraaaaaaaaca maluko!um post fodastico p causa d um par d meias?!?

qdo meu cachorro pega minha meia (no singular. pq ele rouba uma por vez, nunca o par) eu saio à procura dele (leia-se: eu berro CHEDDAAAAAR - o nome do dito cujo - até ele aparecer), esfrego a carinha dele na meia já esburacada enqto grito NAO PODEEE e dou uns petelecos no focinho (isso faz ele espirrar. nao sei pq. mas sei que ele nao gosta)
depois disso ele deixa as pobres meias em paz por mais ou menos... um mês e meio.


cara...fico uns diazinhos de nada sem vir aki e tem 3 posts?!?! (alie a ausencia de visitas ao blog à ausencia de internet)
apoooosto q se eu estivesse vindo td dia como de costume, cê naum tinha atualizado... hunf



bj

Eduardo disse...

heuaheuhauehuaheuhauah....!!!!

bom bom..

heuhuehauha

Anônimo disse...

You LOVE to brag about your good writing, huh?
But in fact, you LOVE to hide in your own insecurities and flaws.
Be a man!
Face the world!
Act like a human being!

Barretão disse...

Vixe.. o Rob está arrumando inimigos no "istrangeiro"... é, pq isso é tipicamente coisa de brasileiro tentando dar uma de gringo. Acorda pra vida, pessoa!
Seria um dos plageadores? Humm? Uma versão americanizada do Sherman - que passou a ouvir todas as músicas da Britney depois que foi derrotado pela pena de Rob Gordon? Carmilla não é, pois não escreveu nenhum "you know" ou "i was like", os equivalentes ao "e na boa", em inglês.

cada uma, viu!

Pâmela disse...

OOh!
Meu Deus, o que fazer agora? Besta-fera voltou a atacar!
O monstro que dormia a tanto volta à ativa e ataca uma vítima tão inocente!
Vamos fazer um GORDON ESPERANÇA!
Para doar uma meia velha disque:
0300 171 123456

Para doar um par de meias velhas disque:
0300 171 123455

Para doar meias novas disque:
0300 171 123444

*Preço de uma ligação para o exterior + impostos + 50 reais direcionados à criadora do programa

Barretão disse...

A mente humana pode criar situações tenebrosas, lugares pavorosos e termos que causariam pânico no mais bravo dos homens. Porém, não foram nossos pensamentos ou mesmo as palavras vindas diretamente dos tempos imemoriais pela pena de Lovecraft que deram forma ao maior dos flagelos: a Besta-Fera.

Sob a amável face de um animalzinho aparentemente dócil e amigável, existe a essência maldita e demoníaca de uma entidade que já causava desespero muito antes dos tempos bíblicos e, sozinha, deu conta de várias civilizações.

Algumas histórias que sobreviveram ao reinado de terror, morte e desaparecimentos há um relato sobre a Besta-Fera, sozinha, dar cabo dos dinossauros e, de quebra, colocar o planeta sob uma densa camada de cinzas. Causadas por seu ódio, pura e simplesmente.

Por medo absoluto de tal criatura maledicente, os sobreviventes conseguiram aprisioná-la sob a forma de um animal. Mal sabiam, porém, que o destino pregaria a maior das peças e que, cometendo esse erro, criariam toda uma raça descendente daquele espírito maligno e aterrorizante. A linhagem direta de tal flagelo encarnou na Besta-Fera, atualmente localizada em Pinheiros. Eu descobri parte do rastro de sangue e destruição deixado por tal hediondo ser em tempos imemoriais.

A última história, antes de sua captura, remete a um castelo:

Uma pequena fortaleza. Seus moradores não dormiam. Mal conseguiam falar. Sentiam o suor escorrendo pelo rosto, apuravam a audição para tentar antecipar o momento derradeiro. Até mesmo crianças pegavam em armas na vã esperança de resistir.

A chuva caia pesada lá fora. A visibilidade permitia observar uma dezena de metros em qualquer direção. Para um lado, havia o pântano. Do outro, uma pequena estrada que levava à porta do castelo. A ponte levadiça não se estendia há semanas. Não havia razão. Os suprimentos não mais chegavam.

Todos emboscados pela vil criatura. Os poucos que tentaram partir em busca de ajuda nunca retornaram. Eles sabiam e, em suas faces, era possível ver que não havia esperança, mas partiam mesmo assim.

O último deles havia deixado o castelo há 8 dias. Um garoto diz ter ouvido um grito horrível durante a noite, mas mais ninguém ouviu. Moleque maluco. Depois mais ninguém tentou.

Algumas pessoas morreram de fome. Não por falta de alimento, mas por escolha própria. Preferiram enfrentar uma morte lenta, mas certa, do que agüentar a angustiante espera pelo inevitável ataque. Outras faziam feitiços, invocavam palavras de poder e usavam toda e qualquer mandinga que conheciam para fazer frente ao inimigo, quando ele derrubasse as muralhas do castelo.

Os últimos dias, porém, foram malditos. Gritos ecoavam pela noite. Pessoas desapareciam. Pares de meia desapareciam. Sons macabros assombravam os que se mantinham acordados e sonhos agonizantes tomavam os poucos que tentavam dormir. Um inferno indescritível. Cada um enfrentava seu próprio pesadelo, sua própria concepção de como seria o final.

De repente, o silêncio.

Todos os olhares se direcionavam ao pântano, de onde uma estranha luz emanava.

Ninguém percebeu a sua chegada. Sorrateira. Esguia. Mortal.

E então emitiu seu som esganiçado e capaz de impregnar o medo na alma de cada homem:

- Au!

E ninguém nunca mais ouviu falar das pessoas daquele castelo.

Apenas um velho livro contava essa história foi encontrado numa pet shop em Pinheiros, onde Rob Gordon adquiriu seu mais novo mascote.

E o mal ganhou mais uma vítima.

Mimizinha. disse...

Oi Robson, meu nome é Michelle Lopes, eu que ti copiei no cereja lá, nem sabia o que era plágio. oaksoaksoaskaoskao

Desculpa aew, a Ana me falou e eu demorei pra vim aquew, foi mals.

Essa parada de escrever não róla pra mim.
Bejão cara.

Nash disse...

/\

"Robson" "ti copiei" "oaksoaksoaas"
"Bejão" "nem sabia o que era plágio"

PC do Milhão?

L_O_L

Kel Sodré disse...

Ótimo post, após um período de discussões e ressentimentos vários! E ótimos comentários também!!! Só, por favor, não dedique um post a mais esse comentário blah. Ainda que em Inglês (será que ele(a) achou que ninguém fosse entender?) e anônimo (prato cheio pro Rob se irritar e escrachar a pessoa no Champ), não vale a pena. Além do mais, tem toda cara de fake...

Rob, estou preocupadíssima com o par de meias. Não deixe de fazer suítes sobre o caso para informar os habitantes de outras cidades do país.

Nash, essa de usar óculos escuros no perfil é coisa minha, hein! Será que devo te linkar a qualquer coisa pelo plágio? :-P

Kel Sodré disse...

(Ow, droga... o fim da página separou minha carinha do post anterior...)

Putz! E agora vi que, além de tudo, os óculos ainda se parecem!
Seus dias de plagiador estão contados, "Nashton" (para seguir a linha da sua amiga aí em cima).

Maps disse...

Hahahah a cada dia os comentários melhoram por aqui!


"Robson" e "Essa parada de escrever não róla pra mim" foram simplesmente GE-NI-AIS!!!!! Que sucesso!!!

Gilgomex™ disse...

Putz... Esse blog é o único que tem um post... NOS COMENTÁRIOS!!!!!
Barretão, consegiu pegar o espirito da coisa muito bem.
Aliás, tão bem, que poderia ter publicado como post no próprio blog...desperdiçou um post... isso q é amor ao Champ.

Tyler Bazz disse...

Temos que aproveitar que esse é ano de eleição e apertar os candidatos.. segurança pública é uma necessidade!!

Marcio Sarge disse...

Você ainda tem sorte pois sabe a causa do desaparecimento de suas meias. Meu caso é mias complicado, elas simplesmente somem sem ao menos um vestígio sequer, já tentei de tudo até mesmo exorcizar meu quarto e benzer meus tênis mas nada.
Especialistas do CSI e de paranormalidade viram essa semana me visitarem. Espero que possam me ajudar.

Maps disse...

Xi, Rob, ó a família do Jonas fazendo peripécias por aí.

O irmão dele tá lá em casa faz uns 2 anos e não quer sair de jeito algum. Hoje, por exemplo, o calhorda desligou o gás do meu chuveiro quando eu estava com shampoo na cabeça. Ô fase!!!!

MaxReinert disse...

Hauhauhauhaa.... putz.. me perdi... depois desses comentários nem sei mais sobre o que falava o post....

Coisas estranhas acontecem no blog do Champ!!! hauhauhauahuahuaa

Mistééééééério!!!!

Banana disse...

Barreto,

Apesar de seu conto ser absolutamente verídico, e de "Robson", inocente, ter perpetuado o mal que há milênios aterroriza civilizações - há boatos historiográficos que "Constantinopla" é, na verdade, uma adaptação do árabe de "Westie Highland Terrier Comedor de Cabeças" - anuncio com alegria e festejos que, após pesquisas científicas envolvendo células tronco, meias usadas do 'Robson' e um pouco (bem pouco) de intuição feminina, descobrimos uma arma poderosíssima e perigosíssima que pode, senão combater e exterminar, assustar ao menos e impedir o avanço da Besta-Fera:

O Aspirador de Pó.

Estudos recentes tentam comprovar que essa arma aliada a minha rinite alérgica enquanto eu faço faxina na casa do Robson e a Besta-Fera copula com a almofada pode ser fatal.
Pra ele.

Varotto disse...

Primeiro o dilúvio, agora isso...

Onde é que esse mundo vai parar?

Nash disse...

@Kel Sodré

Argh, é verdade, mas meu perfil é de Fevereiro e o seu de Abril. ^.~ Vc que plagiou rsrs.

Em tempo: É você mesma refletida na lente dos seus óculos?

end of Chat-vinyl

Thais disse...

Besta-Fera: adorável, mas tão cruel.


*___*

Kel Sodré disse...

@Nash (e perdão aos demais pelo Chat-Vinyl...)

humpfgr!
Tem razão quanto às datas dos perfis... Mas percebi primeiro a semelhança! Ponto meu! hihi

E, sim, sou eu na lente do óculos. =)

Felipe Lima disse...

Acho um absurdo esses animais perigosos e selvagens ficarem à solta por aí!! É preciso que as autoridades tomem providências imediatas, afinal o desaparecimento das meias é uma questão de segurança pública, pois se o besta-feira começar a atacar todos os habitantes de Pinheiros, uma onda de chulé acabará com a cidade, não há como sobreviver! Deveríamos nos unir, e partir para uma caçada já! Tudo pelo bem dos nossos filhos e narizes.

Neh esse não disse...

Anuncie você também nos comentários do Champs! Tem post, tem dedicatória, tem lembranças, tem desculpas e taé comentários!
Tá esperando o que? Coloque sua marca onde tão vão ver(e nem todos vão comentar)
Rob tem contador de visitas nos comentários?