24 de abril de 2008

33*

É impressionante como alguns leitores simplesmente não aprendem as regras deste blog. Comentários são bem vindos. Comentários que discordam de mim (como o do leitor Eduardo Araújo no post Carta Aberta ao Sr. Guillermo Vargas) não apenas são respeitados como bem vindos. Xingamentos? Também são bem vindos – desde que devidamente assinados. Não concordou com o que eu escrevi? Entra aqui e diga isso nos comentários. Pode me xingar a vontade. Eu, particularmente, recomendo as expressões filho da puta e escroto, acho que são as mais impactantes.

Mas, se quer gerar uma discussão dentro do blog, assine o comentário.

É impressionante. Tem gente que realmente não aprendeu nada com o Hóstia ou com a Carmilla. A não ser, claro, que seja a) alguém tirando barato, ou b) alguém que quer os quinze minutos de fama aqui no blog. E antes que falem que eu também uso pseudônimo, eu estou sempre aqui no blog. Ou seja, com pseudônimo ou não, eu tenho endereço fixo: este blog aqui. Além disso, a maioria dos leitores me conhece, ao menos de Orkut. Eu posso ser achado. Agora, um comentário postado por alguém que inventou um nome que não linka para blog nenhum e não deixa e-mail para contato... Bom, isso é um comentário anônimo. E é fácil ser homem quando se é anônimo.

É o caso do Sherman Klump, que comentou o post Shake it, Baby, Shake it. Na verdade, foram três comentários. Enquanto eu havia recebido apenas o primeiro, estava preparando um texto como resposta, mas a chegada dos outros dois comentários me fez perder a esportiva. Pela primeira vez em quase dois anos, realmente sentir o tesão que tenho por este blog sumir ralo abaixo.

Sherman, é o seguinte. Eu não sou preconceituoso. Mas também não sou politicamente correto. Para mim, não existe indíviduo obeso, existe gordo; não existe indíviduo com pouca estatura, existe baixinho; não existe indivíduo desprovido de folículos capilares, existe careca. Acho que o fato de ser politicamente correto é a maneira que o mundo encontrou de dizer, educadamente, “você é diferente e eu não te aceito”.

Eu, por outro lado, não tenho problema nenhum com gordos, gays, negros, japoneses apenas porque eles são gordos, gays, negros, japoneses. Tanto que faço piada com todo mundo, especialmente comigo, que (veja só!), sou baixinho, gordinho e careca – ou seja, de acordo com a sua linha de raciocínio, eu tenho preconceito comigo mesmo.

Na verdade, eu tenho problemas com determinadas pessoas, por causa da atitude delas, jamais pelo que elas são.

E você, Sherman, acabou de se tornar uma delas.

Você me chamou de preconceituoso, porque fiz uma piada com gordos. Desculpe, mas qualquer pessoa que lê meu blog sabe que não sou preconceituoso. Mas claro que isso não é argumento, mesmo porque não vou correr para trás dos meus leitores para me proteger. Pelo contrário, isso aqui é entre eu e você. Ao menos, por enquanto.


Eu fazer uma piada com gordos num post não me torna preconceituoso. Mas, para mim, o problema dos seus comentários não é esse. Mesmo porque, como você fez questão de permanecer “anônimo”, sua opinião sobre a minha pessoa não fará muita diferença na minha vida.


O problema é que você não leu o resto do blog. E isso não é um problema de ego. O problema é que se você não leu meu blog você não sabe como eu penso – e, pior ainda, não se interessou em descobrir. Você apenas escolheu uma piada – talvez tenha se ofendido com ela, mas depois falaremos disso – e montou toda uma teoria a meu respeito a partir dela.


Aliás, antes de continuarmos, vou provar que você não leu meu blog.


Sherman, sabia que sou louco por heavy metal? Adoro. Coleciono CDs de heavy metal, especialmente dos anos 70 e 80. Aqui no blog, eu já escrevi sobre shows de grandes nomes do heavy metal como Iron Maiden, Ozzy Osbourne, Alice Cooper, Deep Purple. Nas minhas músicas preferidas no Last FM, estão Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Alice Cooper. Eu adoro heavy metal e isso é explícito no blog.


Agora, caso você tivesse lido meu blog para descobrir como eu penso, não teria feito a bobagem de me acusar de ser preconceituoso com pessoas que gostam de heavy metal (qualquer comentário que eu fizer citando você, já virá corrigido para esse texto (ainda) não correr o risco de cair na gozação). No momento que você diz que eu tenho esse preconceito, você prova matematicamente que você não leu meu blog. Você leu este post, e, quando muito o da Carmilla.


Acabamos de provar matematicamente que você não leu meu blog (e, claro, que você também não me conhece pessoalmente, pois absolutamente todo mundo que me conhece sabe qual meu gosto musical).


Ou seja: se você não leu meu blog, não sabe como eu penso. Na verdade, você achou mais fácil escolher uma piada em um post e resolveu me rotular de preconceituoso apenas em cima dela. Você montou toda uma teoria sobre minha personalidade, minha inteligência e minha ética em cima. Você acha que uma piada de quatro linhas me define como pessoa, moral e eticamente falando.


Em momento algum, você não se preocupou em saber se o autor dessa piada não é a mesma pessoa que foi parar na diretoria da escola porque brigou no pátio com três moleques que estavam ofendendo um garoto portador de deficiência. Você jamais tentou descobrir se o autor dessa piada é a mesma pessoa que cortou relações com um amigo porque o sujeito começou a apresentar idéias nazistas.


É verdade, Rob? Você foi mandado para a diretoria por causa disso? E você parou de falar com seu amigo?


Sinceramente, que diferença faz você saber se isso é verdade ou não? Parta do princípio que não é verdade e pronto. Vai combinar melhor com a imagem que você construiu de mim. Você já afirmou que sou preconceituoso sem me conhecer, então você não precisa de mais informações. De acordo com você, eu sou preconceituoso, egocêntrico, burro e otário. E caso encerrado, certo?


Somando o fato de você me chamar de preconceituoso, egocêntrico, burro e otário ao fato de você não ter saber nada a meu respeito (como demonstramos acima), sobra uma pergunta:


Quem é o preconceituoso aqui?


Preconceito, como a própria palavra explica, é um pré-conceito. Ou seja, é um conceito que temos sobre algo ou alguém sem conhecê-lo a fundo. Você disse que tenho preconceito com o gordinho do terceiro andar, mas, as únicas coisas que falei sobre ele são exatamente as únicas que eu sei com certeza: ele é gordinho e mora no terceiro andar. Em momento algum eu disse que ele tem preconceito com os magros. Ou que ele é uma má pessoa, egocêntrica, burra e otária.


Você, por outro lado, tendo menos conhecimento sobre mim do que eu tenho sobre o gordinho, resolveu atestar que, sou burro, otário e egocêntrico. Você é o preconceituoso aqui, não eu. Se você tivesse lido meu blog inteiro (e dado provas disso), eu levaria a sério o que você disse. Mas você não leu e mesmo assim está me rotulando, me julgando e condenando.


Você é preconceituoso, Sherman. Você é MUITO preconceituoso.


Aliás, vou lhe deixar uma escolha aqui. Lembra que eu avisei que falaríamos sobre o fato de você talvez ter se ofendido com a piada”?. Então, me responda uma coisa. Você diz que é “gordo com orgulho”, mas vou te dar uma chance aqui: você é preconceituoso ou você não é um gordinho tão bem resolvido assim, a ponto de dizer “sou gordo com orgulho” como atestou?


Sim, você pode bancar o cool e até assinar como Sherman Klump, mas se você realmente fosse bem resolvido com isso, não teria se ofendido com a piada. Quer ver o que é uma pessoa bem resolvida com o próprio peso? Leia o comentário do Dragus (Dragus, desculpe trazer você para o meio dessa imundície) no mesmo post que você comentou. Isso é uma pessoa bem resolvida, diferente da imagem que você tenta passar.


Quer mais? A prova cabal de que você não é bem resolvido com seu peso é a sua declaração: “sua mãe poderia ser gorda, sua namorada, você”. Além do fato de que você está assumindo que elas e eu somos magros (preconceito da sua parte?), você está colocando a coisa como se ser gordo fosse ruim, como se eu ser gordo, minha mãe ser gorda, minha namorada ser gorda fosse uma tragédia para mim. Se você realmente deixaria de amar sua mãe e sua namorada por elas serem gordas, você é preconceituoso. Se você deixaria de se amar por ser gordo... Bem, não desconte isso em mim.


Posto isso, sobre apenas uma escolha para você fazer: você é gordo com orgulho e preconceituoso, ou você é gordo com orgulho e mentiroso?


Preconceito da minha parte achar isso? Não. Estou apenas deduzindo depois de ler tudo o que você escreveu. Sugiro que faça o mesmo comigo quando quiser falar sobre mim. Se fizesse isso, teria visto que o meu preconceito com as pessoas “que curtem essas paradas de religião” (expressão um tanto quanto preconceituosa, não?) simplesmente não existe. Leia este post aqui (com o comentário do Denys) para ficar se animar um pouco; depois, leia este post aqui (com o comentário do Denys) para ver que falou merda. De novo. E para ver que você foi preconceituoso. De novo.


Por fim, você disse que muitas pessoas não gostam de mim. E em tom de ameaça. Olhe, desculpe, mas eu realmente não trabalho com o conceito de “muitas pessoas”. Eu prefiro trabalhar com os nomes. A não ser, claro, que você ache que elas não querem ser identificadas. Ou você está (sendo preconceituoso e) declarando que elas são covardes demais para se identificarem aqui?


Ah, sim. Para terminar: você disse que todas as pessoas são diferentes. E eu acho isso ótimo.


Primeiro, porque se todas fossem iguais a mim, o mundo seria um lugar chato demais. Segundo, enquanto escrevia esse texto, percebi que eu não gostaria que todas fossem iguais a você. Aliás, sendo mais preciso, eu não gostaria da idéia de ter que ser igual a você.


E não porque você é gordo, como você quer pensar.


Mas por causa da sua atitude.


Adeus.



* 33 é o número de vezes que as palavras "Gordo" (12) e "Gorda" (21) foram publicadas neste blog (sem contar este post, por motivos óbvios).
Partindo do princípio que eu tenho 255 posts publicados, a palavra "Gordo" aparece, na média, uma vez a cada 21,25 posts; já a palavra "Gorda" surge, em média, uma vez, a cada 12,14 posts aqui no blog.
Como meus posts não costumam ser pequenos, os números comprovam que realmente isso é uma obsessão minha, eu não sei falar sobre outra coisa.

41 comentários:

Nash disse...

Esqueça Rob.
Primeiro, ao ler aqueles comentários cheios de erros de português, suspeitei seriamente de que se tratasse de alguém que LÊ o seu blog, e queria causar um novo post do tipo "Hóstia/Carmilinha".
E segundo, nós, os verdadeiros leitores do seu blog, sabemos que preconceituoso você não é, e que o "Sherman" não falou coisa com coisa.

ps.: E se faltar "tesão" pelo blog, dá-lhe Cialis no garoto! rsrs

Abraços

Arielle disse...

Aposto dez balas juquinha como o tal do Sherman deu googleada procurando por "ginástica para gordinho" e acabou vindo parar aqui.

Arielle disse...

Deu UMA googleada.

Detesto quando mudo de idéia no meio da frase e deixo vestígios ._.

renata disse...

rob rob

esse sherman, como se não bastasse ser chato no filme, veio ser chato aqui tb né? só vi hj...
mas, tb acho que ele é um fakezinho que só veio aqui pra tentar ser estrela de mais um post genial.

aí eu penso: que merda! agora até as "pessoinhas" interessantes estão sendo forjadas! onde esse mundo vai parar...

Thiago Neres disse...

Rob, eu acho que você perdeu seu tempo com o babaca lá.

Pelo que eu vi dos comentários dele, foi algum fake querendo chamar atenção e causar tumulto.

Banana disse...

"Róbe,

Eu tambeim axu vc mtu preconsseituozo. Axo um abissurdo vc fala issu dus gordus, sendu q sua namorada é gordinha - ah, eu so sua namorada! tambeim axu orriveu vc fala issu de queim gosta de rave metal, só pq agente fika varias ora ovindo rave metal e xupando bala. talveis seje ezatamente por issu que somus gordus, naum axa? bala, véi!
agora, açim: sua maim é magra. seu pai tambeim. eu me axu gorda, vc sabi dissu, e eu axu que, por issu, vc fika discontanu as coisas no gordo do seu predio. coitadu, róbe. eli naum teim culpa. axu que vc teim que comessar a olhar mais pru propriu umbigo - que ja ta bem gordinhu, pur sinal.
ahh, i tipu açim: essi lansse de religiao, vc tambeim é maior preconsseituozo tambeim, só pq o cara naum é da sua religao e não ove rave metal. um abissurdo.
axu que vc deveria pidir perdão, seu otariu, preconsseituozo, careca, gordinho, baixinho!! eu sei q vc roe unha! eu sei q vc ronca! eu sei q vc come salada so depois do prato principal! E COM A MAO!!!!!

vc não deveria ter permição de ezistir, Róbe.

hatenssiozamente.
Klump, S. "

Banana disse...

Ahnnnnnn bytheway: Sherman Klump sou eu, numa tentativa de extrair de você informações sobre meu peso. Amor, eu tô gorda????

:)

Neh esse não disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Neh esse não disse...

Taquipariu!
Sacanagem!Pensei que era mais um para o Hall da fama :(

Isso não se faz!

rbns disse...

Eu curto uma gordinha. Sempre curti :-)

Dama do Lago disse...

Rob,

Um sujeitinho que se esconde no anonimato e ainda por cima escreve sinceramente com DOIS ESSES?!?!?!?

Cara, deleta os comentários desse cretino(porque ele É um cretino) e ignora.

Sem falar em enxerga com CH e acha com X...esse tipinho não merece nem o post.

Rob, manda um beijão para a Sra. Gordon, estou devendo um comentário no blog dela que, aliás, está excelente ^_^

Bom fim de semana,

Beijo

Sil

Alexandre disse...

Rob, curto demais seu blog... mas começa a ignorar esses indivíduos que aparecem as vezes aqui. Eles não merecem esse gostinho de se sentir importantes!

Abraço!

Maps disse...

A Carmilla foi engraçada; o Hóstia caiu do céu (literalmente?); agora, tenho que concordar que esse Zé-Ninguém aí não merece um post tão elaborado não - ele provavelmente não entendeu 80%, Rob - as palavras estão muito difíceis! Você deveria ter escrito que nem a banana acima (aliás, ótimo comment, dá raiva já na segunda linha), porque o tal Sherman só entende linguagem adolescente-ignóbil do Orkut.

Quem sabe se você trocar as suas incríveis citações por trechos da 'Malhação' ou 'Zorra Total' ele vá entender alguma coisa. Mas creio que ele já perdeu por W.O. desde o dia que ele nasceu, pobrezinho...

Sherman disse...

Caro dono do blog,

Vc é muito dessaforado. Pq não aceita critícas sob oq vc pensa e se acha no direto de responde com um xiliqui meus comemtarios eu dei exemplos e vc ja quiz jogar a buxa pro meu lado tirarndo o seu c* da reta. ja q vc cute "heavy" metale não tem problema com religiãos, meu, não é isso que vc demonstrou nos seus pots. Ai vai meu email para q vc não diga q eu não tive corage de mostra qm eu sou

Sherman disse...

meu emai shermanklump2008@gmail.com

e pra finalisar axo q vc deverias ser mais paciente com qm reclama sobre seu jeito de ser e de pensar!
ok?

Natan Mestrinelli disse...

Sherman, além de você não entender nada de Rob Gordon, você é um burro. Depois de ter feito um comentário superficial e preconceituoso, e em seguida ser engolido pelo Rob, você INSISTE em não ficar quieto, coisa que já deveria ter feito. Seu comentário foi ofensivo e agressivo, e tá reclamando de obter uma resposta no mesmo nível, portanto só te digo uma coisa (a la Rob): CHUPA, SHERMAN!

Li pizzicato disse...

CHUPA, SHERMAN! [2]

Nash disse...

Cara (Sherman), sai da frente do PC e vai tomar umas aulas de português, pqp

Eduardo Araújo . disse...

(meu nome foi citado aqui, nossa!)

Eu adoro quando uma galera vem pagando de malandra sem saber de nada e leva uma esculachada!
:D
as respostas aos comentários desnecessários são ótimas

Tyler Bazz disse...

Meu... U.U

O Hóstia, a Carmilla.. eles eram engraçados. Eles fizeram a gente rir; ou melhor, deram motivos pra VOCÊ fazer a gente rir...

Mas esse cara aí, anônimo, fake, querendo aparecer (que deve ter criado o tal e-mail HOJE), não merece. Ele é digno de pena. Só.

Barretão disse...

Sherman, como disseram ao Babão Bueno uma vez, VAI PENTEAR MACACO! Pq VC deve ser GORDO, BURRO E OTÁRIO. *hum, eu tmb sou gordo, mas burro e otário fica de exclusividade sua*. E criar email há meia hora no gmail não é o jeito mais correto de se identificar, criatura tapada!

Rob, concordo com o povo que é perda de tempo fazer post sobre cada acéfalo que aparece em nossos blogs.

Qual dos personagens do Chico Anísio dizia isso? CALAAAAAAAAAAAADA!

Abs!

renata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Perci Carvalho disse...

Fui só que quem reparei que o Sherman comentou, falou em deixar o email e saiu correndo pra criar um e-mail no gmail pra poder se identificar?

bah


Sherman, fófis... hj já é possivel encontrar cursos de gramática pela internet! nao precisa nem sair de casa!! ói que maraviiilha ^__^
aliás... se vc procurar deve ter alguma comu no Orkut chamada 'dicas de português' ou algo assim...
e...seus comentarios nao mereciam comentarios...pelo menos não até o Rob decidir que mereciam um post.
ps: nao se ache muito.


ps2: Oi Rob! (achei que seria um pouco de falta de educaçao entrar no seu blog e conversar só com o outro cara)

romahribeiro disse...

menino Rob,

acompanho o blog há algum tempo e sempre me divirto pencas.

só acho que você causa um flame semanal para se defender de indivíduos que não merecem esse tipo de apreço. sim, porque se me tornasse personagem de seu blog, ficaria honrada.

resumo? deixa os idiotas de lado, não dê mais trela do que merecem. bater em cachorro morto mancha o sapato de pelica com sangue, moço! rs...

beijos!

Vinicius Marques disse...

Poisé. Essa onda de "politicamente correto" já encheu o saco. Bons tempos aqueles em que podíamos chamar as coisas e as pessoas pelo nome...

Perdido disse...

O post sobre a Carmilla até foi legal, mas esse foi chato... se o comentário é bobo, não precisa responder, basta ignorar.

Gosto muito mais dos posts sobre suas 'desventuras' (como o problema com o celular/cartao de credito, compra no supermercado) e dos top5.

Vinicius Marques disse...

Poisé. Essa onda de "politicamente correto" já encheu o saco. Bons tempos aqueles em que podíamos chamar as coisas e as pessoas pelo nome...

Larissa Bohnenberger disse...

Oh, god! Por que é que os anônimos divertidos e engraçados passam por aqui uma vez e nunca mais e os ignorantes sem sal voltam a dar o ar da graça??? Ainda bem que o Sherman é gordo, e não loira, pq se fosse e desse um pulo no meu blog, talvez até tentasse me colocar na cadeia. Aliás, por falar em gorda, há um tempo atrás eu comecei a fazer umas aulas de jump na academia (aquele da caminha elástica). Ainda bem que eu descobri aqui o tipo de tragédia que isso pode causar e parei há tempo de evitar uma catástrofe!

Bjs!

Fábio Buchecha disse...

Como assíduo leitor do seu blog, devo dizer que você perde tempo demais respondendo comentários cretinos. Prefiro posts, digamos, puros de origem.

Tanta dedicação em execrar tipos como o Hóstia, o Klump e a Carmilla faz alguns pensarem que você inventa essas coisas para ter o que escrever. Particularmente não acredito nisso (você inventar os personagens). Sou seu fã incondicional Rob, mas dá uma relaxada dessas coisas. Uma vez é legal, duas vezes é engraçadinho, três vezes enche...
___________________________________
TemPraQuemQuer

Pucci disse...

São caras como esse Sherman que me fazem apoiar a campanha: "Eu sou CONTRA a inclusão digital!"

hahaha

PS: sempre leio seu blog Rob, mas acho que comentei no maximo 1 ou 2 vezes ... por pura preguiça...adoro seus textos :)

abraços.

Dragus disse...

P/ Rob:

Nossa, nunca pensei que minha forma perfeitamente redonda fosse capaz de levar uma citação honrosa =)

Não me ofendi de modo algum, até os meus mosquitos-satélites, Deimos e Lua (afinal de contas a gravidade própria os prendeu em mim), concordam. =p

p/ Sherman:
Direito de resposta vem dos dois lados, ele usou o direito de resposta assim como usou seu comentário como tema de postagem, o que é o certo, dado que se o blogueiro pode ser responsabilizado civil/criminalmente por seus comentários porque não fazer deles temas?

Ficam dicas:
1- Português não é um pênis de desenho pornô japonês, ou seja, ele não vai te matar, logo, não custa nada tentar se fazer entender em um idioma válido, não esse internetês-miguxês-neo-brasileiro.
2- Você não lê, seleciona partes que interessa. Deve provavelmente ser ligado a alguma corrente de pensamento demagoga (alguma ong provavelmente) e do mesmo modo que deveria evitar blogs sarcásticos também aconselho evitar Casseta & Planeta e alguns quadros do Pânico da TV.
3- Você é fake.

p/ Fábio:
O legal em determinados segmentos de blogs justamente isso, não vejo problema em usar esse artifício, vejo problema em depender dele, o que não é o caso do Rob evidentemente. =p

Fábio Buchecha disse...

(sem querer tornar a caixa de comments do Rob em um chat-box, mas já tornando) Concordo com você Dragonildo. Também não vejo problemas em usar desse artifício. Só comentei tal coisa porque o Rob diversas vezes já disse categoricamente que tudo o que ele fala aqui no Champ é a mais pura verdade. É só ler os post sobre o caso Visa =P

Estou correto Rob?
___________________________________
TemPraQuemQuer

Fernanda disse...

Resposta ao seu melhor estilo rob...

Sem mais comentários...

Eduardo disse...

Acho interessante como algumas pessoas se ofendem com besteiras e rotulam algo superficial como se fosse algo grave!/ ..o q me permite concluir:
_Existem pessoas q realmente não têm o q fazer, o q retoma a velha e boa frase: "Falta do q fazer é uma dádivA!"
_"Cara".. ninguém é obrigado a ler, e/ou concordar com isso aki.. o espaço é do Rob, e, penso, q ele tem todo o direito de expor as opniões(dele!)... sem ofender ninguém (tomando como base a frase: "Nossos direitos acabam onde os direitos dos outros começam")..e em momento algum ach q ele ofendeu alguém...
_Hm... não gostou?! /é simples... nunca mais volte aki... é muito simples...

_E p terminar: "-Eu vou continuar lendo os Posts.. independent 'dos contras' de algumas pessoas"
_Continua a escrever "GrAnDe Rob!!!, [grande] se ñ no tamanho q seja então nos pensamentos" (Ah... e nem invente de chamar isso de preconceito, Rob, rsrs... pq tbm tenh meus ínferos 1,60m, portanto, Ñ é preconceito!!

Rob Gordon disse...

Fábio:

Corretíssimo.

Alê disse...

Querido Robs....
eu acho q sim, vc tem que continuar a responder aos malas/containers (é... esse é vc sherman). Eu adoro essas brigas... tanto que só não grito "iiiiéééé!!!! chamou o pai de coxinha..." pq o Sherman pode ficar com água na boca.
ps: eu não sou um gordinho bem resolvido. Eu estou gordinho.. .HUAUAHAUHAUH

Zê tantonio disse...

Nossa...

muito otário esse mane.



se liga sherman.

vai correr! =D

ashuahushas

marifreica disse...

Geralmente quem acusa de preconceito é o maior preconceituoso em questão.

É o caso do nosso "querido amigo" Sherman...

Pedro disse...

Fazia um tempo que não visitava o blog, perdi muita coisa que não dá pra recuperar, mas agora voltarei a programação normal.

Principalmente após a visita e comentário de Rob Gordon no meu humilde blog pessoal.

Valeu o apoio.

E Adoro seus post respostas à comentários inúteis. São sempre engraçados e ao mesmo tempo nos faz pensar em como agir sem pensar pode dar muita merda.

Abraços.

Chantinon disse...

Convenhamos...
Sherman é um nome muito gay!

Hahahah!

CAMALEÂO no AQUÀRIO disse...

Legal cara, gosto das coisas que você escreve(Ops, por enquanto só li duas postagens,mas posso afirmar a frase acima pelo simples fato de já ter gostado das duas), porém, uma coisa me chamou a atenção ( perdôe-me se a pergunta parece idiota), mas porque tu te ofende tanto com comentários "críticos"de pessoas anônimas?
Bom, sei que te rendeu bons textos, no entanto, acredito que você gasta tempo demais se preocupando com estes seres ignóbeis que nada sabem fazer a não ser criticar...No mais, parabéns, gosto de pessoas cultas e de personalidade, e pelo jeito, estas qualidades não lhes faltaram tão cedo...

abraços...