7 de março de 2008

Dia da Mulher

Fui convidado a participar de uma blogagem coletiva agendada para hoje sobre o Dia da Mulher. Vou ser sincero, eu não vejo muito o que falar sobre o assunto. Primeiro, porque qualquer coisa que eu escrever aqui vai cair no clichê de “mulheres são corajosas, mulheres são fortes”, bem no esquema Maria, Maria de ser. Segundo, porque mulheres, para mim, são como vinho: eu gosto bastante delas, mas não entendo quase nada do assunto. E, quando acho que estou começando a entender, acontece algo que mostra que sou totalmente amador mesmo.

Mas a idéia me fez pensar não exatamente sobre o Dia da Mulher, mas sobre a idéia mulher. Fiquei com o conceito “mulher” na cabeça o dia todo. Passei o dia tentando defini-la na minha cabeça, mas não consegui. Na verdade, consegui, mas não surgiu nada que me parecesse original, ou que, ao menos, tivesse um diferencial. E elas merecem algo assim. Afinal, se elas têm um dia só para elas, devem ser importantes, merecem uma definição especial. Eu, por exemplo, não tenho dia nenhum. Logo, eu sou apenas “o cara do Champ”.

Enfim, acabei chegando a uma solução. A melhor maneira de você definir algo é encontrar o seu símbolo. Signo e significado. E, bem... Eu tenho o símbolo das mulheres aqui comigo. Tenho a imagem das mulheres, tenho o som das mulheres. As palavras? Palavras são totalmente desnecessárias aqui. Amor. Coragem. Inteligência. Sensibilidade. Beleza. Brilho. A música apenas emoldura isso.


boomp3.com



18 comentários:

Thiago Neres disse...

Ooooh Rob, que bonitinho... hahahaha :D

Mas você quebrou a promessa de voltar com a programação normal =)

Jota disse...

A escolha da foto foi certeira. E o comentário embaixo dela tb.

An@Lu disse...

Eita que declaração linda hein?! Não dá para evitar fazer um Ohhhhhhh... Ainda mais quando colocamos a música para tocar. Que fofo!!!

Li disse...

Nossinhora, que lindo.
:)

Júlio disse...

gatinha ela hein?
E com uma declaração destas, sorte dela e sua :-)

eheheh...deixa é ir procurar alguma coisa pra minha isso sim!!
;-)

Iza disse...

Achei linda esta postagem. Já posso imaginar o encantamento em que sua mulher se encontra. Eu adoro ver casais apaixonados, em harmonia. Meu marido ainda não se sentiu atraído pela internet mas também é muito gentil comigo.
Criatividade não te falta!

Pâmela disse...

Que graçinha!
Não imaginava uma declaração mais fofa para alguém...
Ee não dá pra evitar:
ooooooooooh!
:3

Rafael Lustosa disse...

Opa..

interessado em parceria?
tenho um blog do Atletico Mineiro..

www.galoalvinegro.blogspot.com

gostaria que desse uma olhada! em breve estaremos providenciando layout proprio nosso!

responda como comentario no meu blog por favor! obrigado!

Eduardo Araújo disse...

Achei tão Brega/COOL !


batuta :D

Redd disse...

como mulher e leitora do seu blog eu digo q vc não poderia ter escolhido musica melhor!

e realmente, mto melhor do q encher o post de palavras clichês... rsss

Dr. Spock disse...

Como sempre, um ótimo texto nesse blog que considero um dos melhores da blogosfera!
Rob Gordon, procurei um email pra enviar isso, mas não encontrei. Não sei se pensa como eu, ou seja, não curte memes, mas estou aqui para te convidar a participar de um que só participei por achar muito interessante! Depois passa no Oloucomeu pra ver do que se trata.
Grande abraço!

O show do Maiden deve ter sido algo de provocar arrepios e fazer chorar...

Garbo disse...

cara, eu nao sou a favor de dias comemorativos a um grupo especifico, justamente pq esse é sempre um grupo que foi massacrado e explorado, que ainda é e que não deve deixar de ser por muito tempo.

Dia da consciencia negra, dia da mulher, dia do indio e etc, o q esses grupos tem para serem homenageados?

São todos de alguma forma parias na sociedade, em alguma area da vida deles eles sao parias.

os negros so se veem na tv um de cada vez, as mulheres ainda ganham menos que os homens (em situaçoes sem tabela, como executivos) e os indios nem se fala.

seria util se nesses dias a midia fizesse algo consientizador e profundo falando do q se fez e se faz com esses grupos e nao a mesma demagogia de sempre, por ela entao, deveria existir o dia do homem branco que faze tudo isso com todos e cria um dia para comprar-lhes a boa vontade...

MaxReinert disse...

Eitas... mandou bem pra C... e :

ohhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!

Flor disse...

é isso ai...
muito bom, o texto...
assim como mulher é muito bom!

gostei

Jane disse...

Aíííí Cu
Isso foi bonito. Adorei! Tá mesmo apaixonado, hein.
Felicidades pra vocês.
Beijo

Bruno disse...

Ah, mulheres, mulheres...

Otavio Cohen disse...

ooooh...

Nathy. disse...

aiii que liindo . Quaase me emocionei aki, sério mesmo sem ironias. :DD

o amoor é liiindo.!