19 de novembro de 2007

Rob Gordon X Tim - Round 1

(ou: A Prova Definitiva da Boçalidade Humana)


Local: Loja Tim do Shopping Ibirapuera (SP)
Horário: 21:55.


– TIM, Fulano de Tal, boa noite. Em que posso ajudá-lo?

– Boa noite. Meu celular foi roubado e eu bloqueei a linha. Estou numa loja TIM, para comprar um novo aparelho, e me informaram que, antes disso, eu preciso desbloquear a linha para um chip do mesmo número ser gerado.

– Correto, senhor. Para isso, eu vou precisar da senha que o senhor usou para bloquear a linha.

– Que senha?

– A senha de quatro dígitos que foi pedida ao senhor, quando o senhor bloqueou a linha.

– Não, não me pediram nenhuma senha.

– Eu não posso desbloquear o aparelho sem a senha.

– Isso não muda o fato de que não me pediram senha nenhuma.

– Senhor, para a sua segurança, sempre é pedida uma senha para bloquear a linha.

– Bem, espero que você tenha um plano B no bolso, porque não me pediram senha nenhuma.

– Senhor, eu preciso da senha para desbloquear a linha.

– Você está realmente prestando atenção no que eu estou falando? Eu disse que não me pediram senha nenhuma.

– O procedimento é que peçam uma senha para o senhor. Eu não posso desbloquear sem a senha.

– E se não me pediram a senha? O que eu faço?

– Eu não posso desbloquear a linha sem a senha.

– Você é idiota? Você está ouvindo o que eu estou falando?

– Senhor, a sua ligação está sendo gravada a partir deste minuto.

– Grave o que você quiser. Eu quero saber como desbloquear a minha linha! Eu não posso confirmar todos os meus dados com você, como CPF, RG e você desbloquear?

– Não senhor. A única maneira de desbloquear a linha é com a senha.

– Então porque a senha não me foi passada?

– É o próprio cliente quem cria a senha no momento do bloqueio.

– Então, eu supostamente criei uma senha de quatro dígitos, é isso? Olhe, eu admito que se a atendente tivesse me falado uma senha, eu poderia ter esquecido. Eu havia acabado de ser assaltado, estava nervoso. Agora, você dizer que eu simplesmente esqueci que, no meio de uma ligação que aconteceu ontem, eu fui obrigado a parar a conversa, criar uma senha com quatro dígitos e informar a atendente... Bem, você está me chamando de tapado.

– Não senhor. Estou apenas explicando o procedimento.

– MAS FORAM VOCÊS QUEM NÃO CUMPRIRAM O PROCEDIMENTO! NÃO ME PEDIRAM SENHA NENHUMA!

– Senhor, infelizmente eu não posso desbloquear a linha sem a senha.

– Meu amigo, eu estou com um problema criado pela Tim, e a Tim se recusa a resolver.

– Senhor, a criação da senha é o procedimento padrão.

– Ótimo. Então você pode me explicar porque não me foi pedida a senha?

– Não senhor. Não posso responder pelo atendimento que o senhor recebeu com outro atendente.

– Por que não? Você fala pela TIM, não fala? A TIM me passou uma informação errada, e você, como funcionário da TIM, tem a obrigação de me dar uma satisfação. Você não está gravando esse lixo de conversa que estamos tendo? Vá checar a merda da gravação da conversa que eu tive ontem! Ninguém me pediu senha nenhuma!

– Eu não tenho acesso a isso, senhor.

– Entendi. Então, eu estou mentindo. Mas você não tem como provar, certo? Sua situação é bem confortável.

– Eu não tenho acesso a gravações de outras ligações.

– Ok. Quer saber? Vamos tentar de outro jeito. Eu não tenho a senha. Não foi pedida senha nenhuma. Com essa informação na mesa, como eu, cliente Tim, faço para desbloquear minha linha?

– O senhor precisa fornecer a sua senha de quatro...

– EU NÃO TENHO UMA SENHA! EU PRECISO DE OUTRA MANEIRA DE DESBLOQUEAR ESSA MERDA!

– O senhor tem que ir até a uma loja TIM e efetuar o desbloqueio lá.

– Ah, então existe outra maneira. Eu não vou perder meu tempo perguntando a você porque você não me disse isso antes. É capaz de eu ter que dar uma senha que não existe para você responder. Agora, a loja que eu preciso ir tem que ser própria, ou pode ser revenda?

– Tem que ser loja própria.

– E o que eu preciso levar?

– Seus documentos originais e um comprovante de residência. Assim, eles podem desbloquear a linha na própria loja.

– Entendi. O Boletim de Ocorrência serve como comprovante de residência?

– Sim senhor.

– Então, olhe só que interessante. Eu não estou em casa. Adivinhe onde estou? Estou numa loja Tim! E... veja só, eu tenho todos meus documentos aqui. Legal, não? Agora, sabe por que eu estou no telefone com você? Porque na loja me falaram que apenas a central pode desbloquear.

– A loja pode efetuar o desbloqueio, senhor.

– Bom, você diz uma coisa e a loja, outra. Eu não vou descobrir quem tem razão. Eu não vou fazer o trabalho da Tim, limpando a cagada que vocês fizeram. Você vai falar com o funcionário da loja.

Passei o telefone para o atendente da loja, que explicou ao débil-mental do atendimento que a loja não tem como efetuar o desbloqueio da linha, num caso desses. Aparentemente, o idiota não sabia disso também. O funcionário da loja me devolveu o telefone. Peguei o aparelho e disse:

– Pronto. Você estava errado, mais uma vez. Quero desbloquear minha linha. Como eu faço?

– O senhor precisa me fornecer a senha de quatro dígitos.

– Vem cá, você está de sacanagem?

– Sem isso, eu não tenho como ter certeza se foi o senhor quem bloqueou o celular.

– Deixe ver eu se entendi. Eu fui assaltado, perdi meu aparelho. Não vou entrar no mérito da violência urbana, isso aparentemente não é culpa sua. Agora, estou aqui na loja Tim, tentando comprar outro aparelho e continuar como cliente de vocês, coisa que eu sou há cinco anos. Só que eu tenho que provar para vocês que eu não sou o ladrão, é isso? Você acha que eu vou de loja em loja tentando aplicar esse golpe?

– Senhor, eu estou olhando a senha aqui na minha frente. O senhor precisa me confirmar essa informação.

– Como você está olhando se ela não foi criada?

– Ela está aqui na minha frente.

– Ok. Foda-se. Você precisa de uma senha? Ótimo. Minha senha é 1 2 3 4.

– Um minuto, senhor. Vou checar.

– Não, animal, não precisa checar nada. Eu acabei de inventar essa senha.

A loja inteira começou a rir. Pelo menos, alguém ali acreditava que eu não sou um ladrão. Sim, porque só faltou ele me acusar de roubar o meu próprio celular.

– Senhor, eu preciso da senha verdadeira para desbloquear sua linha.

– Eu estou dizendo que não posso dar a senha verdadeira porque eu não tenho uma senha verdadeira. Olhe, se eu fosse comprar outro aparelho, com outra linha, o que você poderia fazer por mim?

– A loja pode lhe dar o desconto padrão para novos clientes Tim na compra do aparelho. Dependendo do plano que o senhor, claro.

– Eu não quero um desconto desses! Eu sou cliente dessa merda há cinco anos! Não me trate como se eu fosse uma pessoa qualquer! Quer saber, eu não vou comprar merda nenhuma. Eu quero a porra da minha linha desbloqueada agora!

– Para isso, eu preciso da senha que o senhor criou.

– Será que você poderia me dizer por que de, já que eu deveria ter uma senha, a atendente não me pediu uma senha?

– Eu não posso responder pelo outro atendente.

– Bem, vou cancelar minha conta. Já que você não pode responder pela Tim, eu quero um conselho. Qual você sugere: Claro ou Vivo?

– Senhor, eu respondo apenas pela Tim.

– Ok. Foda-se você. Cansei. Quero cancelar minha conta.

– Para isso, o senhor precisa ligar na central de relacionamento.

– Ah, ok. Obrigado por nada.

– A Tim agradece a sua ligação e tenha...

Bati o telefone na cara dele. E fui para casa.

O interessante é que ontem eu tentei ligar novamente, já disposto a cancelar minha conta. Consegui ser atendido na quarta vez, o que mostra a eficiência da empresa. Pedi para falar com a central de relacionamento e a menina, antes me transferir, pediu que eu explicasse como ela poderia ajudar. Eu contei a história inteira. Adivinhem qual foi a resposta dela?

– Estou olhando sua conta, senhor, e realmente a senha de bloqueio não foi pedida. Eu posso desbloquear sua linha, mas preciso que o senhor confirme alguns dados comigo.

Comecei a gargalhar no telefone. Não desbloqueei porra nenhuma.

Hoje a noite vai ter o segundo round.
(dependendo do resultado da ligação de hoje a noite, esse texto será enviado para o e-mail da Tim a cada meia hora, com o link da postagem original)

(Leia o 2º round aqui.)

31 comentários:

Davis disse...

Ainda bem que aqui as coisas podem ser resolvidas por e-mail ou na loja. :)

Tati disse...

Falar com um atendente desses e com um robô dá na mesma. Parece até que eles não têm a mínima intenção de sair do script, por isso quando vêem uma situação diferente, ficam repetindo a mesma ladainha. E o pior: acredite se quiser, mas essas pessoas que trabalham em telemarketing são os que mais têm tendência à depressão. Acho que deprimido ficamos nós ao ser tratados como idiotas. Não deixe barato não!

Daphne disse...

Desculpe, mas é bom saber que eu não sou a única cagada de urubu. Tenho uma história bem similar, só que com a VIVO. Hoje também vou tentar resolver isso, e conto aqui depois como foi. Boa sorte aí.

Anônimo disse...

Profundamente irritante. Seria até engraçado se não envolvesse interesse pessoal do cliente. Meus 2 filhos tiveram seus celulares roubados tbm. Vivi momentos de extrema necessidade de esganar alguém do outro lado da linha. Os atendentes da TIM não sabem de nada, dão sempre a mesma resposta e não tem interesse algum em resolver nossos problemas. São umas antas que devem ter uma lista de respostas cretinas para nossas dúvidas. Insuportável....

Jamil disse...

Lamentável você descarregar sua raiva pela empresa em cima do atendente que segue um padrão que lhe é imposto. E ainda acha bonito esse comportamento agressivo e vulgar.

Braga disse...

Juro por Deus que ri, não da tua desgraça, mas da forma que foi escrito, genial, como sempre. Esses atendentes nos dão dos nervos. É um terror ligar pra NET quando a minha Virtua fica uma bosta em dias ensolarados, te entendo perfeitamente.

Lidiana de Moraes disse...

Malditos atendimentos!!!
Eu tive uma briga similar com uma atendente da FNAC!
Eles simplesmente me venderam um cd q eu comprei para dar de presente e mais tarde qual não foi a surpresa de saber que não tinha porra nenhuma dentro da caixa?
Malditos atendimentos!!!

Mau disse...

HOHOHOHO, essa história vai dar o que falar aqui no Champ Vinyl então, né? Esperando a conversa de hoje a noite ser postada ansiosamente.

Aliás, o pior de tudo isso é, talvez, perder contato com pessoas como Adriano e os amigos e parentes da Natália.

PS: Loja da Tim aberta as 21:55? Uau! São Paulo não para mesmo.

Ovelha disse...

A boa e velha burocracia... :-)

Bella...=^.^= disse...

por essas e outras q eu larguei a tim.

Mkt disse...

Só muda o endereço. Estou brigando a 1 ano com a Brasil Telecom por causa da Fidelização da ADSL que sempre "esquecem" de dar o desconto. Já passei pela Ouvidoria da BRT e agora já tenho o segundo protocolo da ANATEL. Não sei se é o treinamento que dão a eles ou contratam os mais topeiras pra esse serviço. Pois nem os textos que eles digitam no atendimento confere com a reclamação feita. Impressionante!

thiago disse...

seus textos são enormes demais...

Noel disse...

cara.. por um acaso vim parar no seu blog... to aqui gargalhando e com vontade de bater no atendente ao mesmo tempo! eu fui, FUI (gracas ao deus zico, eu FUI!) cliente da TIM.... putz.. so passei raiva! demorei naum sei qtos meses pra eles largarem o meu calcanhar e me deixarem em paz.. quer um conselho? manda eles pra puta q pariu e cancela sua linha!

Noel disse...

vou favoritar seu blog. quero ler o desfecho da historia!

MizLilian disse...

O Jamil é atendente de telemarketing? Ou será que ele sempre foi bem atendido por essas antas pré-programadas?

Chupa, Jamil. (ele poderia virar personagem não acham?)

Renata disse...

voto em jamil e thiago pra serem temas de um novo post. um defende telemarketing, ou seja, grave desvio de personalidade, e o outro só gosta de ler textos com menos de 10 caracteres. uhu! (só falta o hóstia aparecer agora)

Isadora A. disse...

CADÊ O HOSTIA !?!?!?!?!

\o/


a gente quer ver sangue !

Delírios da Del disse...

Bem vindo à Tim. Aconteceu coisa parecida comigo, mas era para cancelar o envio de mensagens de notícias pelo celular. Depois de algumas horas gritando, espernenado e quase chorando no cel (porque cada mensagem custava R$50 centavos, e eu recebia pelo menos 10 por dia...)finalmente um atendente legal resolveu meu problemasa.
Acho que eles fazem de sacanagem!

Enfim...a minha conta só chega semana que vem e eu já to me preparando para pagar as mensagens que recebi!

As vezes a Tim irrita seus clientes, mas não a troca de forma alguma!

Me diverti muito com o texto...

Beijão

Otávio B. disse...

Meu amigo, que situação...Raiva deve ser o mínimo que você passou, e realmente dá uma vontade imensa de socar aquele ser que está la do outro lado e te pede coisas impossíveis...

me diverti com o texto, muito bom.

Abraços!

http://espadadotemplario.blogspot.com/

ianslater disse...

Haha, muito bom esse teu texto, é rir pra não chorar mesmo.

Será que esses atendentes são demitidos se resolverem agir como seres humanos, e não robôs? Chega a ser bizarro falar com alguns deles ao telefone.

Marcelo disse...

a tim eh uma merda, mas as outras tmb sao,o bom eh nao ter celular

Johnny M. disse...

Eu comecei a ler o post pela manhã mas só agora pude concluir e deixar um comentário. Olha, que apurrinhação, hein... mas pelo menos ela serviu pra vc criar um texto genial. Muito bom mesmo. Me fez lembrar de Kafka. Vc está em um processo kafkiano..rs... Boa sorte.

MaxReinert disse...

uahahaha...

Socorro!!!!

huahauhauhuahuahuahuhauhuahuahuahuahuahuhauhauhauhauhauhauhauhauhauhuhuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahuahhaahuhauhauhauuahuahuahuahuahuahuahuahuhauahuahuahuahu....

Jamil e Thiago são ótimos tbm!!!!

Poxa... vc atrai, hein?

MizLilian disse...

Huahauhauahu tinha esquecido do Thiago. façamos um abaixo assinado pra incluí-lo como personagem tb, ao lado do hóstia, da síndica psicótica e agora, do jamil...

Júlio disse...

Úma vez meu cel estava bloqueado do nada, liguei
eu: meu celular esta travado.
at: estou vendo que você migrou ontem para GSM, e nossa rede esta com problemas
eu: !!!!! meu ceklular é CDMA!!
at: Não senhor, seu celular é um ericsson bla bla...GSM
Eu: ESTOU AQUI NAS MAOS!! É UM LGMX200!!!
At: nã senhor...(repete)
Desliguei na cara e tiver de ir na loja, migraram o número errado.

Pobre disse...

vc tenm uma ótima memória, lembrar de uma conversa tão longa e irritante como essa, com tantos detalhes..é dureza hein..um pouco de fantasia pra ilustrar a história não faz mal a ninguém não é mesmo?!

Larissa disse...

Seu nome se adequa muito bem a você, pobre...
Pobre, em espanhol, é tadinho.

renata disse...

TAAAAADINHO DO POBRE!!!!

hsuahsuahsuahsuashaushaushaush

Maps disse...

Pobre Pobre! Que pobreza!

Caraca, esses posts dessa vez renderam bem! Temos em um só grupo o Jamil, o Thiago, o Pobre e o Hóstia - in memorian (esse merece menção honrosa por uns bons meses)!

Vou checar periodicamente esse histórico-ímã de doido... qualquer hora aparece mais um adicionando alguma pérola!

thiago disse...

passo por isso TODA vez que preciso de algum atendimento da tim...

Pri disse...

Eu precisei criar uma senha quando meu aparelho foi roubado...