8 de novembro de 2007

A Família Cresce

Após quase 1 ano e meio mantendo o Championship Vinyl, é chegada a hora de anunciar, com bastante orgulho, que um antigo projeto meu acabou saindo do papel. Já faz algum tempo que eu gostaria de escrever críticas e resenhas sobre o que assisto, leio e ouço, mas sempre achei que esse tipo de texto simplesmente não se encaixa aqui neste blog. Tentei algumas vezes, com os primeiros filmes da série Longa Jornada Noite Adentro, ou com a resenha sobre o show do Alice Cooper, mas sempre soube que este não era o perfil do blog.

E a vontade foi apertando. A idéia foi crescendo na minha cabeça.

Dito isso, apresento com orgulho a mais nova filial da cadeia Championship: o blog Championship Review. Da mesma forma que as crônicas do Championship Chronicles ganharam um blog apenas para elas por não se encaixarem aqui, minhas resenhas acabam de ganhar um espaço apenas para elas. Livros, CDs, filmes, seriados... Tudo o que cair na minha mão e valer a pena ser comentado ganhará um espaço ali, em textos mais formais e analíticos. E, para não começar um blog desses do zero, já tenho uma meia dúzia de posts ali, que escrevi ao longo das últimas semanas e publiquei antes de divulgar o blog.

O layout, como é de costume, é o mesmo usado no nascimento do Championship Vinyl e do Championship Chronicles. Superstição? Sim, provavelmente. Conforme o tempo for passando e ele for ganhando personalidade própria, ganhará um visual novo. Por enquanto, ele ainda é muito criança para isso. Quanto ao conteúdo, espero realmente que gostem do blog, mesmo sabendo que ele tem uma proposta totalmente diferente deste aqui, como o Chronicles, que, com o passar do tempo, também ganhou leitores cativos, para o ciúmes deste blog aqui. Quanto às atualizações, tentarei fazê-las com freqüência, mesmo sabendo que, em termos de tempo, criar um terceiro blog é loucura total.

Aliás, falando em layout, convido a todos conhecerem o novo visual do Chronicles, que já está no ar a alguns dias. Ainda não está finalizado, faltando alguns ajustes, mas grande parte já está no ar. E, como todo blogueiro faz um post toda vez que muda o layout do blog, resolvi celebrar a mudança com uma crônica especial, que você lê aqui. Meu plano era que essa fosse a crônica mais recente do blog quando eu divulgasse oficialmente o novo layout, o que faço agora, mas outro dia tive uma inspiração no meio da madrugada e acabei postando. O texto... ou melhor, Texto (com maiúscula, mesmo), está aqui.

Mas não fiquem preocupados com o Championship Vinyl. Ele continuará a ser o blog principal da cadeia, e, certamente, aquele que terá atualizações mais freqüentes. Afinal, como os leitores mais antigos sabem, este blog tem um gênio bem difícil, é egocêntrico e altamente vingativo. Logo, seria estupidez da minha parte provocar alguém assim. E, cá entre nós, se estou motivado a criar ainda mais um blog, isso acontece apenas por causa dos leitores que entram aqui no Champ e comentam nos posts, mostrando que realmente gostam do que escrevo.

Vocês fazem uma diferença muito grande toda vez que olho a tela em branco na minha frente e não sei sobre o que escrever. E vocês fizeram uma diferença muito grande quando comecei a pensar se "vale a pena criar outro blog".

Vale. Vale a pena tentar. E você estar aqui lendo prova isso.

Afinal, com ou sem crônicas, com ou sem resenhas, isso é algo que eu jamais vou deixar de lado.

Se emocionaram? Ótimo. Feita a parte política, é a hora de vocês fazerem sua parte. Conheça o Review, visite o Chronicles. E comente, claro. Comente here, there, everywhere (beatles mode: on). Só peço para não começarem a comentar os textos do Chronicles no Review e as críticas do Review no Champ, só para me sacanear. Aí eu terei que contratar um estagiário para organizar tudo isso.

E, claro, volte sempre aqui. Pois já faz bastante tempo que este blog se tornou tão seu quanto meu.

Apenas não se esqueça que eu, Jonas, Besta-fera, Jasmim, minha vizinha suicida, minha síndica mafiosa, minha dentista nazista e todos os outros personagens temos, juntos, a maioridade das ações. Nós que mandamos aqui, não se esqueça disso.

Quer dizer, na verdade, eles que mandam. Eu apenas escrevo.

12 comentários:

Gilgomex™ disse...

fiadapu...
como assim???

mais um blog tão bem escrito?
manter 3 blogs... com qualidade acima da média de quase todos que leio...

caramba... e eu to "si matando" pra manter um...

triste.

PS: Ô fase!

Varotto disse...

Você está inflacionando o mercado...

RafiX disse...

O Senhor é um fanfarrão, Sr. Rob.

Muito bem escrito o terceiro blog também!

Não vou rasgar muita seda, mas tá de parabéns! ^^

Anônimo disse...

Parabéns pelo novo blog! Ainda nem conferi se é tão bom quanto os outros, mas a expectativa é grande. A idéia é muito boa, e sei que será colocada em prática da melhor forma possível. Então, só tenho a te desejar boa sorte nessa nova empreitada.

Felipe Lima disse...

Só para constar, o anônimo aí em cima sou eu. Pequena falha técnica no momento de publicar.

Otavio Cohen disse...

qualquer coisa eu me candidato a estagiário eheheh.

Thais disse...

Vida longa ao Champ Review!!! \o/ \o/

Wagner disse...

Robs, parabens!! Você merece e vida prospera e longa ao novo blog! Championship Review... eles crescem tão rápidos, né... snif snif!

o amnésico disse...

E depois fala do Arthurius! Muito bom o Review, está de parabéns de novo.

E tem uma indicação pra você no meu blog, passa lá pra ver quando puder.

Abraço.

Lanark disse...

Hum... espero que agora eu possa ver mais resenhas de de histórias em quadrinhos. Pode me chamar de retardado, mas de todas as mídias, essa é a que mais me atrai. Mais do que cinema e literatura até.


E aliás, sublime a resenha do Cav. das Trevas.

vera maya disse...

Parabéns Rob
Nao conferi mas nao tenho a menor duvida da qualidade.
Quanto aO TEXTO, nossaa, mas vou comentar lá..

E ia te perguntar da Besta-Fera, por quem tenho um carinho muito especial...Ufa..ainda bem que ele ainda está ai..

Bjos

Mariliza Silva disse...

Olha o monopólio heim!!!!
Só uma perguntinha... o Besta Fera não vai dar as opiniões dele sobre os filmes que o dono dele o obriga a assistir???rsrsrs

beijos e desculpe a ausência. Não foi de propósito. É a bendita falta de tempo.
Mariliza