9 de agosto de 2007

Meme(sa) Redonda - Parte I

Conforme prometido no post anterior, segue o início da descrição da entrevista concedida por Rob Gordon (e pelo blog Championship Vinyl), para a resposta dos memes. Esta versão não está editada, contendo a primeira parte do debate na íntegra.

Entrevistadora: Vamos começar a entrevista fazendo um pequeno perfil. Rob, fale mais sobre você, por favor.

Rob Gordon: Ok, eu sou jornalista, moro em São Paulo e estou com 31 anos. Tenho o blog faz pouco mais de um ano e...

Championship Vinyl: “Eu tenho um blog”. Detesto quando você diz isso para as pessoas.

Entrevistadora: Como assim, Championship?

Championship Vinyl: Ah, ele tem esse sentimento de posse. Ele fala isso para todo mundo: “Eu tenho um blog”. Deve ser alguma crise de insegurança, ele precisa se auto-afirmar em todos os momentos. E eu odeio essa frase. Veja, ele tem um blog, mas eu sou blog. Ou seja, mesmo ele falando que eu sou dele, a verdade é justamente o contrário. Ele é apenas o meu autor, uma ferramenta que eu uso para ser um blog bom. Se um dia eu achar que os textos dele – que já não grande coisa mesmo – piorarem ainda mais, demito na mesma hora e contrato outro autor. Simples.

Rob Gordon: Se você fizer isso, eu simplesmente apago você.

Championship Vinyl: Duvido. No momento que você for demitido, eu altero o login e a senha e você não terá mais acesso.

Entrevistadora: Interessante esse relacionamento que você tem com o blog. Não sabia que o Championship Vinyl era tão atuante assim dentro do processo criativo. Vocês formam uma parceria, então?

Rob Gordon: Não.

Championship Vinyl: Não. Mas se formássemos, eu seria o líder.

Rob Gordon: [suspiro]

Entrevistadora: Bem, acredito que podemos começar a responder os memes.

Championship Vinyl: Antes eu queria agradecer a todos os leitores que mandaram os memes, pedindo minha opinião sobre esses assuntos...

Rob Gordon: Eles querem a MINHA opinião!

Championship Vinyl: Não seja desagradável e pare de me interromper. Você precisa cuidar dessa sua insegurança, sabia? Enfim, agradeço a todos os leitores e gostaria de aproveitar e dizer aqui que, mesmo com o Rob amaldiçoando todos os memes que recebe, eles são sempre bem vindos! Vamos começar?

Rob Gordon: Champ, EU vou responder os memes, ok? Não você.

Championship Vinyl: Ok, Rob. Não é culpa minha se eu faço mais sucesso que você. Mas não precisa ficar enciumado, eu ajudo você com as respostas.

Rob Gordon: Pelo amor de Deus, podemos começar com os memes?

Entrevistadora: Claro, é para isso que estamos aqui. Rob, o Devaneio Abissal mandou a seguinte pergunta para você. Por que você tem um blog?

Championship Vinyl: Ele não tem um blog, o blog é que tem ele!

Rob Gordon: Deus do céu...

Entrevistadora: Championship, realmente, acredito que essa pergunta seja dirigida mais ao Rob, mesmo...

Championship Vinyl: Ok, sem problemas, lindinha. Posso apenas dizer que responderei com prazer a qualquer meme que me enviarem, perguntando coisas como “por que você é um blog?” ou “por que manter um idiota como autor”. Mas você quem manda aqui, lindeza. Vamos passar a palavra ao Rob. E você, veja se não me envergonha com a resposta!

Rob Gordon: Olhe, eu sempre gostei de escrever. Sempre, desde moleque e...

Championship Vinyl: Ah, você já é adulto?

Rob Gordon: [suspiro] Desde moleque, e, de uns anos para cá, comecei a escrever crônicas e normalmente usando humor. Escrevi, inclusive, num site de amigos por um tempo. E o resultado foi legal, recebi alguns elogios por esse material. Inclusive, a maioria desses textos está no Championship Chronicles, meu outro blog.

Championship Vinyl: Duvido que algum texto daqueles tenha sido elogiado. Eu já li o que você escreveu ali, e não vi graça nenhuma. Nem mesmo o Chronicles gosta daquilo, ele já me disse.

Rob Gordon: Enfim... Foi quando eu escrevia para esse site que percebi que o ideal seria eu ter um blog, pois aí eu poderia escrever sobre qualquer assunto, e no formato que eu quisesse. Porque muitas idéias que eu tenho... Aliás, não são idéias, são mais coisas que eu vejo acontecer, como algo que vejo na rua, no supermercado, ou uma ligação de telemarketing que eu recebo... Enfim, nem todas as idéias que eu tenho se encaixam no formato de crônica.

Championship Vinyl: Eu tenho três idéias diferentes para escrever um romance.

Rob Gordon: Ô fase... Continuando... Então, o blog tem um formato legal. Afinal, como ele é meu...

Championship Vinyl: Você REALMENTE acredita nisso, né?

Rob Gordon: ...como ele é meu, eu escolho o formato que quero para o texto. Podem ser textos mais longos, como crônicas, ou curtos, como uma simples frase, um pensamento. E o legal é que eu não tenho prazo, posso atualizá-lo sempre que quero. Afinal, já tenho que cumprir prazos com os meus textos no trabalho [risos].

Championship Vinyl: Aposto que quando você publicar isso, irá colocar aquele "[risos]" no final dessa sua frase, só para parecer simpático. Você sempre faz isso, eu já li as suas entrevistas. Aliás, são bem pobrinhas, né? Não me admira os seus textos no blog terem aquela qualidade. Eu, por outro lado, escrevi apenas um texto e tive 32 comentários. Chupa Rob!

Rob Gordon: Deus do céu... Podemos passar para a próxima pergunta?

Entrevistadora: Claro. Temos aqui uma pergunta do blog Cinema & Afins...

Championship Vinyl: Antes eu gostaria de responder o meme também! [levanta-se] Quero dizer que sou um blog porque nasci assim! Não tive escolha. Mas acredito que cada blog faz seu próprio destino e pretendo me tornar um romance em pouquíssimo tempo. De preferência, uma trilogia, e obviamente, serei adaptado para o cinema!

Rob Gordon: Champ, por favor...

Championship Vinyl: Relaxe, Rob. Quando o livro sair, eu mando um exemplar de presente.

Entrevistadora: Champ, sente-se, por favor.

Championship Vinyl: Claro, queridona. Você manda. Use e abuse de mim. E, sim, entenda como quiser.

Rob Gordon: Está vendo como eu não estou mentindo? Ele está fora de controle!

Championship Vinyl: Rob, não confunda “fora do seu controle” com “fora de controle”.

Entrevistadora: Gente, vamos pedir um intervalo, ok? No próximo bloco, teremos a resposta de todos os memes que estão faltando. Voltamos em breve.

Championship Vinyl: Fiquem ligados!

Entrevistadora: Championship, eu estou coordenando a entrevista.

Championship Vinyl: Ok, gracinha, não se preocupe. Fiquem ligados! (continua aqui)

E, atualizando, segue o Top 5 da vez com todos os memes respondidos e que eu ainda preciso responder (se faltou algum, por favor, me avisem):

1. Espelho Quebrado - indicado nos blogs Bella, Diego Moretto e Cheiro de Brinquedo Novo
2. O que você ouve enquanto bloga? - indicado por Diego Moretto, O Elemento Fogo e L. Inafuko
3. Se você deixasse de existir, que falta faria ao mundo? - indicado por O Avesso da Vida
4. Não ao apelo pornográfico, sim a criatividade - indicado por Cinema & Afins
5. Por que você tem um blog? - indicado por Devaneio Abissal

9 comentários:

Rafael Filho disse...

Cara tu é demais! Escreve muito bem para mim o seu blog é um dos melhores que já vi além de outros muito bons.

carol disse...

hahahaha
muito bom!!
adorei

Lord Sarubiano disse...

Mais um texto abarrotado de... criatividade. É muito bom passar por aqui e ler algo com uma proposta tão única e diferenciada.

Pedro disse...

Muito bom o início da entrevista.

Agora, tô pegando raia do blog, hein Rob... Tô até com pena de você.

Dragus disse...

To começando a querer trucidar o blog.

Coitado de você... =/

MaxReinert disse...

.... pois, fazendo um comentário sem piadinhas infames.........

Acho legal a possibilidade (nos blogs) de poder escrever textos que não se enquandram em nenhum tipo de classificação!!! Isso que vc colocou de não ter que seguir um formato!!!
Muito bom mesmo!!!!!]

[]s

Jeff McFly disse...

Iji!

Vou te copiar na cara dura (qquer dia desses)

Fazer uma entrevista com você e seu alter ego... foi demais, cara! Valeu!

Alexandre Rigotti disse...

A criatura matou o criador..

Podemos perceber que a grande mente criadora é o Championship Vinyl, O Rob só reclama.
hahaha

Falando sério: o que estamos vendo é uma reedição do clássico duelo entre um ventríloquo e seu boneco.

Wagner disse...

Cara... eu tenho uma pergunta, depois de ler tudo isso:

o que raios você bebeu?

hehehehehe


abraços!

e parabens pela provavel vitória!