2 de agosto de 2011

Inspirações




Atendendo ao pedido de diversos leitores, estou relacionando aqui os nomes das 48 crônicas publicadas no livro 24 Horas, 48 Crônicas com seus temas originais. A todos os leitores que sugeriram os temas – e cujas arrobas constam na seção de agradecimentos do livro – meus sinceros obrigados, mais uma vez, por me darem idéias tão geniais para escrever.

Vae lembrar que se você quiser manter a surpresa de cada crônica inédita, sem saber do que ela se trata, meu conselho é que investigue este post (ou a relação no final do livro) somente após ler cada texto.

Formatura – Amigos que se conhecem na faculdade e só no final do curso descobrem que se amam.

Postados – O que dois postes de luz conversariam na madrugada.

Subterrâneo – Aplausos no metrô.

A Lagosta e o Tamanduá – Na fila para reencarnar.

Banda de Garagem – E se os Beatles não deslanchassem?

O Mundo e o Amor – Cortinas fechadas.

Amor de Sábado – Torcedor do time de várzea.

Amores – Amor de Inverno x Amor de Verão.

Aposentadoria – Um super-herói que já passou por seus dias de glória e agora está decadente.

Era uma Vez – Era uma vez...

Faca ao Sol – Um personagem que se revolta contra a vontade do autor e quer outro final para si.

Lágrimas de Bailarina – Uma bailarina de caixa de bijuteria.

O Longo Adeus – O escritor que não sabia contar historias.

Amizade – O mendigo e seu cachorro.

Sol e Lua – Distância.

O Amor de Volta – Trago o amor em sete dias.

Luzes e Sombras – Primeira vez em um cinema.

Sem Som – Silêncio confortável.

Kelly loirinha mignon faz tudo – kelly loirinha mignon faz tudo.

Pet Wars – Filhotes na vitrine de um pet shop.

Anônimos Anônimos – Associações de anônimos.

Enquanto o Ônibus não Vem – Enquanto o ônibus não vem.

O Bom, o Mau e o Pênalti – O goleiro segundos antes de um pênalti decisivo.

The End – Um dia logo após o final do mundo.

Girafas no Canadá – Um minuto antes da criação do mundo.

Enxurrada – Tíquetes rasgados.

Helicóptero – O barulho do helicóptero enquanto...

Aquarela em Preto e Branco – Coração partido.

Eternidade – As horas que não passam.

Os Amores de Pattie – Homenagem a Pattie Boyd, a mulher que inspirou dois clássicos do rock: Something e Layla.

Azul e Vermelho – No meio da estrada, sem gasolina.

A Cantada – Você vem sempre aqui?

Conto Policial sem Acentuação – Diálogo do trema se despedindo da letra U.

Estando Sendo Entrevistado – Telemarketing.

O Quarto Branco – O homem no leito de morte que recebe a visita da mulher da sua vida.

O Zelador do Edifício Escher – Vizinhos problemáticos e carentes.

O Marketing e o Maestro – Beethoven nos dias atuais.

Paisagens Noturnas – Insônia.

O Sorriso no Espelho – O espelho que consola a moça triste.

Nove Romances e Duas Peças de Teatro – Uma criança que descobre a dor e a saudade.

Porta-Saudade – Os pensamentos de um porta-retratos quando mudam sua foto após anos.

Por Amor – Viagem no tempo.

Litigioso – O divórcio do Godzilla.

Ao Vivo – As emoções de um integrante de banda durante um show.

Nunca, Nunquinha – Casal de namorados que fala como criança.

Ar – Os últimos pensamentos de uma pessoa se afogando.

Oração ao Penúltimo Amor – Um penúltimo texto sobre o penúltimo amor.

Dedos de Escritor – Um bate-papo entre as partes do corpo extenuadas pela maratona de textos.

Além disso, o livro ainda conta com uma introdução belíssima, que ganhei de presente da Carolina Mendes, minha editora no Malvadezas.

Para comprar o livro, tanto na versão impressa como em ebook, clique aqui.

5 comentários:

Dragus disse...

Ansioso esperando chegar meu livro.

Varotto disse...

tic...tac...tic......tac......tic.........tac.........

Vitor disse...

É um orgulho imenso ter participado de um projeto tão legal, o #24Horas24Crônicas e agora do livro.
Eu sugeri o primeiro tema escolhido e fiquei surpreso, pois foi uma coisa que aconteceu comigo de verdade, e é incrível como o Rob, mesmo sem me conhecer, conseguiu contar detalhes que aconteceram comigo, inclusive o momento da formatura, aquele abraço, aquele "eu amo você", aconteceu de verdade. Impressionante, não?
Obrigado Rob, minha história não termina como termina seu texto, minha história termina com um fim mesmo, mas esse texto será sempre especial pra mim.
Comprarei o livro em breve, por esse motivo especial e também por ter sido escrito por você, sou admirador dos seu textos.

Kika® disse...

Agora eu fiquei surpresa. Tem 3 sugestões minhas ali. Te pentelhei tanto assim naquela noite/dia? ;)
Mais ansiosa que nunca.
Beijos Rob!

Jaqueline disse...

Com certeza vou comprar. Adoro seus textos, que conheci através de um amigo muito especial.
Ele sugeriu um dos temas e sua crônica me fez chorar.
Seu trabalho é incrível. Parabéns.