7 de agosto de 2007

Campanhando

Antes de começar a responder os memes (aliás, chegou mais um hoje), tenho que fazer algo que já estou prometendo para mim há bastante tempo. Como o Championship Vinyl também tem consciência blog-social, estou participando de duas campanhas. Pedi permissão ao blog (sim, porque agora tudo aqui funciona desse jeito, não tenho mais poder sobre nada aqui) e como ele autorizou, coloquei os banners na barra da esquerda, na janela “Participando”.

A primeira delas é a campanha “Faça um blogueiro feliz – Comente!!!” Concordo em gênero, número e grau com isso. Pergunte a qualquer blogueiro: nada o deixará mais feliz que ver o post mais recente explodindo de comentários, ou quando ele recebe um comentário sobre aquele post publicado meses atrás e que já estava esquecido. Mas, claro, estou falando de comentários de verdade, que dizem o quanto você é genial e o seu blog é o melhor da internet geram discussões inteligentes sobre o tema, e não aquelas bostas sem valor nenhum como “passa lá no meu blog, o endereço é tal’, que deixa claro que a pessoa nem leu o post que ela está comentando.

Tem um blog e achou a campanha legal? Então, leia todos os meus posts anteriores e comente-os pegue o selo abaixo e coloque no seu blog.



Já a segunda campanha foi criada pelo blog O Louco Meu: “Criatividade – Passe Adiante”, atacando um dos maiores males da internet, especialmente entre os blogs: o plágio. E, falando francamente, não existe sacanagem maior que essa.

Sim, porque você passa horas escrevendo o post, pensando na melhor forma de colocar a piada. Muda o começo, reescreve o final, acrescenta diálogos, procura uma foto legal. Aí, o post faz sucesso e recebe comentários, elogios e seu blog explode de visitas. Tudo lindo e maravilhoso.

Eis que surge um animal, daqueles que provavelmente não sabe concordar construir uma sentença com sujeito e predicado, não tem grande intimidade com encontros consonantais mais avançados como “lh”, “nh”, “ch” (chico bento mode: on, sabe?) e cujo único post sem nenhum erro de português é um vídeo que ele chupou do youtube. O cara lê alguns trechos do seu texto, o número de comentários, acha legal e pensa:

– Goztei. Muinto ingrassado mezmo! Vou xupar e pubricá no meu brog. Vai inxê de vizitanti!

Semanas depois, você está passeando pelos blogs e dá de cara com a sua idéia ali. E, pior, sem crédito. Na boa, quer usar algo que viu em outro blog? Dá o crédito, ao menos. É o mínimo de respeito.

E, caso estejam se perguntando, já fui plagiado, mas na base da brincadeira, pelo Coluna do Lorida. Tanto que ele plagiou, e ainda brincou (dentro do contexto, o que tornou a brincadeira melhor ainda) dizendo que não era plágio, colocando inclusive um link para o meu post original.

Então, se você estava pensando em copiar um texto meu e não creditar, desista. Se já fez isso, apague. Porque, se eu der de cara com um texto meu no seu blog, acredite: eu sou idiota a ponto de encher o meu blog com banners e imagens dizendo coisas nada agradáveis sobre a senhora sua mãe. E ainda vou escrever um post enorme sobre sua incompetência e o quanto eu não concordo em ser reconhecido biologicamente como sendo da mesma espécie que você, e desafiá-lo a copiar esse texto no blog.

Aliás, quer copiar algo do meu blog? Copie este banner abaixo. E, quando você tiver um pouquinho de tempo sobrando, leia o que está escrito nele e pense a respeito da mensagem, ok? (ah sim, plagiador: a palavra “passe” é com dois “s” mesmo, caso você esteja em dúvida).

E agora, vamos aos memes. Antes, segue o Top 5 com os textos deste blog que mais me deixarão puto se eu encontrar copiado por aí:

1. Qualquer um deles.
2. Todos.
3. Qualquer um deles.
4. Todos
5. Qualquer um deles.

6 comentários:

davis disse...

Vou aderir. Mas estou pensando se devo criar um post ou copiar o teu... hehehe

Menáge à Trois disse...

Adorei as campanhas!!!! Vou falar com as meninas para aderir às campanahas.

a propósito: Adoro seu blog

Como ninguém

Tati disse...

acho que eu entendi perfeitamente a mensagem. funciona assim: se voc� entrou em um blog, leu, gostou, adicionou nos favoritos, ent�o tem que comentar, certo? entendi. quem n�o entendeu foi voc�. sem coment�rios.

Dragus disse...

Já faço parte da campanha =p

Sempre que visito meus blogs que estão no Google Desktop, deixo um comentário. *pode conferir, nunca vim daqui de nenhuma comunidade de orkut... talvez uma ou duas vezes* =p

E há muito tempo defendo o "copie, mas coloque créditos", mas as pessoas são burras demais para isso e a inclusão digital está aumentando a quantidade de "copy e paste" de pessoas.

E o pior, elas apenas copiam. Sequer lêem o que foi colocado.

Pedro disse...

Muito legal a campanha "Faça um blogueri feliz..." Aderi nos meus dois blogs. Só que mudei o banner, afinal "Criatividade, passe a diante". Espero não ter problemas com isso.

Você é muito divertido blog.

Está de parabéns. Hehehe...

Abraços.

MaxReinert disse...

Aderindo às campanhas!!!

Perceba a quantidade absurda de comentários!!! Um pra cada post!!!