1 de agosto de 2006

Romantismo 0 X 1 Enlarge Your Penis

Estava conversando com uma amiga hoje de manhã, por msn, e contei do blog. A resposta dela: "Ai, eu acho isso tão romântico! Uma pessoa escrevendo para o mundo. Eu sempre quis montar um blog, mas tenho medo de não saber o que colocar ali. Mas é romântico demais!".

Romântico?!

Olha, é divertido, é relaxante... Mas passa bem longe do meu conceito de romantismo. Nada na internet é romântico. Nada. Estou escrevendo isso em um editor de texto e não num papel amarelado, usando uma pena de ganso. Meu Windows está em crise de identidade, porque descobriu que é pirata (e, pelo jeito que ele está reagindo, isso deve ser o equivalente a uma pessoa descobrir que é adotada). Tudo isso pega qualquer romantismo que isso aqui pudesse ter e manda excluir sem nem colocar na lixeira do Windows.

Ah sim, não podemos esquecer que estou assistindo a um show do Judas Priest na TV (nesse exato momento, estão tocando The Ripper). Ou seja, se houvesse uma Escala de Romantismo Universal, eu e esse post estaríamos em algum lugar entre "Gafanhotos Acasalando" e "Hiena Almoçando na Chuva". E essa, definitivamente, não deve ser uma posição digna de orgulho.

Aliás, romantismo mesmo seria começar um post assim:

"São 3 e 20 da manhã. Estou escrevendo isso no meu quarto, em Veneza, depois de meia garrafa de vinho. Uma brisa quente entra pela janela. Deixo os barulhos da rua me atingirem, afasto os olhos da tela e, olhando para as estrelas e sentindo o cheiro da cidade invadindo meu quarto, penso em me emocionar aqui, com você, nesse blog."

Ok, é bonito (partindo do princípio que o post fosse verídico, e não foi escrito por um vendedor de seguros divorciado numa lan house na Mooca). Mas é irreal. Quem me conhece sabe que eu estaria mais para:

"Sao 9 da noite. Estou numa churrascaria na Reboucas – que, para variar, esta completamente parada, porque um onibus quebrou perto do cruzamento com a Brasil. Faz 5 minutos que estou tentando sinalizar para o garçom que quero mais uma Coca, mas o babaca nem olha para mim. Alem disso, nao consigo configurar o teclado para escrever em portugues, entao nao faco a menor ideia de onde estao os acentos ou a porra da cedilha dessa merda, como voces devem ter reparado.
Mas o cupim esta um tesao."

Não adianta. Para mim, qualquer coisa que envolva termos como "conexão banda larga", "endereço de IP" e "anti-spam" perde o romantismo. Não consigo ver romantismo associado a isso aqui. Quer um exemplo? Pegue um livro que contenha diários.... O Diário de Anne Frank não, é trágico demais. Drácula. Pronto. O livro inteiro é narrado em diários e cartas. Agora, imagine se fosse hoje, com a internet.

Diário de Mina Murray
8 de setembro
Não recebi nenhuma e-mail do meu amado Jonathan, e, para passar o tempo, escolhi um novo template para o meu blog e coloquei o papo em dia com Lucy no msn. Ah, leitores, minha amiga exala vida! E ela tem cada emoticon que me faz corar de vergonha!

Não, não iria funcionar. Fora que, se a história se passasse hoje mesmo, Mina acabaria com a trama com uma simples busca no Google, com as palavras "Dracul" e "Romênia".

Diário de Mina Murray
12 de setembro
Descobri hoje que meu príncipe tem séculos de idade, renunciou à Igreja e bebe sangue. Entrei no Orkut dele e ele está nas seguintes comunidades: Romenos no Orkut. Bebo Sangue. Toda Elizabeta é Gata. Sou Imortal. Odeio a Igreja. Família Dracul. Quem eu Amo se Matou. Empaladores. Freak demais. Já bloqueei o msn dele e o Dr. Van Helsing me aconselhou a formatar meu HD, graças aos arquivos que esse louco me mandava."

Anyway, a piada está boa, mas vamos voltar para o assunto. Não há romantismo nisso aqui.

Pronto. A prova cabal disso acabou de chegar no meu e-mail. "Enlarge your penis and increase your sexual performance". Veio de um tal de Randolph T. Todd.

Agora, me diz: você consegue imaginar Edmond Dantes (monte.cristo@aol.com.fr), Heathcliff (heathcliff32@hotmail.com), Rick Blane (rick@rickamericancoffe.com) ou Vito Corleone (vito@gencooil.com) recebendo um e-mail como "free xxx pics" ou "viagra's best prices"?

Nem eu.

Talvez só o Humbert Humbert (hhumbert@hotmail.com), do Lolita, receba e-mails desse tipo. Mas, também, imagina os sites que esse cara deve acessar...


Anyway, Os 5 Autores dos Melhores Blogs que não Existem (e a primeira frase de um post qualquer).

1. Michael Corleone - "Não sei mais o que fazer com meu irmão. Eu já cansei de avisar, mas ele só faz cagada. Passei as últimas semanas em Cuba (por isso não postei aqui esses dias) e, para variar, ele pisou na bola."
2. Norman Bates - "Será que algum dia eu e minha mãe vamos nos entender? Mas não quero falar disso hoje. Vocês precisam ver a loirinha que se hospedou aqui!"
3. Moby Dick - "Caralho! Por que que esse porra desse manco desse Ahab não me esquece? Porra, a fila andou, cara! Se toca!"
4. Frodo Baggins - "Chegamos em Mordor. Esse anel pesa uma tonelada. Mas, não adianta, é o meu destino. É a minha missão e de mais ninguém. Gandalf, se você estiver lendo isso, memorize minhas palavras: vá a merda!"
5. Randolph T. Todd - Bati meu recorde. 6000 spams em 40 minutos. Amanhã, vou mandar um pouco de "Quit Smoking Now". Tão fudidos.

2 comentários:

lucascf disse...

Cara, cada texto que leio do seu arquivo, penso mais na possibilidade de você ser um gênio.

Satelite16 disse...

1. Não sou adepto do romantismo tb.
2. Spammers de merda!