15 de agosto de 2006

Geli-Limão?

Fui jantar fora com um amigo. E, assim que eu sentei restaurante, o garçom veio anotar o pedido das bebidas. "Uma Coca Light, só gelada?" "Isso mesmo." Dei graças a Deus de estar num lugar onde o cara me conhece e sabe o que eu bebo. Afinal, não tem coisa mais difícil hoje em dia que pedir uma Coca em algum lugar. Quando eu tomava Coca gorda (merda de triglicéris), a coisa era mais difícil ainda.

– E para beber?

– Uma Coca.

– Light?

– Não.

– Light Lemon?

– Não. Uma Coca. Sabe, a vermelha?

– Geli-limão?

– Não. Eu quero uma Coca. Straight. Só isso. Me traz a lata e o copo que eu me viro.

– Ah, é sem gelo?

– Não, é gelada. Mas não quero pedra de gelo.

– Só limão?

– Olha, mostra pra mim onde guardam as Cocas que eu mesmo pego.


E todo o lugar que eu vou é assim. Não sei de onde tiraram a idéia de que a combinação Coca-geli-limão é o default. O problema é que isso pegou em todos os lugares. Já estive em botecos imundos que ao pedir a Coca, era obrigado a ouvir, de bate-pronto: "geli-limão?".

Por outro lado, tem situações piores. Como pedir a Coca e o garçom responder:

– Só tem Péps.

Sim, porque metade dos garçons que eu eu conheço fala "Péps". E o pior é que, quando você, totalmente conformado com a ausência de Coca-Cola nos próximos minutos da sua vida, solta um "bom, ok... dá uma Pepsi", vc ainda tem que engolir um:

– Geli-limão?

Queria saber quem foi o babaca que inventou isso. Se eu peço uma caipirinha, eu não preciso pedir geli-limão, porque o conceito caipirinha determina isso. Então, ok. Eu estou ciente de que meu copo terá geli-limão. Agora, se eu peço uma Coca, está subentendido exatamente isso: uma Coca. C - O - C - A. Não tem nada nas entrelinhas. O "geli-limão" é o diferencial da coisa, não é o padrão. Como dizem por aí, é "o plus a mais".

Gozado que se eu pedir uísque, o cara pergunta: "puro ou com gelo?" Ou seja, o uísque abre opções. A Coca não. A Coca automaticamente implica na merda do geli-limão. Se o garçom anotar o pedido, não perguntar nada e virar as costas, fudeu. Lá vem o geli-limão. Aí, você manda trocar e ele te olha com aquela cara de "burguês filho da puta, fica querendo aparecer".

Por isso que estou pensando seriamente em começar a me comunicar com o mundo através de camisetas, para evitar degraus desnecessários na conversa. E é uma via de mão-dupla, todo mundo vai ganhar tempo.

Por exemplo, toda vez que eu for jantar fora, vou com minha camiseta "Não, sem gelo nem limão. Só gelada".

No McDonald's, vou com a escrita "Não aceito sundae como sobremesa."

Para ir a Blockbuster, vou usar uma com a inscrição "Boa Tarde & Boa Noite" na frente e, atrás, em vermelho berrante: "Não, não preciso de ajuda".

Outra que demanda frente e verso é aquela que vou usar para entrar em qualquer loja de departamentos. De um lado, "Estou só olhando". No verso: "Sim, qualquer coisa eu te chamo."

Mas, tenho certeza que, no dia sair para jantar fora usando a minha camiseta "Sem gelo nem limão", vou pedir minha Coca estufando o peito e mostrando a inscrição, como se eu fosse torcedor do time que acabou de ser campeão do mundo. E ele, claro, vai responder:

– Só tem Péps.

– É...? Bom, traz uma aí. E põe geli-limão, quem sabe o gosto dessa merda melhora.

5 Frases mais Babacas Já Vistas em Camisetas

01. "Minha namorada foi para Porto Seguro e só me trouxe essa camiseta"
02. "Se o seu namorado não faz direito, eu faço"
03. "Instrutor Sexual. Primeira aula grátis"
04. "Exército de Jesus" (ou algo assim. É uma camiseta-crente toda camuflada, tosquíssima)
05. "Beije-me, sou _________" (preencha a lacuna com a nacionalidade babaca que quiser)

12 comentários:

Otavio disse...

A pior e mais loser de todas é "Dia Internacional da Mulher -- Cadê a minha??"

barry disse...

discordo peremptoriamente.

apesar de não ser parte do exército de djésus, meu sonho de consumo é uma camiseta dessa, só para tirar sarro da cara dos outros, ao entrar em lugares diferentes, como por exemplo um bar de rock.

a camiseta exército de djésus é totalmente excelente.

imagine vc num show de rock, num restaurante refinado, numa exposição de arte.

bem vestido, entrementes com a camiseta evangélica por debaixo e todo mundo pensando mal de você, enquanto você fica com um sorriso "focóf" no rosto e uma atitude "do you like sea food dishes".

Felipe Goulart disse...

Ahauauhauhuha Sensacional esse post. logo vai começar a circular por e-mail como um Luis Fernando Veríssimo apócrifo! ahauauah
Ainda bem que eu gosto do geli-limão, pra camuflar o gosto ruim da light!

guga disse...

hehehehe!!!

eu vi uma camiseta aqui em fortaleza, usada por uma flanelinha...

de blumenal, oktoberfest. dizia


"não sei como voltei"

feito
abraço!



e tira essa coisa chata das letrinhas aí em baixo, não chega o orkut..
:P

Thiago Neres disse...

Huiaheauiehuieaheuiheueha... muito bom mesmo, Rob!

Sabe de uma coisa, nunca mais mandei aqueles e-mails engraçados para as pessoas. Vou colocar seu post, com os devidos créditos aqui no e-mail e mandar para uns amigos rirem um pouquinho.

Eu estava abusado com você estar demorando tanto pra atualizar o blog, mas foi ótimo que eu futuquei mais o histórico dele.

Quanto aos refrigerantes, o meu drama é Sprite. Sempre que eu peço uma latinha de Sprite em qualquer lugar, há 90% de chance de me darem uma sprite zero (que é light). E o pior é que eu nem sou gordo :S

Garbo disse...

Excelentíssimo Sr. Gordon, gostaria de ja me desculpar por mais uma vez parecer querer complementar sus posts, (q sao muito bons). Apesar de parecer o contrario eu nao sou um arrogante que acha que seus posts precisam do que tenho a dizer, simplesmente sempre me lembro de algo, que sob meus olhos, necessitam estar presentes nos seus posts. Por isso nao me veja como alguem querendo ter seu proprio post dentro do seu post.

Mas vamo la, o que eu queria dizer é q este tipo de situação esta se agravando englobando outros segmentos. Eu nao sou muito animado por coca, por motivos politicos e pelo sabor mesmo, por isso sempre bebo guarana e ate pouco tempo apenas observava de um local seguro o tormentos dos bebedores de coca, porem de algum tempo pra ca, venho sendo alvo de um novo tormento; A Laranja.

Antes eu pedia: Guaraná! e ele vinha perfeito, hoje tenho q dizer: um guarana, sem laranja! Pq tal qual a coca, se definiu, sebe la pq, que guarana agora tem laranja...

E se vc quiser fazer uma camisa dessas pra laranja me avise q eu compro duas

Perci Carvalho disse...

A-DO-REI
ja cansei de falar isso... alguns garçons até ficam com medo... mas eu refiro ser grossa logo de uma vez:

-Boa Noite
-Boa Noite! Me traz uma Coca-Cola Lata sem limão e sem gelo por favor. Obrigada!

qdo existe a Peps como opção, peço Kuat ou Sprite ou qq outra coisa q nao seja Péps ou Coca Zero... ecaaaaa.

só uma coisa me irrita mais do que esse questionário que antecede a Coca, que o garçom abra a minha latinha. Sério. fico emputecida. e isso nao tem explicação.

Pucci disse...

Acho que um modelo util de camiseta seria
Frente: Não! Eu não quero um cartao C&A, Renne... ETC
Atraz: Grata.

lucascf disse...

perci carvalho: O pior é quando ele além de abir, já vai colocando no copo pra você. ôrra, e se eu fosse beber depois?


Rob: Acho que tenho sorte. Não me perguntam se quero geli-limão. Deve ser porque no interior os garções ainda não aprenderam isso.

Que bom.

Nem o geli-laranja que o Garbo citou.

Dudu Tamborim disse...

Isso é foda mesmo. Mas tem tb o "Uma Coca, por favor."
"Zero?"
Porra, se fosse Zero eu ia falar: "Uma Coca Zero, por favor!"
O padrão é o normal, caralho!

Marina disse...

Como o Thiago disse lá em cima, meu drama também é a Sprite. Ou o garçom traz Sprite Zero ou diz que só tem Soda Limonada. Agora, me pergunto: que raios de lugar é esse que só vende Soda Limonada? Alguém gosta dessa coisa?

Bel Lucyk disse...

Você é a segunda pessoa que eu conheço (a primeira sou eu) que só toma coca, sem nada além e responde assim quando perguntam do geli-limão: não, só gelada. E eles sempre perguntam: Só gelo? E eu respondo: Não, só gelada. Sem gelo e sem limão! kkkkkk